FASCINANTE

20/08/2017

A BELEZA DE UM CANTO À VIDA
Marcial Salaverry
Um canto à vida,
para uma vida quando vivida
com amor, com certeza
traz à vida sua beleza...
A vida se vive com amor,
a ela temos que dar valor...
Por maior que seja o desalento,
nunca se entrega ao lamento,
à dor, e quando bate a tristeza,
pensa-se que a vida é uma beleza,
e que vale a pena ser vivida...
O último canto,
aquele que quebra o encanto,
acontece com o último alento,
quando se acaba um tormento...
Entoamos então, um Canto À Vida,
enquanto em nossa alma existir vida...

Marcial Salaverry

ANALISANDO BEM A VIDA

ANALISANDO BEM A VIDA
Marcial Salaverry

Analisando bem a vida,
pensando com a atenção de vida,
descobrimos que a felicidade
está em espalhar amizade,
e viver num clima de paz e amor,
que à vida certamente dará mais calor...
Pensando em viver a vida bem,
devemos entender que devemos também
trocar um chato pessimismo,
por uma bela dose de otimismo...
Amar sempre nos faz sorrir,
não deixando a tristeza vir...
Amar ao invés de brigar,
para melhor a vida aproveitar...
Se o amor apresenta algum problema,
a vida pode virar um dilema...
Mas, alegrando o coração,
teremos sempre a sensação
de que tudo nos corre bem,
e as tristezas são esquecidas também...
O amor sempre ajuda a viver,
faz até mesmo esquecer
coisas que fazem sofrer,
e assim, nos leva sempre ao prazer...
Analisando bem a vida, essa é a conclusão
que certamente vai trazer alegria ao coração...

Marcial Salaverry

BEIJOS DE AMOR E TERNURA

BEIJOS DE AMOR E TERNURA
Marcial Salaverry

São beijos transmitindo desejos,
vindos da alma em forma de ternura,
são lábios que se colam com doçura,
na expressão eterna da paixão,
acelerando o coração,
deixando em torpor apaixonado,
e o coração enamorado,
mostrando todo esse sentimento,
que será vivido eternamente...
Tem o gosto dos frutos do Éden,
um sabor de perene fascinação...
Um delírio em forma de sensações,
unindo os amantes corações...
E a ventura na carícia engolfante,
numa troca carinhos incessante...
Lábios que querem ficar colados,
não desejando jamais ficar separados,
e que assim transmitem todo o calor,
com que pode ser vivido um completo amor...
O desejo é ficar amando eternamente,
com um amor assim, quase demente,
mas que é um amor de mente...
Um amor assim, deve-se apenas vive-lo,
sem jamais tentar entendê-lo...

Marcial Salaverry

É ASSIM A FELICIDADE

 
É ASSIM A FELICIDADE
Marcial Salaverry
 
Para encontrar a felicidade, não podemos perder o rumo do caminho, e devemos manter-nos no prumo de nossa vida, nunca esquecendo de que poderemos encontrar desvios sedutores, que talvez nos tragam dores, e escolher o caminho certo, é o mais importante, decerto, e nunca esquecendo de que é importante manter a sensatez em nossas atitudes para bem gerir nosso destino, sempre lembrando que realmente, para ser sensato, é preciso que, de fato, tenhamos boa vontade...
 
Considerando que o que está em jogo, é a felicidade, e que certamente nosso grande sonho é um porvir risonho, cheio de felicidade, mas que nem sempre poderemos consegui-la, se nos faltar a Fé, para atingi-la...

 
Um dos caminhos para atingi-la é saber conquistar e manter boas amizades, que poderão nos ajudar a lá chegar, e um dos fatores para as mantermos, é jamais esquecendo ajudas que nos forem prestadas, e deveremos igualmente saber retribui-las, eis que um favor recebido, é algo para ser jamais esquecido, assim como uma palavra de consolo, um carinho amigo, são coisas para sempre levar consigo, para sabermos retribuir quando formos solicitados, uma vez que a amizade é uma estrada de mão dupla, onde o que vai, volta, assim, se quisermos ter boas amizades, devemos saber espalhar amizade por onde passarmos.
 
Marcial Salaverry

É APENAS UMA QUESTÃO DE LÓGICA


Tudo na vida é uma questão de lógica...
Mas nem sempre a seguimos...
Osculos e amplexos,
Marcial
É APENAS UMA QUESTÃO DE LÓGICA
Marcial Salaverry

Considerando que para certas coisas da vida, podemos considerar como uma questão de lógica, vamos entender que dentro do que pode ser a lógica da vida, observa-se que atualmente muita gente demonstra ter mais carinho por certos objetos, como automóvel, moto, televisão, computador, do que pelas pessoas que vivem ao seu redor, e assim, ao invés de levar o carro a um lava-rápido, ficam horas fazendo a “limpeza semanal” no filhinho querido, sacrificando horas de lazer e de convívio familiar, e muitos deixam de fazer um passeio gostoso, porque acabaram de lavar o carro, e "não vou sujá-lo nesse passeio ao campo..."

A propósito, meu amigo L’Inconnu passou-me por e-mail uma mensagem muito interessante a esse respeito
"Se Deus criou as pessoas para serem amadas e as coisas para serem usadas, por que será que se amam as coisas, e usam-se as pessoas?"
Com certeza, embora possa doer a alguns, não deixa de ser uma grande verdade, pois os objetos, sejam eles inanimados, animados (aqueles que se movimentam, como carros, iates, etc...), ou animadores (aqueles que mexem com nosso ânimo, como TV, computador, etc..), não deixam de ser objetos, e não tem sentimentos, pouco ligando se os utilizamos ou não, se os deixamos de lado para um passeio ou um papinho, ou mesmo se os deixamos cair no chão e quebrar, ou se não ficamos horas para deixá-los impecàvelmente limpos...

Contudo, as pessoas que nos cercam, tem sentimentos, tem sede de carinho, de atenção, e logicamente não ficam muito satisfeitas ao se sentirem trocadas por um objeto, ou como passam a chamar “Essa Coisa”, e assim, para bem conviver, devemos sempre saber dividir nosso tempo.  Nunca poderemos esquecer o convívio familiar, com os amigos, um gostoso passeio, uma viagem, trocando esses momentos de lazer pelo culto ao “objeto amado”. E atualmente a vida de muitas criaturas tem sido totalmente dominadas por um objeto bem pequeno, chamado "CELULAR", que já quase não falam mais, apenas teclam...Pode?????

Sempre devemos considerar que as pessoas que vivem ao nosso redor, forçosamente sentirão um eventual desprezo, muito mais do que o carro poderá sentir falta de uma lavagem caprichada. Não ficará traumatizado, quando muito, ficará sujo, mas um LavaRápido soluciona melhor o problema do que sacrificar algumas horas de convívio familiar, pelo prazer de vê-lo brilhando.
Os objetos que usamos, assim devem ser encarados, como de uso. Utilizamo-nos deles, mas não poderemos nos escravizar a eles. Por mais amados que sejam, não tem sentimentos. Sim... nem mesmo o smartphone tem sentimentos, e poderá ser deixado de lado de vez em quando, pelo menos...

Se alguém mudar de casa, depois de nela viver por mais de 20 anos, a casa não se sentirá abandonada. Mas pessoas que vivem ao nosso redor, fatalmente irão sentir um eventual abandono, ou descaso, se forem relegadas a um plano secundário.
Alguém poderá argumentar que um carro, uma casa, ou um  computador não são infiéis, nem cometem injustiças contra nós. Mas, há que se considerar que costumam dar muita dor de cabeça, necessitando de “consultas médicas”, como podem ser consideradas as consultas a técnicos, mecânicos e empreiteiros, e que, se bem analisadas, podem ser consideradas com “traições” a nossa conta bancária.

Antes do advento da televisão e do computador, as famílias costumavam se reunir para agradáveis conversas, trocava-se idéias, discutia-se problemas. Mas, atualmente, pais e filhos pouco se falam, cada qual em seu quarto, cuidando de seu objeto de estimação. E muitos problemas acontecem por causa disso. Não é preciso falar disso, pois todos conhecemos essa situação, e já vimos esse filme diversas vezes.

Diálogo crianças. Isso é muito importante. É preciso lembrar que as pessoas existem, e continuam vivendo a nosso redor. Um gesto de carinho, um bom dia, um simples “oi amigo” que seja, nada nos custa, e as pessoas agradecerão e até poderão retribuir. Ou não, mas pelo menos fizemos nossa parte.
Pessoas merecem mais atenção do que máquinas...

Assim, para todas as pessoas amigas ou não que estiverem lendo, desejo um lindo dia, e peço que façam o mesmo para as pessoas a seu redor.  Façamos nossa parte, e todos, certamente, teremos UM LINDO DIA...

19/08/2017

UM SONHO, NADA MAIS QUE UM SONHO


UM SONHO, NADA MAIS QUE UM SONHO
Marcial Salaverry
 
Sendo simplesmente um sonho,
que seja doce e risonho...
Um sonho bem sonhado,
com uma amor apaixonado...
...E assim sonhamos...
...E assim acordamos...
...E o sonho apenas sonhado,
não foi um sonho acordado,
e nem um acordo sonhado...
...E se acabou...
...E o sonho findou...
...Quando do sonho acordou,
e os olhos abriu,
e que foi só sonho,

foi o que descobriu...

POR QUE NÃO UM ADEUS ÀS ARMAS?

Com toda certeza pode-se afirmar
ser a guerra a maior prova da imbecilidade humana...
Por que não pensar em PAZ?
Pelo menos pensar, tentando por fim a atos de terrorismo...
Ósculos e amplexos,
Marcial

POR QUE NÃO UM ADEUS ÀS ARMAS?
Marcial Salaverry

Com desalento e muita dor n'alma, vemos que atos de terrorismo vem se espalhando pelo mundo inteiro, mostrando apenas a incrível selvageria que existe dentro de alma de certas criaturas que se intitulam "seres humanos", mas apenas mostram que jamais conseguirão serem humanos...

Sempre se discutiu muito sobre a guerra, sobre o terror, ou melhor, sobre as guerras, e o terror nelas implícito, sem que se pudesse chegar a uma conclusão conclusiva sobre seus comos e porquês, e assim, nunca se soube quais as reais causas, que aliás, podem ser atribuidas à imbecilidade do bicho gente...

Voltando na História do Mundo, é fácil chegar-se à conclusão de que em todas as guerras havidas, não se conseguirá analisar o real motivo ou sequer o porque dela ter começado, podendo mesmo serem atribuidas a um mau funcionamento do recheio da caixa craniana de certas figuras soturnas...

Antigamente, guerreava-se muito por questões religiosas.  Mas o fator religioso era mero subterfúgio.  O real motivo sempre foi a ambição exacerbada de alguém, com o desejo de dominar outros povos, e talvez o mundo, e assim, podemos constatar que houve muitos tiranos que assumiram abertamente que seu único desejo era submeter a seu jugo todos os povos.  Seu sonho delirante era dominar o mundo.  Esses pelo menos foram coerentes, assumiram perante a História que o real motivo que os levou à guerra, era assumir a liderança mundial sem restrições.  Mesmo que apenas reinasse sobre ruínas.  Mas seria ele o "Dono do Mundo".  Embora destruído, mas seria o "seu mundo".

Agora esses mesmos motivos ficam ocultos sob a pretensa alegação de devolver a liberdade, ou de eliminar dissensões internas, ou de simplesmente provar quem é mais maluco... Enfim, sob diversos disfarces,  o mesmo velho e surrado motivo... A ambição do poder... O  simples fato de querer aparecer como "O Grande Líder"... Mas, líder do que, líder de quem?

Sobre a guerra, recebi de L'Inconnu, uma mensagem bem adequada, principalmente analisando bem a realidade das guerras modernas:
"A guerra é um massacre entre gente que não se conhece, para proveito de pessoas que se conhecem, mas que não se massacram."
Uma grande verdade, pois os soldados que são enviados para o front, em sua maioria, não sabem o que estão fazendo lá. Apenas que precisam se defender de outros que vão tentar mata-los.  Não sabem quem são seus inimigos, apenas sabem que seus chefes disseram que eles precisam ser patriotas.  E que lhes disseram que precisam ser heróis e morrer pela Pátria, mas tais chefetes esqueceram-se de acrescentar que o verdadeiro heroísmo seria viver pela Pátria, trabalhando pela Paz, dando um adeus às armas. 
Esqueceram de dizer que são meros "bois de piranha", para permitir que alguns líderes liberem sua sanha.  Sempre ficando patente que o único beneficiado será o ego monstruoso dessas "personalidades", e, principalmente a indústria de armamentos que a cada guerra,  a cada revolução, ou a cada mera rebelião interna, sempre fatura milhões.
São as pessoas que "se conhecem, mas que não se massacram"...  Limitam-se a fazer pronunciamentos, incitando os bois, digo, os soldados a se digladiarem, "em nome da Pátria".  Tá bom... "Me engana que eu gosto". E o que dizer então dos tais "homens-bomba", que sabem que vão morrer, sabem que vão se explodir, mas vão levar uns quantos inocentes com ele. O que será que se passa na cabeça dessas criaturas infelizes?

A maneira correta de se definir a coisa, era fazer com que os interessados fossem resolver no velho esquema do duelo pessoal quem é o "maioral", ao invés de sacrificar milhões de vidas, apenas para satisfazer suas vaidades pessoais, e os bolsos dos interessados. Não seria a melhor maneira?

A melhor maneira, seria um "ADEUS ÀS ARMAS". Experimentem fazer guerra sem armas...  Não dá...
E assim, quem sabe, com esse "Adeus às Armas",  o mundo poderia ter, UM LINDO DIA... ou pelo menos,
conseguir viver UM NOVO DIA, que esperamos poder repetir por muito tempo ainda... Quem viver, verá.

18/08/2017

AQUELA AJUDA AMIGA

AQUELA AJUDA AMIGA
Marcial Salaverry
 
Aquela sua mão estendida,
pedindo ajuda e acolhida,
peguei-a simplesmente,
por amizade tão somente...
Mais do que generosidade,
foi feito com plena amizade,
mostrando-te que o melhor caminho,
é saber dar e receber carinho...
Amizade e carinho, já tens,
e não deixará de te-lo...
De nada precisa se desculpar,

porque nada há para se perdoar...
E se a alguém é preciso pedir perdão,
é apenas a teu próprio coração,
por faze-lo desnecessáriamente sofrer...
Receba meus abraços,
venha para meus braços,
e sinta o calor de uma real amizade...

Marcial Salaverry

UM DEFEITO GRAVE, A MANIA DE SUPERIORIDADE

Todos nascemos iguais, do mesmo jeito... vivemos diferentemente... alguns vivem bem, outros nem tanto e outros mal sobrevivem... Mas o fim, como o começo é igual... o destino de todos é o mesmo. Então, de que vale o orgulho? a soberba? Por que ter

UM DEFEITO GRAVE, A MANIA DE SUPERIORIDADE
Marcial Salaverry
Uma verdade que precisa ser dita sobre um defeito que muitas criaturas apresentam, e que não deveria ser assim, mas  existem aquelas pessoas, que por terem maior bagagem de conhecimento que outras, julgam-se superiores, achando-se com o direito de menosprezar aquelas que, menos favorecidas, não dispõe do mesmo cabedal de conhecimentos, mas que nem por isso podem ser consideradas inferiores. Não podemos nos esquecer de que cada indivíduo, é um especialista em seu campo de ação. Que seria dos intelectuais, sem os eletricistas que permitem que nunca falte luz em sua casa? Que seria de todos nós, não fosse o ingrato trabalho dos garis? Então, alguém é melhor do que alguém? É uma interdependência total e completa, pois sempre existe alguém que complementa outro alguém.
Ninguém pode se julgar superior, absoluto. Eventualmente pode ter mais conhecimentos porque teve mais chances para estudar, mas nem por isso  pode achar-se superior.
A propósito, recebi de uma amiga uma frase muito interessante. Como ela teve o cuidado de anotar o nome do autor, posso informar este detalhe. Existe um brinde adicional para quem conseguir dizer rapidamente o nome desse autor, sem tropeçar na língua. Seu nome é Zálkind Piatigórsky. Quem o conseguiu, pode vir até aqui buscar o brinde, que é um beijinho na ponta do nariz... Vamos ao pensamento, que é lindo:
"A luz não veio ao mundo para zombar das trevas, mas para iluminá-las"
Que grande verdade, e essa sem dúvida, é a atitude correta. Todo aquele que tiver mais "luz", deve procurar iluminar aqueles que não a tem, ao invés de menosprezá-los. A satisfação interior ao saber que estamos ajudando alguém a melhorar o nível de seu conhecimento é imensa, assim como, nunca podemos nos esquecer ainda, de que não somos detentores do conhecimento absoluto. Sempre existe algo que não conhecemos.
Exemplificando: um grande cientista, possivelmente não saberá consertar uma torneira. Então, apesar de todo seu cabedal de conhecimentos, ele vai precisar dos conhecimentos específicos de um humilde encanador.
Tudo na vida é uma troca de conhecimentos. Assim sendo, antes de zombar de alguma pessoa que seja ignorante naquilo em que você é sábio, procure saber se seus conhecimentos são tão profundos, que dominam também a especialidade desse alguém.
Como é praticamente impossível ao cérebro humano absorver o conhecimento total, sempre devemos manter nossa humildade e, da mesma maneira que procuramos saber mais, também devemos dividir com os outros aquilo que sabemos, ao invés de nos vangloriarmos de nossos conhecimentos profundos sobre determinado assunto, tachando de ignorantes aqueles que não tem o mesmo grau de conhecimento.
Será que não existe alguma coisa que um humilde faxineiro nos possa ensinar? Não tenha dúvidas de que existe. Nem que seja uma lição de humildade. E essa, amigos, já é uma grande lição de vida que, se bem aproveitada, pode nos ensinar a viver melhor, pois poderá nos mostrar que o orgulho desmedido que muitas pessoas sentem por suas origens, por sua situação financeira, ou por seus conhecimentos, muitas vezes pode se virar contra elas, já que sua atitude acaba afastando muitos amigos, que poderão se cansar de certas atitudes prepotentes e as deixam sós. E de que vale o orgulho nessa altura dos acontecimentos?
Nunca podemos nos esquecer de que as pessoas mais humildes, que não tiveram oportunidade de estudar em boas escolas, aprenderam o que sabem, cursando a Escola da Vida, que é a melhor de todas as escolas, propiciando grandes ensinamentos.
Então crianças, o negócio mesmo é procurar dividir nossa "luz" com quem não a tem, ao mesmo tempo em que podemos nos iluminar um pouco com a "luz" que outras pessoas tem, e da qual somos carentes. Assim, ao mesmo tempo em que aumentamos nossa "área iluminada", "iluminamos" áreas alheias. Não lhes parece uma troca justa?

E assim, será muito mais fácil e gratificante lembrar de agradecer ao Amigão por nos proporcionar mais um LINDO DIA, e procurar compartilhá-lo com quem assim o desejar, e/ou necessitar...

A BELEZA DE UM CANTO A VIDA

A BELEZA DE UM CANTO À VIDA
Marcial Salaverry
 
Um canto à vida,
para uma vida quando vivida
com amor, com certeza
traz à vida sua beleza...
A vida se vive com amor,
a ela temos que dar valor...
Por maior que seja o desalento,
nunca se entrega ao lamento,
à dor, e quando bate a tristeza,
pensa-se que a vida é uma beleza,
e que vale a pena ser vivida...
O último canto,
aquele que quebra o encanto,
acontece com o último alento,
quando se acaba um tormento...
Entoamos então, um Canto À Vida,
enquanto em nossa alma existir vida... 
 
Marcial Salaverry

17/08/2017

O AMOR PODE SOBREVIVER AO TEMPO

 

 
 
O AMOR PODE SOBREVIVER AO TEMPO
Marcial Salaverry
 
Para aqueles que se amam verdadeiramente, e que conseguem superar o tempo vivendo um amor completo, mantendo um relacionamento com base sólida, cimentada em muito amor e carinho, sempre preocupa a possibilidade de uma separação causada pela passagem do tempo, ou pela partida de um deles.
Como o remanescente sobreviverá ao trauma dessa separação inevitável, é algo que somente o fato em si poderá determinar.
É preciso muita força de vontade para não se entregar ao desespero. É preciso muita vontade de viver para superar esse trauma. Nem todos têm essa força. Nem todos conseguem superar  essa dor, pois o tempo em que viveram o amor foi lindo demais, e jamais será considerado tempo perdido, mas sim um tempo que não será jamais esquecido, permanecendo vivo para sempre...
Para quem está de fora, é muito simples falar na vontade de Deus, e que o destino quis assim, mas quem irá apagar o tempo desse amor? E assim, sua cabeça dá um nó. Seu coração parece querer pular fora do peito. Sua alma chora noites seguidas.
Mas a vida continua, e é preciso começar a imaginar que quem partiu não gostaria de ver seu parceiro entregar-se à dor. É preciso pensar que o amor não morreu, e que em algum lugar poderá estar observando, e se entristecendo com sua incapacidade de reagir.
Há que ir até o fundo da alma, para retirar aquele restinho de vida que lá está, e faze-la aflorar.
Para vencer a dor da saudade, é preciso aprender a driblar a tristeza que sempre invade a alma, procurando recordar aqueles momentos de muita felicidade vividos juntos.  As doces recordações sempre amenizam a tristeza da saudade, mudando uma saudade doída, para uma saudade doida, que inclusive poderá fazer sorrir ao invés de chorar.
Há que se entender que a morte pode nos levar o ente querido, mas jamais levará o amor que foi vivido. Este permanece latente em nosso interior, passe quanto tempo passar...
Algo que dá vontade de fazer é uma espécie de pacto, para que ambos possam embarcar juntos para a derradeira viagem. Infelizmente quase nunca isso é possível, e o remanescente deverá  continuar vivendo, com a certeza de que esse é o desejo de quem partiu, pois o amor quando é verdadeiro, sobrevive ao tempo, sobrevive à morte. As boas recordações fazem-no viver dentro do coração, que pode parar se não soubermos vencer a dor que insidiosa se infiltra em nossa alma.
E nunca podemos nos esquecer de que sempre será tempo de viver, enquanto vida houver...

____________________________________________________

APENAS REFLEXÕES


APENAS REFLEXÕES
Marcial Salaverry
 
Quando o amor agita o coração,
pouco tempo resta para reflexão...
Há que ao amor entregar-se,
de carinhos fartar-se...
Sem perder tempo em pensamentos,
siga os impulsos sem lamentos...
Ame com ternura,
entregue-se com doçura...
O amor deve ser vivido em plenitude,
sem muito pensar em virtude...
Ame simplesmente,
ame terna e eternamente...
 

CERTAMENTE O SEXO SEM AMOR TERÁ VIDA CURTA

Se não houver um amor pleno, será válido viver
uma experiência sexual movido apenas pelo desejo?
Osculos e amplexos,
Marcial
CERTAMENTE O SEXO SEM AMOR TERÁ VIDA CURTA
Marcial Salaverry

Para muitos, pode parecer estranho falar em sexo sem amor, pois quando se fala em sexo, o primeiro em que se pensa, é no amor, que é a principal fonte de estímulo para o sexo, embora possamos praticar o sexo apenas movidos pela desejo, sem que haja amor, e mesmo assim ser algo muito prazeroso, desde que bem feito, e com a consciencia de sua efemeridade, pois o desejo sempre será algo muito estimulante, mas deverá ser bem controlado, para não dominar a mente.
 
Quando estamos na companhia da pessoa amada, o desejo sexual surge com naturalidade, e mesmo com o correr do tempo, quando a força da paixão arrefece, e o desejo parece diminuir, se houver amor, embora possa não ser tão intenso, o arrefecimento não é bem assim, pois desde que se saiba levar uma relação, a passagem do tempo pode até mesmo provocar um aumento na intensidade do desejo, e para tanto, basta que se saiba vivenciar esse amor, basta que se saiba bem aproveitar a convivencia e a experiencia.

Falando-se de sexo sem amor, a primeira coisa que nos vem à cabeça, são as “profissionais do sexo”, autênticas mestres na arte de dar prazer sem envolvimento emotivo.  São capazes de levar os parceiros à loucura, dando-lhes prazer intenso, e no momento seguinte já estão com outro, e com os mesmos resultados.  Contudo, o sexo sem amor não é apenas domínio das profissionais (e dos profissionais também...), uma vez que acontece também no dia a dia, envolvendo pessoas que nada tem de profissionais, mas que apenas em determinados momentos não conseguem segurar seus instintos, e cedem a um desejo surgido sem que saiba porque. Apesar de não existir amor entre eles, sabendo dar o devido enfoque, pode ser algo muito gostoso de ser vivido.  Muitas vezes sentimos uma atração muito forte por uma pessoa, e movidos por esse desejo, queremos beijar, transar, gozar, mas não sentimos amor... Perguntamo-nos se poderá ser válido extravazar esse chamado dos instintos, se não deixará sequelas para o futuro.

Na realidade, dependendo de circunstâncias, claro, não se deve fugir  de tais aventuras, para não ficar com a imaginação trabalhando sobre se poderia ou não ter sido algo de bom, agradavel e prazerosamente vivido, mas com certe4za, há que se considerar ser apenas uma paixão momentânea, que o sexo satisfaz, e pode até mostrar que existe algo mais além da atração carnal. São coisas da vida, que geralmente acontecem quando menos se espera, pegando-nos desprevenidos. Para que não seja uma coisa mecânica, temos que saber sentir o momento, quando aquela  pessoa que está conosco,  deve ser a pessoa que  mais queremos na vida, apesar de ser simplesmente uma aventura de momento, pois o sexo, mesmo sem amor, tem que ser vivido com intensidade. Assim, o prazer atingido não será apenas produto de algo mecanicamente feito, mas de um desejo imperioso, envolvendo a ambos.

Como faz parte da vida, e foi algo que surgiu sem ter sido buscado, talvez o melhor seja viver essa louca aventura. Contudo, não podemos nos envolver emocionalmente, pois é apenas uma aventura de ocasião, e, entrando nela com essa idéia, de apenas ir fundo nessa aventura, mas sem planos para o futuro.  Simplesmente,  viver o momento. Pode parecer ser uma atitude cínica e irresponsável, mas são coisas da vida, algo que deve ser lembrado como "foi bom enquanto durou...", e que acontecem sem prévio aviso, mas é importante que se saiba avaliar se vale a pena correr os riscos que tais aventuras trazem, e que muitas vezes devem ser deixadas de lado, por mais forte que o desejo surja...

O sexo sem amor pode ser perigosamente envolvente.  Ao vive-lo temos que estar bem conscientes que devemos deixar as emoções de lado, e apenas viver o prazer que essa aventura nos poderá proporcionar.  Podemos nos machucar seriamente se nos deixarmos envolver pelo entusiasmo, principalmente se o mesmo não ocorrer com nossa eventual parceria, e aí então, tudo poderá se complicar.  São as aventuras que podem deixar marcas profundas em nosso viver. Se nos resolvermos a encarar a fera de frente, temos que tomar muito cuidado.

E com estas recomendações, desejo a todos UM LINDO DIA, sempre lembrando que devemos pensar bem para que esse lindo dia não se transforme...

16/08/2017

UM SINCERO ABRAÇO AMIGO

UM SINCERO ABRAÇO AMIGO
Marcial Salaverry

Um sincero abraço de amizade,
é para todos uma vital necessidade...
Um abraço dado com emoção,
aquece a mais frio coração...
Um abraço dado com sinceridade,
transmitindo um quê de felicidade,
é disso que todos tem necessidade...
Com certeza, uma sincera amizade
é a ponte que nos une à felicidade...
À vida nos dá motivação,
alegrando nosso coração...
Amizade, rima com fraternidade,
e também com sinceridade,
sendo uma amizade de qualidade,
sua melhor rima é com reciprocidade...
A amizade começa em nosso interior,
transportando seu calor,
e levando felicidade e alegria,
trazendo vida a nosso dia...
Amizades são tão necessárias para a vida,
que devemos lhes dar a atenção devida,
considerando-as como o ar que respiramos...
Aquele abraço amigo que desejamos dar,
é algo que não devemos adiar...
Não espere para expressar seu carinho, sua amizade,
aguardando uma outra oportunidade...
Aproveite enquanto pode, e fale de seu carinho,
e com um abraço, faça pela amizade o melhor caminho...


Marcial Salaverry

DIZEM QUE O MUNDO VAI ACABAR

 

Dizem que o mundo vai acabar... Então, a sorte está lançada...
Vamos aguardar o evento programado para daqui mais de mil anos.
Esperemos pois, quem viver, verá... e poderá contar...
Osculos e amplexos
Marcial

DIZEM QUE O MUNDO VAI ACABAR
Marcial Salaverry

Acompanhando certos pensamentos fatalistas, vamos apenas aguardar, pois "Allea jacta est",  e as famosas "fontes fidedignas" garantem que agora vai mesmo... SERÁ?????

Se a sorte realmente está lançada e o mundo vai acabar mesmo, nada a fazer, e se é o fim que está por vir, não teremos porvir...
Desde sempre alguém está dizendo que o mundo vai acabar. Já foram tantas previsões nesse sentido, e o mundo a elas resiste, e persiste teimosamente sem se acabar, mas talvez um dia aconteça mesmo, e o bicho homem está fazendo uma força danada nesse sentido, pois sempre aparecem alguns doidos com idéias de jerico na cabeça, tentando provar que Nostradamus estava certo...

Mas como o mundo tem resistido a inúmeras guerras, e aos desmandos das famosas e soturnas  "experiencias nucleares ", podemos entender que o Mundo continuará resistindo, apesar dos esforços que os homens estão fazendo para confirmar tal previsão, talvez porque não querem que os gênios do passado passem por mentirosos ou incompetentes.

Com frequencia estamos tendo notícias de catástrofes e hecatombes que marcarão o final dos tempos para este nosso mundo. É preciso que se pondere bem sobre o enfoque que está sendo dado a esses "fatos", e que é de fundo muito sensacionalista. Alguém ouviu um pássaro de mau agouro piar ao longe, e já solta a "bomba".

E sempre tais soturnas previsões causam um certo alarme entre todos, que se esquecem de que Nostradamus disse que o mundo não passaria de 2000, e já estamos em 2017, embora algo se diga que vai acontecer no dia 21/12/2017 (vamos tentar adiar para 2117, que fica melhor...). Quando mudei para Santos, em 1964, diziam que o litoral seria "engolido" dentro de poucos anos... E já se passaram mais de 50 anos.

Há que se considerar o acerto do velho ditado que diz que "quem conta um conto aumenta um ponto". Existe uma previsão cientifica que fala da possibilidade das geleiras polares se derreterem, o que provocará uma colossal inundação no mundo inteiro, talvez provocando seu fim. Mas essa possibilidade é para acontecer dentro de alguns milhares de anos, e assim, dificilmente poderemos conferir sua exatidão.

A energia que está sendo gerada pela midia sobre o "final dos tempos" tem nos deixado muito preocupados. Agora são os cientistas de todos os recantos do mundo que estão confirmando a previsão de uma destruição planetária. E a mídia está dando um enfoque diário e sistemático. Já ouço..."ah, o mundo vai acabar mesmo!" Você não? A tendencia é para o mundo acabar mesmo, e um dia, vão conseguir o objetivo, e se ou quando acontecer, só nos restará acompanhar o enterro.

Fico então me perguntando porque não é veiculada também a promessa da segunda visita de Jesus de Nazareth, o Cristo. Talvez seja porque é algo que será benéfico para a humanidade, e desgraças vendem mais jornais.

Sim, porque mesmo se levarmos em conta as "n" denominações de entidades chamadas religiosas, todas elas sem exceção, levam debaixo do braço a Bíblia. A religião judáica e os muçulmanos não? Não realmente, Mas levam o Torah, o Alcorão, onde está profetizada a vinda do Messias.
Li um estudo onde a vinda de Jesus pela segunda vez é mencionado na Biblia 2.500 vezes.
Penso então que não devemos temer pela destruição do Planeta. Não devemos continuar a emitir energia negativa, que será mais prejudicial do que a energia de poluição que geramos e que está ocasionando esta mudança climática que levará nossa Mãe Terra a reagir cada vez mais fortemente, na tentativa de impedir que a destruamos.

Para certos desastres naturais que tem acontecido, podemos entender que a Natureza está se defendendo da violência com que o Bicho Homem a maltrata. E se ela assim o faz, é porque quer ser preservada, está defendendo a continuação da espécie, apesar de nós assim não entendermos.

Então, para podermos sempre viver UM LINDO DIA, vamos procurar respeitar a Natureza, procurando não irritá-la mais. E se realmente um dia o mundo acabar... vamos mudar para outro planeta...

15/08/2017

COM FLORES NA JANELA

COM FLORES NA JANELA
Marcial Salaverry

Pela chegada do ser amado,
pode-se esperar com flores na  janela,
sempre tendo o amor por sentinela...

Não existe pressa, a espera é paciente,
espera-se com amor simplesmente,
o conforto que a alma está esperando...

Com o amor, as flores beijadas sorriram...

Com um sorriso a alma beijada amou...

Marcial Salaverry

POESIA POLIGLOTA

Quando tentamos escrever em outras línguas,
a cabeça acaba dando um nó, e sai coisas assim...

POESIA POLIGLOTA   
Marcial Salaverry

A linguagem per le innamuratti,
is talking avec le coeur...
Se no hablan the same idioma...
Ça suffis parlare con le mani...
Para se amar really, really,
chi bisogna seulement
que se tenga much love nel cuore...
Per bacciare... no se habla
nadica de nada...
les bouches sont grudadinhas...
The kiss c'est vraiment
internazionale... nada se habla...
Donc, it's not necessaire
se cappire las cosas que pensamos...
Doppo, cuando esteamos in the bedroom,
sur le lit d'amore... Falar prá que?
Chi bisogne just action...
Se trabaja avec the hands,
perche perdre temps hablando...
Facciamo l'amore... is the best...
D'accord my honey?
Entonces, mi amorcito, my love,
mio amore, ma douce cherie,
vamos botá prá quebrá...Ok?

Marcial Salaverry