FASCINANTE

30/10/2015

AMAR, SINÔNIMO DE VIVER

Certamente pode-se viver sem amor, mas não será uma vida plena...

O sentimento chamado Amor,
ultrapassa limites, e supera a dor...
Chega por vezes a atordoar
quem se dedica a amar,
mas dá mais vida à vida,
tornando-a boa para ser vivida...
Quando o amor domina o coração,
certamente a vida ganha emoção,
tem a mais linda cor que se pode ver...
Na verdade, é o amar o real sinonimo de viver...
Quando se ama assim,
o melhor é amar até o fim...

Marcial Salaverry

A CONSCIÊNCIA DA MISSÃO A CUMPRIR

Temos de ter consciencia da missão que temos a cumprir
com nossa alma...
Será procurar sempre praticar o bem, para estar sempre
em sintonia com sua evolução.
Osculos e amplexos,
Marcial
(imagem Teka Nascimento)

Desde que viemos ao mundo, temos uma missão a cumprir, mas nem todos conseguem entender e assim, não conseguem realizá-la.
A algumas pessoas, para facilitar nessa missão, Deus doou o talento da comunicação, e quem foi aquinhoado com este privilégio, deve saber usá-lo para pelo menos tentar mostrar certas coisas da vida àqueles que eventualmente necessitem de alguma orientação ou ajuda.
E é isso que procuraremos fazer...
Certamente, simplesmente viver é fácil e pode ser bem gostoso, contudo, aprender a viver, é mais complicado...
Sem a menor sombra de dúvida, a real sabedoria da vida consiste em saber analisar tudo o que a 
vida nos oferece, tudo aquilo que poderemos extrair de bom ou de ruim, para ver o que realmente 
nos convém. 
Podemos dizer que sabemos viver, quando tivermos o discernimento necessário para captar o que 
nos poderá ser benéfico ou não. E isso apenas será conseguido através de nosso próprio julgamento, pois nem sempre o que serviu para alguém, poderá resolver nosso problema.
Li uma citação de Gorki, que é um sábio conselho:
"A sabedoria da vida é sempre mais profunda e ampla do que a sabedoria dos homens."
Realmente são muito sábias essas palavras, popis induzem a uma reflexão profunda, mostrando-nos 
a importância de saber aproveitar a vivência. Mostram o quanto nos é importante saber analisar corretamente erros e acertos que formos cometendo durante a vida. Ou que formos observando 
outros cometerem. Analisando corretamente, poderemos aproveitar falhas alheias em nosso benefício.
Sabendo aproveitar e interpretar as lições que a vida nos oferece, saberemos que fontes de conhecimento buscar. Se tivermos a capacidade de saber separar o joio do trigo, conseguiremos formar um cabedal de conhecimentos que nenhuma escola, nenhuma faculdade é capaz de nos transmitir.
Uma coisa é o ensino teórico que nos é ministrado nos bancos escolares, que nos mostram como “poderá” ser a vida. Geralmente na prática, a teoria é outra. Desde pequenos, temos que saber 
“viver” nossa vida, analisando-a e estudando-a passo a passo. Isso ninguém nos ensina, é inato. 
Ou sabemos, ou não sabemos. 
Com isso, não estou dizendo que devemos fugir dos bancos escolares e ir para debaixo de uma 
árvore meditar. Temos que aprender com os professores o que eles tem para nos ensinar. Temos 
que aprender com os mais experientes, para captar o que eles tem para nos passar. Temos, enfim, 
que buscar conhecimentos nas fontes que tivermos à mão, para podermos, aí sim, usar nosso raciocínio, fazer a média, e ver bem que caminho seguir. 
Devemos sempre aproveitar a experiência daqueles que já passaram pela vida. Por menor que seja, sempre alguém tem algo para nos transmitir, e esse algo não pode, e não deve ser desprezado. 
Deve, sim, ser bem analisado, mesmo e principalmente se for um erro grosseiro, pois ao vermos o 
que outros fizeram de errado, claro é que devemos evitar esse caminho, ou ao menos saber como corrigir o erro.
Enfim, Gorki sabia o que dizia. A sabedoria da vida, está em saber aproveitar a sabedoria dos 
homens. Não devemos seguir cegamente os ensinamentos que recebemos, já que, sendo 
transmitidos por pessoas, é passível de erros. Devemos, isto sim, aproveitar os ensinamentos recebidos em benefício de nossa vida. 

Marcial Salaverry

SABENDO VIVER A VIDA

É preciso aproveitar a vida que recebemos,
vivendo-a bem vivida, apenas procurando
fazer o bem, esquecendo maus pensamentos...
Para bem viver a vida,
é preciso vive-la na forma devida,
entendendo ser feita de momentos,
sendo alguns de lamentos,
seguido por outros de alegria,
e deve ser vivida no dia a dia...
Lembranças e recordações,
são apenas emoções
que marcam o coração...
Assim devemos viver...
Assim caminha a humanidade...
Essa é a grande verdade...
Quem quiser a paz encontrar,
em seu interior é que deve olhar,
e certamente muito bem dela cuidar,
para jamais deixá-la escapar...
Vamos o espaço alheio respeitar,
para que o mesmo possamos desejar...

Marcial Salaverry

NÃO TEMA QUANDO O TEMA É AMOR

Conquistar um amor, até que não é dificil...
Apenas, é preciso saber mantê-lo, depois...
Osculos e amplexos,
Marcial
(imagem Google)

Embora o amor seja sempre um assunto complexo, existem algumas verdades que podem ser ditas, assim sendo, nada temos a temer quando o tema é amor, e certamente vale a pena abordar esse tema, destarte vamos nos lembrar de algo que nos foi legado por Moliére, que traz alguma luz sobre o assunto:
"O amor é um mestre admirável que nos ensina a sermos o que nunca fomos; e muitas vezes, com as suas lições, muda completamente, num instante, os nossos costumes..."
Efetivamente, quando se é atingido por suas setas certeiras, mudam-se conceitos, mudam-se modos de vida, muda-se a maneira de pensar, de encarar a vida. Se for preciso, até a personalidade poderá ser mudada, bem como tudo o mais que possa ser mudado para que as coisas se "conjuminem". Muda-se até de cidade, de Estado ou de País, e principalmente de estado civil...
É verdadeiramente uma coisa muito mágica o amor, principalmente quando existe uma reciprocidade total e completa. Aí sim vale a pena fazer qualquer coisa por ele.
Quando amamos de fato, sempre procuramos ver os pontos de discordância com a pessoa amada, e procuramos ver o que se pode mudar para que haja uma coexistência pacífica. E é muito importante ver as coisas sob esse prisma, e isso é algo que pode ser acertado com um diálogo sincero e aberto.
Então, logicamente se alguém tem um estilo de vida digamos, muito liberal, gostando de saídas noturnas, e certos passatempos em que o conjugue não irá se sentir bem deverá, e obviamente será de seu desejo mudar alguma coisa, para criar um ambiente de cordialidade em casa, evitando-se áreas de atrito. Se o amor existe, e vale a pena, porque não mudar alguns hábitos, que poderão ocasionar desentendimentos futuros? Por que não abdicar de algumas noitadas pelo aconchego do lar, e da companhia da pessoa amada?
Para que um amor dê certo, vingue e dure bastante tempo, essas acomodações são necessárias. Quando se impõe mudanças, elas devem ocorrer. Ambos os lados devem ceder e mudar, em benefício do amor, e assim, se cada um ceder um pouco, poderá facilmente ambos chegarem a um lugar comum.
Na realidade, o amor nasce da atração entre duas pessoas, que se leram, ou que se viram, e se gostaram. Pronto, beleza pura, amam-se e serão felizes. Será tão simples? Lógico que não. Pois se fosse assim tão simples, lindo leve e solto, não teria graça nenhuma, seria até enjoativo...
Muito mais importante do que se conquistar o amor, é a sua manutenção. E esta só é conseguida com a convivência, que por sua vez depende do acerto de personalidades.
Cada um dos parceiros precisa ver no que é possível ceder e mudar, para que o acerto se verifique e assim, ambos os lados devem se acertar. Isso é muito importante, pois se apenas um dos lados cede, dá-se o domínio de uma das partes, já criando uma área de atrito permanente.
É importante saber entender que o amor é uma sociedade que se cria, e como tal deve ser tratada.
E quando se está vivendo um relacionamento de longa data, é gratificante olhar para trás, e chegar à conclusão de que foi possível estar nesse ponto, porque tiveram o discernimento, o senso de equilíbrio de fazer as mudanças necessárias em tempo hábil, e dessa maneira, o que os une é um amor real e verdadeiro, que superou todas as intempéries da vida, conduzindo-os a um ponto de equilíbrio, que só foi possível pelo respeito mútuo e pelo acerto das arestas e pontos de desgaste que surgiram no início do relacionamento.
As mudanças lembradas por Moliere possibilitaram isso.
Esperando que tais lembretes possam ser úteis a alguém, desejo a todos UM LINDO DIA.

Marcial Salaverry

29/10/2015

UM FELIZ DESPERTAR

Ao lado de nosso amor, sempre será
um feliz despertar para mais
um lindo dia viver...

Depois de amar,
nada como um feliz despertar...
Com um doce beijinho,
um suave carinho,
será o melhor caminho
para um gostoso despertar,
e um lindo dia começar,
e captar o olhar
de quem se esteve a amar,
e ver que seu olhar doce e profundo,
transmite a força do amor,
que tem toda a beleza do mundo...
Além de uma beleza exterior,
olhando em sua alma,
percebe-se que em sua beleza interior,
há uma sensação que excita e acalma...
Através de seu olhar sensual,
passa uma forte sensação de amor,
e certamente é coisa muito normal,
querer sentir todo esse calor...
Calor que vem do fundo de uma
alma linda de mulher-menina,
que sempre encanta e fascina...

Marcial Salaverry

28/10/2015

A TÃO ALMEJADA FELICIDADE

Com a ajuda de um grande filósofo francês,
vamos tentar entender a tal da felicidade...
Este filósofo francês, não é o já famoso L'Inconnu...
É Bertrand Russel, igualmente famoso...
Certamente a coisa mais desejada por todo e qualquer ser vivente, é a tal da felicidade, e para começar a entender o que pode ser a felicidade, vamos nos socorrer do que um garoto chamado Bertrand Russel disse a respeito desse tema, quando afirmou que "não possuir algumas das coisas que desejamos é parte indispensável da felicidade". E isso realmente faz todo o sentido, pois sem dúvida alguma, o que determina os grandes objetivos de nossa vida, é sempre estar atrás de alguma coisa que ainda não conseguimos, mas que uma vez atingido esse objetivo, nos sentiremos felizes...

Assim, no momento em que olharmos à nossa volta e chegarmos à conclusão de que TODAS nossas metas foram atingidas, é porque não desejamos mais viver, pois não teremos mais objetivos na vida, e justamente o que nos impele à luta é a tentativa de conseguir aquele "algo a mais" que está faltando. 

Pode ser que seja um curso que nos abrirá novos horizontes, ou então aquela viagem que tanto desejamos fazer (por exemplo, ir ao Congo, e ver se eles comem baratas mesmo), seja "aquele amor que queremos", enfim, SEMPRE temos de ter algum desejo ainda insatisfeito. Claro que, ao conseguirmos realizá-lo, já temos de ter outro de reserva para transformá-lo "na nossa grande meta", pois o que não podemos fazer, será estagnar, para de procurar algum objetivo, esquecer um eventual sonho secreto...

O que não pode acontecer, é olhar em volta e dizer "Pronto cheguei lá, portanto nada mais tenho a fazer no mundo".
O certo será: "Pronto, consegui este objetivo, e agora vamos ao próximo". Aí sim, estaremos justificando nossa permanência neste planetinha tão pequeno... Sim, podemos dizer que é pequeno, quando vemos que tem um monte de doidos querendo chegar até os outros planetas, e esse é o pequeno objetivo da vida deles, e podemos ainda pensar que quando conseguirem visitar todos, certamente vão se perguntar "como poderemos visitar o Sol ?". 

Assim se vive. Sempre deveremos ter uma meta para atingir, caso contrário, será o FIM.

E um dos objetivos dos mais válidos, será conseguir fazer de cada dia,
sempre UM LINDO DIA...

Marcial Salaverrry

ALGO PELA PAZ & COMPARTILHANDO A PAZ

Se cada qual fizer sua parte em prol da PAZ,
quem sabe se a podemos conseguir...
Só depende de um pequeno esforço individual,
em busca do bem estar coletivo...
O real desejo, é que todos encontremos a Paz...
Se não for possivel a Paz Universal,
porque depende de muita coisa,
e de muita gente que não quer colaborar,
pelo menos a Paz Interior vamos encontrar...
Vamos fazer um esforço,
para pelo menos tentar
distribuir amor, carinho, amizade,
de que o mundo tem necessidade,
para que possa encontrar a felicidade...
Vamos, pelo menos fazer nossa
parte em prol da Paz...
Vamos pelo menos tentar,
que um pedaço seu não vai arrancar...
Marcial Salaverry
Quem compartilha a paz
certamente possui uma boa energia.
Mas não é dizer por dizer.
É realmente dividir,
ofertar com carinho,
este doce presente
para a vida.
Nosso coração pede
que espalhemos amor e carinho,
a todos e mais ainda quem precisa.
Infelizmente existem muitas pessoas
reativas que não entendem e
possuem uma energia negativa.
Para estas pessoas vamos
enviar muita luz,
quem sabe um dia eles
poderão conhecer a real felicidade.
Beki Bassan

COMO PODE SURGIR O AMOR

Na verdade, não vale a pena tentar explicar como
o amor pode surgir em nossa vida...
Basta perceber sua chegada, e procurar mante-lo,
para que o viver seja mais feliz...
Para poder explicar,
como o amor pode chegar,
podemos simplesmente dizer
ser o amor um sentimento do nada surgido,
pode ser por um e-mail recebido,
que atraiu a atenção,
e mexeu com o coração...
Como explicar
o começo de um amar...
De amar à distância,
dando por vezes aquela ânsia,
aquele forte desejo
de provar o sabor do beijo...
Pode ser coisa de adolescente,
amar assim de repente...
Mas pode assim acontecer,
pode dessa maneira o amor nascer...
Fica esse doce sentimento,
que por vezes traz um lamento,
pois nem sempre pode ser
como queremos que seja...
Vamos então com amor vivendo,
sem saber se acabaremos sofrendo,
por não nos termos na plenitude,
e ficarmos apenas nessa atitude...

Marcial Salaverry

COMO SUPERAR A INSATISFAÇÃO

Dificilmente conseguimos encontrar satisfação
total em nossa vida... Sempre existirá uma peninha
para atrapalhar... Ou uma ave inteira...
Osculos e amplexos,
Marcial
Com certeza é algo que chama a atenção, e pode ser considerada uma coisa muito interessante a ser analisada, é a eterna insatisfação do ser humano, que nunca está satisfeito com aquilo que tem, particularmente quando se refere ao quesito AMOR, que realmente, apresenta facetas curiosas.
Existem mulheres que reclamam de seus parceiros porque são muito românticos, e, segundo elas, vivem no mundo da lua. O que querem é alguém de pulso firme a seu lado, que as conduza, e que possa suprir todas suas necessidades materiais, relegando o romance, o namoro conjugal a plano secundário. 
Contudo, outras reclamam porque seus maridos apenas pensam em trabalho, reuniões, esquecendo-se de dar aquele “toque romântico” ao seu casamento.
E a recíproca é verdadeira. As reclamações são de ambos os lados. Vá se entender a incoerência do ser humano, que sempre acha que "a galinha do vizinho põe ovos melhores..." 
A grande verdade é que algo precisa ser feito para quebrar uma rotina, quando ela começa a ficar perigosa.
Podemos acreditar que o ditado que diz que os opostos se atraem, é bem verdadeiro, pois homens românticos gostam de mulheres práticas, e vice-versa. Será que é por isso que existem tantas aventuras extraconjugais? Será a eterna busca do que não temos a nosso lado?
Na realidade, o que falta de fato, e que deixa as pessoas tão insatisfeitas com tudo, é a ação que todo sentimento de amor deveria provocar. Todos querem ser amados como no primeiro momento, mas sempre esquecemos como é que devemos agir quando amamos, pois a rotina da vida vai roubando inconscientemente essas ações. E sobram apenas as obrigações, que se fossem realmente excitantes, não se chamariam obrigações. 
Coisa como lavar uma louça... Ninguém ama fazer isso, fazemos, por obrigação, assim como lavar e passar a roupa, limpar a casa, fazer comida, trabalhar. Claro que ninguém, faz por prazer, mas se sente na obrigação de faze-lo. Alguns, fazem para satisfazer um dos piores vícios do ser humano, que é comer. E isso atrapalha o clima romântico, claro. 
Para quebrar a rotina, precisamos usar da imaginação. Criar com nossa parceria aquilo com que sonhamos. E isso só se resolve com um bom diálogo, sem acusações sobre quem é o culpado pelo clima de insatisfação. Cada qual tem sua parcela de culpa.
Então, se a fantasia é viver um Grande Amor, vamos investir em ações do amor, imaginando como seria esse sonho, passando a colocar tudo em prática. Havendo um entendimento, a brincadeirinha funciona. Por exemplo, marcar um encontro em local afastado de casa, e agir como se não se conhecessem, iniciando uma paquera, que fatalmente terminará num quarto de motel. É uma quebra de rotina, e fazemos uma aventura nova e excitante com a parceria de sempre, de quem realmente gostamos, mas estávamos deixando a rotina quebrar o clima.
Depois, a volta para casa, separados, e ao se verem, não tocar no assunto, mantendo o clima de ter vivido uma excitante aventura extraconjugal.
Dessa maneira, quebra-se a rotina, amenizando famosa insatisfação com a vida conjugal, que vinha trazendo problemas enormes para o relacionamento. A rotina imutável e imexível sempre traz enormes desgastes para o relacionamento familiar, pois quando se deixa criar uma rotina massacrante, a coisa se complica.
Essa idéia, de “fantasiar” um romance, transformando os parceiros de sempre em ardentes amantes, quebra a rotina conjugal, e levando a vida de uma maneira diferente, pode modificar uma situação que vinha se tornando frustrante.
Muitas vezes, embora ainda exista amor entre os parceiros, a mesmice da vida pode levar a situações limite. E então, vem aquela vontade de viver alguma aventura, para sentir mais emoção na vida. E porque não fazê-lo com o próprio conjugue? Se ainda existe amor, é fácil reavivá-lo, com alguma criatividade, usando a imaginação, bolando situações que sugiram uma aventura... E por que não?
Sente-se assim a emoção de algo novo e jamais feito antes, sem o perigo que as aventuras extraconjugais sempre trazem, acabando assim com a insatisfação existente...
Temos que saber viver a vida... Usar o que for preciso para sentir sempre a alegria de viver. Temos que saber aproveitar essa coisa maravilhosa que é a vida, e que não é só a
preocupação com o vil metal (nem tão vil assim...mas não pode ser priorizado totalmente).
E como a vida depende de nós, tenhamos UM LINDO DIA.

Marcial Salaverry

26/10/2015

SONHAR É VIVER

É muito bom com o amor sonhar,
pois sonhar é viver,
e assim, não deixamos o amor morrer...

Sonhar é viver,
para melhor renascer...
Com desejos sonhamos,
com aquilo que desejamos,
com quem amamos...
Sonhar é bom, dá à vida emoção,
e alegra o coração...
Sonhos sempre desejamos,
com quem nós amamos...
Sonhar é realizar sonhos de amor...
Com o amor sonhar,
é entregar-se a um doce devanear,
é sonhar com a felicidade,
e de sonhar temos necessidade...
Certamente sonhar é bom,
pois dá à alma mais vida...
É um lindo devaneio,
sonhar com o prazer,
tendo o prazer de sonhar...
Sonhando vamos viver,
vivendo, vamos amar...

Marcial Salaverry

O QUE PODEMOS CHAMAR DE QUALIDADE DE VIDA

O que será essa tal de qualidade de vida?
Depende dela para sabermos qual a idade da vida...
Osculos e amplexos,
Marcial
A grande verdade é que falar sobre qualidade de vida é realmente algo meio fora de propósito nos dias que estamos vivendo, pois de que pode adiantar tomar todos os cuidados necessários com nossa saúde, se estamos sujeitos a ver um avião entrar pela janela de nosso escritório, ou então uma bomba explodindo a nosso lado num supermercado, ou ser encontrado por uma bala perdida, isso sem falar em tantas outras perspectivas sombrias de coisas que podem acontecer...
Contudo, podemos deixar esses detalhes secundários em segundo plano, entendendo apenas que a vida é muito bela e gostosa de ser vivida, e para que possamos desfrutá-la, é interessante cuidar de nossa saúde, pois dela dependemos para manter um bom ritmo de vida, e principalmente, uma bela qualidade de vida, independente de sua idade...
Bem a propósito, li uma mensagem de Sêneca, numa abordagem linda sobre o tema:
"O homem vive preocupado em viver muito, e não em viver bem, quando na realidade não depende dele o viver muito, mas sim o viver bem."
Palavrinhas que podem nos levar a profundas reflexões, pois realmente a ciência vive estudando meios de prolongar a vida das pessoas, nem que seja artificialmente. E isso acaba afetando a qualidade natural de vida
Atualmente a perspectiva de vida está muito mais longeva do que alguns anos atrás, quando o brasileiro, geralmente, chegava até os 60, quando muito aos 70, mas já no bagaço. Agora já existem condições melhores, desde que não aconteça nenhum dos “ou então...”lembrados acima...
Foram descobertos diversas vitaminas, assim como alguns medicamentos que realmente dão meios de adiar por mais algum tempinho aquele bate-papo definitivo com nosso Amigão, mas é preciso entender que além desses meios artificiais, há que se melhorar também a qualidade de vida. Já dizia um sábio filósofo que cada caso é um caso, mas existe uma regra geral a ser seguida para quem quiser ter uma vida mais longa e igualmente saudável, e que não se pode desprezar.
Diz respeito à alimentação. Sim, pois à medida que os anos vão passando, nosso organismo começa a exigir uma alimentação mais saudável, isenta de gorduras, temperos picantes, etc. coisa já fartamente divulgada e que só não aprende quem não quer.
Outra coisa que atrapalha por demais a boa qualidade de vida na... idosidade, são certos vícios que prejudicam por demais o organismo, como cigarro, bebidas, drogas, e/ou vida excessivamente sedentária. Essas consequencias geralmente se manifestam quando já nada mais há para se fazer, assim sendo, que tal abolir tais vícios enquanto há tempo para isso?
A respeito do cigarro, ouvi de um conceituado pneumologista, uma mensagem curta e grossa:
"O cigarro não mata diretamente ninguém mesmo, só enfraquece o organismo. Assim, em caso de qualquer problema de saúde, a possibilidade de recuperação de um fumante fica seriamente prejudicada. Isso, numa doença que exige um tratamento prolongado, pode ser fatal."
Dito isto, dito tudo, contudo, devido certas reações de fumantes, que alegam serem donos de seu organismo e ninguem tem nada a ver com isso, não gosto muito de entrar no mérito da questão, pois pelo tal do livre arbítrio, todos temos o direito de viver, ou não, como quisermos. Com maior ou menor qualidade, com mais ou menos saúde. Em teoria, é isso aí. A vida é nossa. Respeito o espaço dos fumantes, desde que respeitem o meu.
Mas, com fumaça ou não, com qualidade de vida ou não, meu sincero desejo é que todos possam fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA...

Marcial Salaverry

25/10/2015

MEU PAIZINHO DO CÉU


Contando com uma boa acolhida pelo Amigão,
vai aqui o que deve ser o desejo de 12 em cada 10 crianças
deste mundo...
Meu santo paizinho,
só queria pedir uma coisinha...
que você fizesse
essa gente aprender que precisamos de paz...
será que você não é capaz
da fazer essa gente ver
que não é justo aos outros matar...
e se o mundo acabar?
com o que eles vão ficar?
Eles falam tanto que não devemos brigar...
mas é só isso que eles fazem...
Paizinho querido,
não consigo entender essas coisas...
criança precisa se comportar...
e os adultos vão guerrear...
que exemplo eles estão dando?
se estão assim, bagunçando
com tudo...
Paizinho... ensina para eles isso do juizo,
pois está sendo preciso...
Boa Noite, Paizinho...
Ajude essa gente a pensar... tá?

Marcial Salaverry

<><><><><><>

Paizinho, escuta os pequeninos
precisamos de carinho,
mas também de ter um cantinho
onde podemos brincar...
Aqui está ficando dificíl
a violência é tanta
que precisamos ficar sem sair,
sem brincar...
Mamãe fica preocupada
e acaba achando um jeito
de nos prender o dia todo
em frente a televisão,
mas não é isso que queremos
precisamos de um campo
com flores por todo canto,
pra correr pra brincar...
onde não tenha essa tal de guerra,
nem bala perdida nem poluição
Paizinho querido...
Seria tão bom
se o senhor estivesse me ouvindo
e mandasse pra terra
uma legião dos seus anjinhos...
pra cuidar dos grandinhos
porque nós , os pequeninos
sabemos que a violência
a querra, a poluição
acaba com o que o senhor criou..
Obrigada por me ouvir calado
nem isso os adultos fazem mais,
eles estão sempre gritando, apressados
mandando a gente ficar calado..
Éh, acho que aqui ta tudo errado!
A sua benção meu paizinho do Céu .
Amem!

Silvia Giovatto (Faffi)

SIMPLESMENTE UMA ODE À NATUREZA

Pelos benefícios que nos traz,devemos proteger a Natureza,
e as árvores devem ser amadas,
e nunca derrubadas...
Saibamos dar o devido valor à Natureza,
preservando e amando este presente de Deus.
Respeitar a Natureza,
preservando sua beleza,
é nosso mais sagrado dever...
Não podemos deixá-la fenecer...
Será simples cumprir nossa obrigação,
afastando dos mares toda e qualquer poluição...
Com as queimadas cessando,
e nossa flora e fauna respeitando,
e mais ainda os pobres rios brasileiros,
que já estão poluidos por inteiro...
Por vezes a Natureza se revolta,
e contra tudo isso se volta...
E reage com erupções, tornados,
tsunamis, terremotos,
deixando todos apavorados...
Essa é uma revolta surpreendente,
é o desespero pedido de socorro,
para chamar nossa atenção
Uma coisa que realmente desatina,
é ver que o homem em sua sanha assassina,
parece determinado a acabar com a Natureza,
que por sua própria natureza,
precisa ser preservada...
Até quando? é o que perguntamos...
Levantemos as mãos para o céu
num pedido de dor, levando ao Senhor
nossas desculpas por tanto desatino.
Nosso Amigão poderá entender,
se realmente acontecer
algo em beneficio da Natureza,
e que saibamos conservar sua beleza...
Apenas é necessário que cada qual faça sua parte...

Marcial Salaverry

AMAR O AMOR COM AMIZADE

Com certeza o amor será mais bem vivido,
se conseguirmos amar o amor com amizade...
(Imagem google)

Criar, viver, amar...
Criar amizades,
viver em paz,
amar o amor...
Esta a melhor evolução
que beneficiará o coração...
Através do amor
nossa evolução será melhor,
pois amar a vida com amor,
trará muita paz a nosso coração,
e assim, sempre teremos uma doce emoção,
fazendo-nos sentir aquela felicidade,
de que todos temos necessidade...
Um coração bem intencionado,
é um coração iluminado
pela luz da sabedoria,
podendo sempre nos trazer alegria...
Há uma luz no caminho,
mostrando que com amor e carinho
é perfeitamente possível ser feliz...

Marcial Salaverry

EXISTE AMOR NA IDADE MADURA

Existe sim, amor na idade madura...
Geralmente é vivido em toda sua plenitude...
Temos tempo e vivência, e muita experiência...
Osculos e amplexos,
Marcial
Durante toda nossa vida, sempre estivemos, estamos, e estaremos em contato com esse sentimento mágico chamado "Amor", e isso acontece desde que nascemos. Aliás, é nosso primeiro sentimento, pois já ao nascermos apesar de ainda não sabermos definir, começamos por amar aquela doce criatura que nos pôs no mundo. Por questão dos meses em que ficamos em contato estreito com o ventre materno, é claro que nosso primeiro amor sempre será aquele que sentiremos por nossa mãe. Aos nossos olhos, o pai sempre será mais uma dentre as inúmeras pessoas que existem ao nosso redor, mas "Mãe é uma só" (não sei onde já ouvi esta frase...).
Posteriormente, nas diversas etapas de nossa vida, encontramos diversos tipos de amor, e sempre o identificando como uma sensação de bem querer algo ou alguém.
Aquele bem estar que sentimos quando estamos perto de alguém, quando brincamos com aquele joguinho favorito, quando estamos com nossos animais de estimação. Enfim, sentimentos diversos, que podemos dizer serem amores os mais diversos, mas sempre é aquela sensação de bem estar, de bem querer, que irá nos acompanhar pela vida inteira.
Principalmente o tão falado, comentado, desejado e algumas vezes criticado amor entre pessoas, de sexos diferentes, ou não. Basta que seja aquele amor que exige o contato físico. Aquele que não é apenas um dos muitos amores que sempre tivemos e ainda teremos, mas sim, o dito cujo AMOR. É um amor que exige uma atenção e cuidados especiais. Temos que compreendê-lo, para não o vermos fugir. Há que se respeitar e muito esse sentimento tão necessário para nossa vida.
O amor quando chega, não pede explicações, nem tampouco se explica, ele não escolhe idade, simplesmente chega, e vai ocupando seu lugar de destaque no coração (na realidade é no cérebro, mas convencionou-se culpar o coração pelos sucessos ou insucessos do amor.)
Quando somos jovens não medimos as consequencias, simplesmente amamos, e nos entregamos ao amor, e muitas vezes quebramos a cara pela afoiteza, mas são coisas da juventude, que deve ser vivida em sua plenitude, com todos seus riscos, lucros e perdas...
E quase sempre amamos descompromissadamente, e assim, se perdermos um, logo conseguiremos outro, até encontrar um que possa ser chamado de definitivo, ou pelo menos é o que estaremos achando naquele momento, e assim, acreditamos nele, sentindo sua intensidade, e é quando firmamos compromissos, considerando-os como definitivos, o que pode ou não acontecer, eis que muitas vezes nos decepcionamos, choramos, sofremos, e não pensamos muito em terminar relacionamentos, sempre na expectativa de que o próximo poderá ser melhor.
Assim, quando se sobrevive a isso tudo, vem a melhor parte, mas que pode ser uma das mais perigosas, pois tem que ser muito bem entendido, muito bem curtido, entendido, e vivido.
É o amor na idade madura, quando já se passou por inúmeros percalços, quando dificuldades de toda sorte foram enfrentadas e superadas, e que certamente deixaram marcas na alma. Mas o fato é que temos de aceitar as mudanças que o amor apresenta ao se chegar nessa faixa etária, pois o amor na idade madura é feito de muita ternura, muito companheirismo, muito bem querer, muito carinho. Aquele ficar de mãos dadas, passeando, conversando e mesmo na cama, vivendo um sentimento 
gostoso de carinho imenso.
A grande verdade é que esse sentir precisa ser totalmente compartilhado, tem que ser aceito por ambas as partes, é exigível uma aceitação mútua total e completa. Só assim esse relacionamento maduro será bem vivido.
Pergunta-se, e o tesão? Não existe mais? Não faz mais parte dessa vida madura? Claro que o tesão existe. Representa uma parte importantíssima desse amor calmo, silencioso, cheio de pequenos prazeres. Como somos mais experientes, podemos aproveitar melhor nosso tesão tornando nossos momentos íntimos como um verdadeiro sonhos, isso até parece coisa de novela, mas é vivido em sua plenitude, esses momentos são reais, existem, são lindos. Conhecemos todos os segredos de nossa parceria. Sabemos como dar-lhe aquele prazer que ela gosta, pois como não somos mais possessivos, sabemos nos doar sem perder a liberdade. Sabemos amar, e sentimos quando somos amados. E, por força desse amor, sentimo-nos jovens novamente, com a vantagem de que não precisamos tomar certos cuidados que antes até atrapalhavam as relações mais intimas.
Apenas precisamos saber viver esse momento, respeitando as limitações que a idade nos impõe, superando-as com a força de nosso sentimento, com o poder de nosso carinho.
Assim chegamos ao amor total na idade madura... Sabendo vivê-lo, é o melhor amor de nossa vida.
E nessa certeza, espero que todos consigam fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA.
Marcial Salaverry

AMAR NOS FAZ SORRIR

Certamente quando estamos amando,
temos mais desejo de sorrir,
porque a alma se sente feliz...


Amar sempre nos faz sorrir,
não deixando a tristeza vir..
Se o amor apresenta problema,
a vida pode virar um dilema...
O amor bem vivido è amor de verdade
Traz alegria ao coração e muita felicidade
A alegria é como nosso sangue,
que corre em nossas veias,
levando-nos a estados de alegria,
que irrigam o cérebro e o coração
O amor sempre ajuda a viver,
faz até mesmo esquecer
coisas que fazem sofrer,
e nos leva sempre ao prazer...

Marcial Salaverry

AO MENOS POR ECONOMIA... SORRIA


O sorriso é uma das melhores formas de fazer economia em algo...
Entendam o porquê...
Osculos e amplexos,
Marcial
*********************

Uma verdade inegável, é o fato de que o sorriso é uma das coisas mais contagiantes que existe, agindo como um vírus que infecta as pessoas que não usaram um antivírus poderoso, chamado Morton Mau Humorantis, Md. 2002. Não recomendo aplicar esse antivírus em seu organismo. Deixem o vírus agir à vontade. As pessoas infectadas vivem bem melhor. É o único vírus que tem efeito benéfico. Espalhemo-lo pois, e se for com um sorriso, melhor ainda...
Existe uma explicação científica, para estimular a disseminação desse vírus, cujo contágio recomendo: "Para ficar com a cara fechada e séria, são empregados 117 nervos e músculos, ao passo que para sorrir, são empregados apenas 17" Portanto, para que gastar energia em excesso? Tá certo que não é paga em dólares, é em Real mesmo. Mas... Por economia, SORRIAM.
Em ambiente escuro, que tal um "sorriso luminoso"? Quebra bem um galho, pelo menos ajuda a achar o comutador...
Certamente o sorriso deve brotar espontaneamente. Não há nada pior do que um sorriso forçado. Para tanto, recomendo sempre que a pessoa esteja em paz interior. Não brigando consigo mesmo, já é meio caminho andado. O mau humor é algo meio destrutivo, ao passo que o bom humor é construtivo. As melhores notícias, as melhores coisas que fazemos, é sempre sorrindo. Vocês já viram alguém receber um prêmio de cara feia?
Se alguém involuntariamente pisar em seu calinho de estimação, procure pensar que ele não fez isso de propósito e ao invés de dizer-lhe o que pensa sobre a honorabilidade de sua progenitora, aceite um eventual pedido de desculpas. Se o pisão foi proposital, pelo menos esse imbecil ficou feliz porque conseguiu pisar em seu calo, e portanto, será um mal humorado a menos, e assim, você colaborou, portanto, para a Campanha do Sorriso.
Uma coisa que observo nas grandes cidades, é que as pessoas não se cumprimentam, e até mesmo sequer se olham, e se alguém tenta esboçar um tímido "Como vai?", além de não responder ainda pergunta: "O que você tem a ver com isso?" Não é triste isso? Já vi muita gente que, ao receber um "Bom Dia", responde um seco: "Só se for prá você"... Podem crer que existe gente assim...
Se esse vírus, que poderemos chamar de "vírus sorrisal" for espalhado, certamente o humor dessas pessoas vai melhorar. Precisamos estudar um jeito de modificar esse comportamento, típico das grandes cidades. Parece que o progresso afeta diretamente o temperamento das pessoas, provocando essa mudança de humor.
O grande mal do momento, responsável por uma infindável série de "doenças dos tempos modernos", é o tal do "stress", que é efeito colateral do antivírus acima citado, razão pela qual não recomendo seu emprego. Deixem o vírus agir à vontade. Espalhem o sorriso, mesmo considerando que muitos vão dizer que é impossível viver sorrindo o tempo inteiro. Claro que não. Vão pensar que é doido. Mas, convenhamos, é bom ser um doido sorridente...
Experimentem de vez em quando sorrir, é um exercício que pode e deve ser feito com muita frequencia, eis que trará grandes benefícios. Principalmente o sorriso interior. Este se consegue com um pouco de paz de espírito. Não se guardando ressentimentos nem rancores. Se alguém falhou consigo, lhe prejudicando, a melhor solução é "encaixar" o prejuízo, e partir para outra. Represálias só irão provocar a continuação da briga.
Se voce estiver atravessando uma daquelas fases em o urubu de baixo despeja algo no urubu de cima, cheio de problemas, com preocupações pelos mais variados motivos, procure pensar que o fato de se entregar ao desespero não irá ajudar em nada. É difícil sorrir com problemas na vida? Claro que é. Mas procure faze-lo, ao menos... Nada custa pelo menos tentar...
O sorriso interior é facilmente reconhecido por um bom humor natural. Pela satisfação que se sente em procurar fazer o possível para não prejudicar ninguém. Muitas vezes não se pode ajudar a alguém que necessita, contudo, só o fato de não atrapalhar, já será alguma ajuda, e muitas vezes uma palavra de consolo já muda uma situação.
O simples fato de saber que temos condição de ser útil, de que podemos servir de ajuda para alguém, já dá uma satisfação íntima que gera o sorriso interior, responsável direto pela disseminação do "vírus sorrisal". Espalhemo-lo, pois.
Nas cidades pequenas vive-se mais e melhor. Uma das razões é que todos conhecem todos, e se cumprimentam. Mesmo que não conheçam, sempre que alguém cruza com alguém, invariavelmente escuta-se um "Bom Dia", "Boa Tarde", ou "Boa Noite". Experimentem. Não custa dinheiro. É melhor do que divã de um psicanalista...
Certamente uma das maneiras de se conseguir isso, é desejar a todos UM LINDO DIA.
E nunca se esqueçam de que: Quem com vírus sorrisal infecta, com esse vírus será infectado...

Marcial Salaverry