FASCINANTE

30/11/2017

VOLVER A VIVIR

VOLVER A VIVIR
Marcial Salaverry
 
Cuantas historias iguales conozco...
De parejas que vivieron su gran amor...
Felices a más no poder en el comienzo,
Siempre juntos... sin peleas... sin dolor.
Una vida entera de amor y cariño...
De repente... una fatalidad...
Ella se va
He ahí él triste, solo...
Su vida también se desvanece.
De repente, descubre que continua vivo...
Aún es un hombre activo.
A ella no le gustaría verlo cabizbajo,
Triste, con la alegría allá abajo...
Así mismo... vivir como? Sin la compañera
Que estuvo a su lado la vida entera...
En un paseo solitario... cruza el camino
Con alguien que también está solo...
Se miran... se entienden...
Sienten que en la vida no se puede entregar...
Siempre es tiempo de recomenzar...
Descubren que la vida,
Aún puede ser vivida...
Siempre se puede en la vida recomenzar...
Recomenzar a vivir... recomenzar a amar...
 

ROSAS, BELAS ROSAS


ROSAS BELAS ROSAS

Marcial Salaverry


Pétalas de rosas desfolhadas...
Mudas testemunhas de um grande amor
entre duas criaturas apaixonadas...
Rosas amarelas, sinal de amor...
Rosas vermelhas, ardente paixão...
Rosas brancas, amizade que une...
Rosas, belas rosas...
ofertadas pelos apaixonados,
e deixam as moças dengosas...
Como é lindo o amor,
que sempre traz doces recordações,
dando à vida tanto calor...
Rosas na primavera desabrochadas,
perfumando almas apaixonadas...
Na primavera tudo aponta para o amor...
Os jardins florescem com lindo vigor...
Fica mais bela a Natureza,
alegrando nossa alma com tanta beleza...
Para essa beleza desfrutar,
apenas precisamos amar...
Amar alguém, amar a Deus...
Amar a vida, a Natureza, ou então, adeus...

Marcial Salaverry


 

UMA CARTA PARA O ANIVERSARIANTE


Esta é uma carta renovada e enviada todos os anos, apenas para
lembrar da data pra quem dela se esquece...

UMA CARTA PARA O ANIVERSARIANTE
Marcial Salaverry

Meu querido Amigão, vamos bater um papinho amigo. Procurei por seu apoio em diversas ocasiões neste ano, e sempre fui atendido.  Nos momentos de crise, você sempre me mandou sua Luz Especial, mostrando-me o caminho certo.

 Principalmente na hora mais aguda, você soube me enviar a mensagem indicando o que deveria fazer.  Felizmente tive o discernimento necessário para captar sua mensagem, e fazer a coisa certa, no instante preciso.  Mais uma vez, e como sempre, digo, OBRIGADO AMIGÃO.

E agora, está chegando o dia de seu aniversário, mas, será que todos se lembram de que o Natal existe para comemorar seu Nascimento?
Ou será que pensam apenas que é aquele dia gostoso que todos se reúnem para comer, beber todas e trocar presentes?

Bem, já é tradição estimular-se a troca de presentes, mas,  presente de aniversário, não se dá apenas ao aniversariante?  E tirando algumas poucas pessoas que tiveram a sorte de ter nascido neste dia, o aniversário é o seu.
 

Esta é uma pergunta que sempre faço, meu querido: "Vocês já pararam para pensar qual o presente que nosso querido aniversariante gostaria de ganhar?"

Amigão,  acredito que o presente que você pediu, "Paz na Terra aos homens de boa vontade", você receberá, pois não tenho nenhuma dúvida de que as pessoas de boa vontade, realmente, estão em Paz.  Pena que sejam tão poucas, mas que existem, existem,  só não me pergunte onde estão.  Tenho certeza de que cada um de nós conhece pelo menos uma pessoa de boa vontade, e que esteja disposta a oferecer esse presente ao Aniversariante.

Agora quanto aos outros, que não tem boa vontade, acho que o azar é só deles, né? tenho certeza de que existem muitos que estão em Paz, curtindo esse seu aniversário com todo o amor e carinho que você merece.

Agora uma coisa interessante.  Calcule você, Amigo Velho, que perguntei a muitas  pessoas, mas a muitas mesmo, se estão sabendo quem estará comemorando aniversário e não é que maioria nem se toca no assunto?  Com a expressão mais bestificada possível, perguntavam: Quem é o cara?  Tem que ser muito lembrado para associar Natal com Jesus... Parece mentira, mas a maioria não se toca do que, na verdade, representa o dia 25/12. O Natal. É duro de engolir, mas essa é a realidade. Convenhamos, uma triste realidade.  De comer, beber e ganhar presentes, todos entendem, mas o verdadeiro significado, nem pensar.

Mas eu sei que você não liga para isso, né?  Já está acostumado com a ingratidão das pessoas.  Mas, não fique triste não, pois  tem um grupinho que, no instante exato, vai se dar as mãos, embora separados por milhares de quilômetros, vai mandar um enooooorme abraço para você, e cantar aquele PARABÉNS A VOCE.

Esta turma de internautas doidos sabe bem o que representa a data, e não tenho dúvidas de que haverá um grande coral levando as vozes até seus santos ouvidos, e, ao mesmo tempo estaremos atendendo seu maior desejo, procurando levar Paz, Amor, Fraternidade onde nos for possível espalhar.

E agora conclamo a todos os amigos, à exata meia noite do dia 24, darmo-nos as mãos, num exercício mental, e enviarmos ao querido Amigão o nosso mais quente e amoroso abraço. Vamos lá, turminha, pois Ele merece, sem dúvida...

Vamos juntar nossas vozes nesse Grande Coral Virtual, cantando para nosso querido Amigão, que durante o ano todo nos acolhe e protege, o mais sonoro PARABÉNS A VOCÊ.  Conto com vocês... não me deixem só (esta frase não é tão nova assim...).

AMIGÃO QUERIDO...
AQUELE ABRAÇO, de seu amigo, Marcial... E UM LINDO DIA...
 

29/11/2017

É POSSÍVEL MANTER RELACIONAMENTOS DURADOUROS

Teoricamente é fácil manter um relacionamento sempre em harmonia.
Mas... nem sempre o é. Existem pequenos detalhes...
Osculos e amplexos,
Marcial
É POSSÍVEL MANTER RELACIONAMENTOS DURADOUROS
Marcial Salaverry

Realmente é possível manter um relacionamento, fazendo com que ele seja mantido em bom clima durante muito tempo, mas na verdade, essa façanha pode-se considerar  como algo mágico,  porque na verdade são tão raros,  que normalmente causa espanto saber que um casal resiste bravamente às intempéries do destino e permanece unido durante muitos anos, chegando às  bodas de prata, de ouro, de jade, e de diamante...

A propósito, li uma frase de autoria de Maria Tereza Maldonado, que dá uma boa idéia do assunto. Vejam só:
"Uma fina trama de alegrias, tristezas, dores e ganhos compõe o tecido dos casamentos duradouros."
É exatamente esse o segredo. Dividir alegrias e ganhos, é fácil para todos. Quando as coisas andam bem, o entendimento é fácil. Mas nem sempre ocorre isso, pois muitas vezes nos bons momentos costuma haver desentendimentos, para decidir a quem cabe os maiores méritos nessa fase boa, e parece incrível falar-se nisso, mas é algo que realmente ocorre,  ou seja discutir-se quem trabalha mais, quem ganha mais, a quem cabem os maiores louros pelos êxitos alcançados.

Ora, se os dois estão juntos, os méritos são de ambos, cada qual fazendo sua parte com um objetivo comum, ou seja o bem estar do casal.  Não há que se discutir quem faz mais, quem faz menos, quem gasta mais, quem gasta menos, o que tem que haver é um entendimento, diálogo e muito respeito.

Assim sendo, se na fase boa podem surgir desavenças, que dizer então das tristezas e dores.  Se o casamento não estiver assentado em bases sólidas, basta surgirem os primeiros problemas para ele ir para o espaço. E é justamente nessas horas que precisa haver um entendimento,  que ambos precisam saber escorar-se.

Dificuldades financeiras causam muitos problemas entre o casal, com discussões sobre a quem cabe a culpa pela situação, mas há que se entender que tanto no sucesso como na perda, ambos podem ser considerados como responsáveis...

Porém, algo que afeta mais, é o desgaste que o tempo de união normalmente provoca nas relações afetivas, com o esfriamento do clima romântico dos primeiros tempos.

Na realidade, não há porque haver esse esfriamento, pois o casal deve sempre procurar manter o clima de romance, uma vez que os anos juntos não impede que se leve flores à esposa, não impede que haja um convite para um jantar fora, para um encontro romântico em um motel, para um presentinho de surpresa, para um carinho diferente, para oferecer uma poesia, que são pequenas atenções que sempre emocionam.

Assim como os anos juntos não impedem que a esposa também faça pequenas surpresas, seja estando sorridente sempre que possível, recebendo-o em casa como o fazia nos tempos de namoro, que esteja disposta para as idéias românticas, enfim, fazendo sua parte para quebrar uma rotina desgastante, algo como um jantarzinho diferente, à luz de velas, enfim,   pequenas surpresas que fugindo do trivial, ajudam a manter o clima, o interesse, algo que lembre o tempo de namoro.

As receitas são variadas, porque cada caso é um caso, e o casal precisa se conhecer bem, para que ambos possam saber o que poderá melhor agradar ao parceiro.  E essas pequenas atenções, pequenas surpresas, ajudam muito a manter um clima saudável num relacionamento longo.

Enfim, crianças, o segredo é basicamente mantido pelo trinomio diálogo, compreensão, respeito. Havendo isso, de ambas as partes, mais um acordo tácito entre ambos, eis aí o grande segredo.  Sejam felizes.

Boas rotinas não devem ser quebradas, então, desejo a todos UM LINDO DIA, mantendo a rotina de sempre...

VENTURA E AVENTURA, QUANDO HÁ VENTURA

VENTURA E AVENTURA, QUANDO HÁ VENTURA
Marcial Salaverry

 
Para ter a ventura
de fazer da vida uma doce aventura,
devemos sempre agradecer ao Amigão,
e faze-lo de coração, 
por nos dar essa grande ventura,
que é essa felicidade de poder viver,
fazendo da vida uma linda aventura,
E se há ventura querida,
vivamos esta linda vida,

que é o que de melhor temos a fazer...

28/11/2017

INESQUECÍVEIS MOMENTOS DE AMOR

INESQUECÍVEIS MOMENTOS DE AMOR
Marcial Salaverry

Momentos vividos ao lado de quem se ama,
ficam para sempre na lembrança...
Momentos tão sonhados,
momentos de amor passados
ao lado de quem amamos,
nos braços de quem desejamos,
são momentos que de verdade
nos trazem toda felicidade,
que mostram como a vida
é linda e tem que ser vivida,
com amor no coração,
trazendo sempre essa doce emoção
que sentimos quando amamos,
quando ao amor nos entregamos.
São esses doces momentos,
que acabam com todos lamentos,
mostrando que é realmente lindo o amor...

Marcial Salaverry

O QUE PODE FAZER CHORAR

O QUE PODE FAZER CHORAR
Marcial Salaverry
 
Existem coisas que podem fazer chorar,
e que precisamos lembrar ou olvidar...
Chorar por uma angústia
Chorar  por  incertezas...
Chorar  de  tristeza...
Chorar por amor...
Chorar por uma dor...
Chorar de decepção...
Chorar por uma emoção...
Chorar pelo encontro...
Chorar pelo desencontro...
Chorar  por não ter tido coragem...
Chorar por ter feito "aquela" viagem...
Chorar por saudade de quem se foi,
e é essa a angústia que faz chorar,
algo ou alguém que não consegue olvidar...
Mas a chegada de quem se esperava,
deixa a dor como coisa passada...


Marcial Salaverry

A EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

Por vezes precisamos falar de coisas tristes também...
Isto aqui é lamentável, mas é corriqueiro...
A exploração do trabalho infantil é algo que
lamentavelmente existe, mostrando que
"o longo braço da Lei", pode ser incrivelmente curto em certos casos...
Osculos e amplexos,
Marcial
TEXTO ESCRITO EM 14/05/2005, e lamentavelmente atual, ainda... ATÉ QUANDO?

A EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL
Marcial Salaverry

É uma verdade muito triste, mas verdadeira, pois o fato é que muito se fala sobre os abusos que são cometidos no que diz respeito ao trabalho infantil em nosso País. Contudo, fala-se muito, e faz-se muito pouco no sentido de coibir tais abusos, o que poderia fazer com que a lei seja cumprida sem restrições, ou seja, o trabalho infantil é proibido, e os infratores devem sofrer as penas da Lei. Mas a Lei, na verdade, é lei, pois as transgressões são cometidas às escancaras, e os infratores confiam plenamente na sua impunibilidade.

A imprensa falada e escrita mostra à exaustão crianças a partir de 3 anos, sendo obrigadas a trabalhar, executando funções que seriam perigosas até para adultos. Parece absurdo, mas é a realidade, pois a TV mostrou-nos crianças nessa faixa etária, quebrando caroços de babaçu, ou descascando mandioca, trabalho executado com facas enormes. Assistir a isso, mesmo pela TV, provocou arrepios, principalmente quando um dos garotos colocou a ponta do facão dentro da boca...(Esse programa foi passado em 05/2005, mas com certeza isso ainda acontece...)

Isso foi mostrado na TV. Quer dizer que os responsáveis não estavam se importando com a gravidade do fato. Sabem que nada se pode fazer, pois os que deveriam ser os executores da Lei, omitem-se. Claro, isso pouco lhes poderá render em forma de votos. Pelo contrário, pois os pais desses menores são coniventes, e são eles os eleitores, e não as crianças.(A desculpa sempre foi, e ainda é "a crise financeira do País...)

Essa vergonha precisa ter um basta. É preciso que a Sociedade, que as Organizações de Amparo ao Menor se mexam, que o povo pare de ver apenas o próprio umbigo, e que pelo menos esse Legislativo de fancaria faça alguma coisa para colocar um ponto final em tais abusos.

Claro que é utopia pensar-se nisso, pois tais fatos se passam no interior, no sertão, longe de nossas vistas, pouco nos afetando.
Mas, vamos olhar para nossas cidades. Vamos olhar para os abusos cometidos contra crianças que são obrigadas por adultos, por seus pais, ou por seja lá quem for, a esmolar, a roubar, a se prostituir nas ruas de qualquer cidade grande de nosso País, e que terminam por se viciar em drogas. Fatos que dispensam comentários, pois vemos isso diariamente. (Algo que acontecisa, e continua acontecendo, e talvez com mais força atualmente...)

E aí, como ficamos? Simplesmente assistindo a tudo isso?  A exploração do trabalho infantil é algo muito sério e que precisa ser fiscalizado para ser executado apenas na idade e em condições que não provoquem tantos danos.

Será que essas pessoas que abusam e exploram essas crianças, tem direito a UM LINDO DIA?

27/11/2017

O QUE PODE SER ENVELHITUDE

Por vezes algo não tem explicação, mas mesmo assim, vamos
explicar o que podemos entender como  "envelhitude"...
E pode ser interessante prestar atenção, para ver se estamos no
"envelhi", ou na "tude"...
Ósculos e amplexos,
Marcial
 
O QUE PODE SER ENVELHITUDE
Marcial Salaverry

Como é possível auxiliar aos autores dos dicionários, podemos dar idéias sobre palavras que podem ser inventadas e incluidas no vocabulário, porque realmente deveriam já estar inseridas nos dicionários, como esta "ENVELHITUDE", e para tentar explicá-la, cito um pensamento do meu amigo L'Inconnu...
"O segredo da perene juventude é ter uma causa a que dedicar uma vida, ao invés de vive-la sem algum objetivo a ser alcançado, obrigando-nos assim a viver, mantendo o espírito vivo e ativo..."
 
Daí, o "envelhitude", ou seja, o envelhecimento físico, provocado pela passagem inexorável do tempo, mas a manutenção da juventude do espírito. Este nunca pode e nem deve envelhecer, e nem tampouco envilecer, e a melhor maneira de conservá-lo jovem é manter-se em alguma atividade, principalmente mental. E a Internet empresta uma colaboração inestimável nesse sentido, pois força seus usuários a manterem-se ativos. Alguns, simplesmente escrevendo bobagens (até para isso é exigido um esforço mental...), outros, procurando atividades humanitárias. Aliás, existem muitas atividades diferentes dentro da Internet, facultando a que cada qual procure o que sentir mais disposição para fazer.
Até bem pouco tempo, nas escolinhas de computação, eram só jovens que lá estavam procurando aprender. Agora o que se vê é um número cada vez maior de idosos se matriculando. Segundo opinião do professor da escolinha onde aprendi os segredos da batucação computadorial, são alunos mais atentos e mais aplicados do que os jovens. Sem qualquer sombra de dúvida, estes novos tempos estão abrindo um leque de opções cada vez maior para a manutenção da envelhitude.
 
É isso aí, amigos do DNA (De Nascimento Antigo), vamos à luta. Sempre procurando manter a atividade, intervalando sabiamente o computador com atividades físicas, pois é mantendo a mente e o corpo em atividade, que poderemos criar o grupo dos "aposenteiros" (aposentados interneteiros).
O negócio é encontrar sua causa, para não se deixar envelhecer totalmente. Basta o físico, que cumpre as regras da natureza, e para atrapalhar esse avanço da idade, vamos bem cuidar da saúde, fazendo sàbiamente TODOS os exames preventivos que forem necessários, para que o tempo corra sem grandes atropelos.


Assim sendo, o importante é mantermos o espírito sempre ativo e lúcido, possibilitando-nos sempre ter UM LINDO DIA, a cada dia que passa...
 

26/11/2017

NADA MELHOR QUE UM SONO REPARADOR,

NADA MELHOR QUE UM SONO REPARADOR,
Marcial Salaverry

Depois de um amor viver,
para o corpo reviver,
nada melhor que um sono reparador,
que seja recuperador,
das forças do amor,
vivido com muito calor...
Ao acordar,
de novo beijar,
para novamente amar...
Para um novo dia,
com mais energia,
acordar e amar,
e certamente concordar
que o amor bem vivido,
e que trouxe o prazer existido,
é o que à vida traz a felicidade
de que temos tanta necessidade...

Marcial Salaverry

PARA QUE PALAVRAS...

PARA QUE PALAVRAS...
Marcial Salaverry

Na hora do desejo,
vozes calam-se com um beijo...
Nada há para se dizer,
tempo apenas para fazer
um doce carinho,
certamente o melhor caminho,
para que haja mais calor
nesse ardente amor...
Certamente faz mais efeito,
e sempre será mais perfeito
do que dizer-se mil palavras...
No amor, vozes se calam,
os amantes não se falam...
Vozes com beijos caladas,
entre carícias apaixonadas...

Marcial Salaverry

UM DESEJO DE AMOR

UM DESEJO DE AMOR
Marcial Salaverry

Deseja-se viver um amor
que à vida traga doce calor...
O desejo é ser o sol
que pode a nuvem aquecer,
e sempre o calor manter,
e assim mantenha no coração
essa gostosa sensação
que dá mais emoção à vida,
deixando-a boa de ser vivida...
Que possa o vento soprar,
e assim possa ajudar
esse amor aos braços chegar...

Marcial Salaverry

ASSIM SE DESEJA QUE SEJA O AMOR

ASSIM SE DESEJA QUE SEJA O AMOR
Marcial Salaverry

Um amor que seja como num sonho vivido,
um amor perfeito para ser bem vivido...
É um sonho que não faz mal,
encontrar um amor que seja real,
mas que seja lindo, um amor verdadeiro,
que seja vivido por inteiro,
sempre entre almas apaixonadas...
Os parceiros se amam,
e por este amor as almas reclamam,
e simplesmente amar é o desejo,
desejando sempre um ardente beijo...
Como aconteceu, de que forma nasceu,
impossível saber, simplesmente aconteceu...
Não adianta tentar compreender,
só resta esse amor, com amor viver,
não se pode deixar algo tão lindo morrer...
Por que deixar esse sentimento fenecer?
Se é um sentir sincero, deve ser vivido...
Se é um amor vivo, palpável, deve ser curtido...
Impossível saber se será eterno,
e deve ser vivido enquanto é terno...
Deve ser vivido intensamente,
inteiramente, plenamente,
vivendo-o enquanto existir,
não devendo deixá-lo fugir...
Se poderá durar uma eternidade,
ou se amanhã deixará saudade...
Como saber? Vamos viver e sua magia sentir,
enquanto esse amor persistir...
Não se pode deixá-lo fenecer,
e assim esse amor em plenitude viver...

Marcial Salaverry



SERÁ APENAS UMA INTUIÇÃO

 
SERÁ APENAS UMA INTUIÇÃO
Marcial Salaverry
 
Por vezes sentimos algo
sem encontrar explicação...
Pode ser nossa alma a nos avisar,
de algo que não sabemos escutar...
É importante saber o que nos diz o coração,
pode ser aquilo que chamamos intuição,
mas também pode ser uma dica de nosso Amigão,
ou então simplesmente um chamado da razão,
algo que deveremos considerar,
um aviso que poderá a vida mudar...


Marcial Salaverry

UM AMOR IMPOSSÍVEL

UM AMOR IMPOSSIVEL
Marcial Salaverry

Existem amores que nascem na alma das pessoas, e que podem enfrentar preconceitos, oposiçóes, e até mesmo ameaças para sobreviver. Pode-se até mesmo pensar em algo como "resgate de vidas passadas". Sabe-se lá...
Juliana vivia um casamento infeliz. Seu marido não lhe dava o carinho prometido antes do casamento, e a maltratava, chegando até a agredi-la fisicamente. Pensou em se separar, mas faltava-lhe coragem para enfrentar os rigores da tradição de sua familia, que sempre considerou o casamento como algo sagrado e imutável. Mesmo ante sua infelicidade, mesmo sabendo dos problemas matrimoniais, sequer concebiam a hipótese de uma separação. Coisa de tempos antigos.
Em seu desespero, Juliana procurou a religião, e ia constantemente à Igreja para confessar-se, pois julgava que seus pensamentos eram pecaminosos, dominada que era por sua familia.
Um jovem seminarista começou a conversar com ela, na ausência do Padre Giacomo. Giulio a ouvia sempre com atenção, e procurava colocar uma luz naquela mente atormentada.
Recebendo algum carinho e atenção pela primeira vez em sua vida, ela começou a se envolver, sentindo-se atraida pelo rapaz, que também não lhe era indiferente.
Começou a brotar em seus corações algo mais que o sentimento religioso. Começou a germinar a semente de um amor, que seus principios condenavam. Tentaram lutar contra, mas parecia que a mão do Destino estava jogando com seus sentimentos.
Não conseguiam ficar sem se ver. Juliana sempre arranjava pretextos para ir à Igreja, e Giulio dava um jeito de sair, e se encontravam onde poderiam beijar-se e entregar-se a carinhos amorosos.
Giulio chegou a pensar em desistir para poder viver com ela, mas ela, presa às convicções familiares, não conseguia "trair" os dogmas, não só da familia, mas também da religião.
Contudo, uma vez em que sofreu a violência de seu marido, foi se consolar com seu amor. Como estavam em um lugar totalmente a sós, não conseguiram resistir aos apelos do sexo, e concretizaram seu amor.
A paixão crescia. Mas, como se fosse algum tipo de castigo, Giulio recebeu uma ordem de transferência para outro seminário, em outro Estado, e bem longe. Talvez para repensar sobre o que estavam fazendo. Para avaliar melhor abandonar tudo para tentar uma vida que seria bem dificil, pois ambos não tem recursos e as familias sequer admitem a hipótese, seja a de Giulio abandonar o seminário, seja a de Juliana separar-se, apesar de sua vida infeliz.
São certos dogmas que resistem ao tempo.
Mas a mudança mais acentuou esse amor impossivel. A distancia serviu como combustível para incendiar mais ainda esses corações atormentados, que buscam todas as maneiras possíveis para ao menos poder falar de amor. E apenas esperam terem condições para poderem finalmente juntar-se e viver esse amor tão louco quanto vibrante.
São coisas da vida, são coisas do amor, esse sentimento que não pede licença para dominar  corações romanticos, que passam uma vida sonhando com amor. Principalmente quando são muito infelizes, como nossa Juliana.
Finalmente, Juliana e Giulio estão apenas contando os dias para que possam se reunir, mesmo sabendo que seu amor é um amor impossivel...

NO FINDAR DO DIA

NO FINDAR DO DIA
Marcial Salaverry
 
No findar do dia, vem a noite,
a hora mais esperada
por uma alma enamorada...
E a noite que o mundo envolve,
e nossa paz devolve,
seja plena de amor e felicidade,

algo de que nossa alma tem necessidade...

Marcial Salaverry

TODOS TEMOS NOSSOS DIREITOS E OBRIGAÇÕES

Vamos falar de algo que diz respeito ao direito à vida...
O entendimento do que seja o direito de ir e vir...
Osculos e amplexos,
Marcial
 
TODOS TEMOS NOSSOS DIREITOS E OBRIGAÇÕES
Marcial Salaverry

Algo que não se pode discutir, é o fato de que todos temos nosso direito de ir e vir, e de dirigir nossa vida conforme nosso livre arbítrio, sempre devendo prevalecer uma das regras mais antigas da vida, ou seja "meu espaço e meus direitos terminam onde começam os seus, e vice versa".

Deveria ser assim, mas não é o que sempre acontece, uma vez que, por exemplo, no sempre problemático relacionamento entre pais e filhos, um dos comentários mais frequentes que escuto,  é a famosa frase: "Não faça isso, ou aquilo.  Eu sei o que é o melhor para você. Faça desta maneira...", o que sem duvida irá mais ainda dificultar o já difícil diálogo intergeracional, porque tal atitude certamente estará bitolando a personalidade do jovem, não deixando que ele escolha seu caminho, conforme seu livre arbítrio.

Quem age dessa maneira, esquece-se de que não se deve determinar o caminho a ser seguido, pode-se, quando muito, indicar qual poderia ser o melhor caminho a ser seguido.  Isso se a pessoa desejar receber informações.  Deve-se dar a chance de errar, e a esse respeito, gostaria de comentar sobre um pensamento de Paulo Coelho, que diz:  "Quem interfere no destino dos outros, nunca descobrirá o seu..."

Isto vem muito a calhar para algumas pessoas que conheço, que se preocupam por demais em procurar "o que é bom para você", ou seja, só querem atender às necessidades dos outros, cuidam mais da vida de parentes ou amigos, sejam filhos, irmãos, sobrinhos, do que da própria, e assim, na maioria das vezes atrapalham a existência das "vítimas" com esses cuidados excessivos, e não conseguem viver a própria vida, e tampouco as deixam viver em paz, conforme sua vontade, cometendo erros e acertos, por sua própria conta e risco.

Não quero dizer que SÓ devemos nos preocupar conosco.  Isso já seria uma espécie de egoísmo, fechar os olhos para os problemas alheios.  O que não podemos permitir, é que a vida de terceiros se sobreponha à nossa. Temos que nos manter sempre em condições de poder socorrer a quem necessite de uma real ajuda.  E só poderemos fazê-lo, se estivermos bem conosco. E se nossa ajuda for solicitada e necessária.

Por uma questão de solidariedade, de humanidade, devemos estar atentos ao que se passa à nossa volta.  Devemos atender às necessidades de outrem, quando nos for possível,  pois se sacrificarmos nossa existência em benefício de outros, não só deixaremos de viver, como impediremos que outros aprendam a viver, e o grande  segredo da diferença está no meio termo, no equilíbrio de atitudes.  No emprego correto da famosa frase "é melhor ensinar a pescar, do que já dar o peixe pronto para ser comido." 

Muitos talvez discordem desta maneira de encarar a vida, por achar que sempre devem dar tudo de si para facilitar a vida dos filhos (por exemplo).  Aí, quando for embora, como vai ficar a vida deles? Vão se sentir perdidos sem aquele guia que os levava pela mão, ao invés de ensinar-lhes o caminho, uma vez que estão acostumados a comer o peixe, mas não sabem pescar, ou mesmo preparar a comida, por sempre terem seu caminho facilitado...

Além do mais, existe uma grande verdade: antes de distribuir amor aos outros, aprenda a amar-se.  Se você conseguir SE amar, poderá saber discernir se o que você espalha é realmente AMOR, ou apenas facilidades, se apenas são mimos, tentando evitar que os outros sofram, ou melhor que aprendam a errar e acertar por si próprios.
Ora, no sofrimento, na dor, é que realmente aprendemos a dar valor aos bons momentos.  Se nos for tirado o direito de errar, de sofrer, de sentir dor, como é que vamos saber que esses sentimentos existem? Como poderemos aprender a evitá-los? Isso só a vida ensina. E é algo que deve ser permitido a todos: APRENDER A VIVER ÀS PROPRIAS CUSTAS. 

Só para terminar.  Quando tiverem que lidar com alguém de quem não gostam, aí vai uma pequena sugestão: Antes de qualquer atitude de rejeição, pensem "o que eu faria se gostasse dele?".  Sabem que funciona, uma vez que muitas vezes, por uma antipatia pessoal (às vezes inexplicável), deixamos de socorrer alguém que está no sufoco, e existem certas horas em que desavenças pessoais devem ser esquecidas.  Em certos momentos não existem amigos ou inimigos.  Imaginem-se na situação inversa, e analisem que atitude gostariam de receber.

Bem crianças, deixando-os nessa dúvida cruel, sugiro: TENHAM UM LINDO DIA. VIVAM E DEIXEM VIVER. SEJAM FELIZES. Quem não quiser me atender, paciencia,  que faça como melhor o desejar, mas a sugestão está dada.
E CLARO, UM LINDO DIA, POIS É ALGO QUE NÃO FAZ MAL A NINGUÉM...

25/11/2017

MULHER MADURA, MULHER DE VERDADE

 
MULHER MADURA, MULHER DE VERDADE
Marcial Salaverry

Mulher madura, na realidade,
é a real mulher de verdade, uma autentica Walkyria dos tempos modernos...
É aquela mulher que tem muitas coisas vividas,
alegrias e dores sentidas, boas e más lembranças tidas e havidas, e que na cabeça, tem ideais, idéias e pensamentos, e que leva na alma formosos sentimentos...
Com certeza, é uma mulher muito especial, muito sincera na exposição de seu sentir, e que assim sendo, se ama, não nega, não tem porque fingir, pois tem na alma a pureza de seu sentir.
É uma mulher madura, sempre sentimental, que certamente no amor, não quer se dar mal, quer viver um amor real, sincero, em plenitude.
Por ser uma mulher de muita sensibilidade, não gosta de falar na idade, eis que seu espírito jovem, não sente disso necessidade...
Por ser verdadeira, quando ama, ama de verdade, e na realidade não sabe amar pela metade.
Como muito já amou na vida e foi amada, não entende que a vida possa ser desperdiçada...
Por ser alguém que tem apetite de viver, não quer mais sofrer, e destarte, quer sinceridade de sua parceria, ela na verdade, quando quer amar, ama de verdade,
e seu amor ao mundo proclama...
Assim sendo, quem quiser seu amor conquistar, tem que saber muito a amar...
Essa mulher é você, mulher madura, mulher cuja lembrança sempre perdura...
Mulher madura, mulher de verdade,
quem a souber amar, terá felicidade...
Mas cuidado, saiba amá-la como ela merece ser amada...
Saiba faze-la feliz, e certamente o será também...


Marcial Salaverry

MEDITANDO APÓS UM ADEUS


MEDITANDO APÓS UM ADEUS
Marcial Salaverry
 
Muitas vezes, após algo terminar,
vem aquela vontade de voltar...
Buscando entender
porque decidi partir,
e agora sem rumo a seguir...
Talvez esteja a me esperar,
mas não posso acreditar
que ainda possas me desejar...
Na hora, fui rude, não soube conversar,
e agora penso em te chamar,
embora sem coragem para poder voltar...
Não sei como irás me tratar...
Será que me vais deixar para tua vida voltar?
Vou te telefonar, esperando que não vá desligar...
A verdade é que nesta nossa despedida,
ficou um pouco de minha vida,
ficou minha ilusão perdida,
ficou tua imagem, jamais esquecida...
Vi tuas lágrimas a rolar,
com aquele triste acenar...
Desejo voltar, pois nunca deixarei de te amar...
Certas atitudes irrefletidas, podem mudar vidas,
e o arrependimento sempre trará lamento...


 

SE O TEMA É AMIZADE, NÃO TEMA

Vamos fazer algo pela amizade,
pois em nome da amizade,
tudo sempre vale a pena tentar...
 Algo que jamais podemos esquecer, é de cultivar
e bem cuidar de sinceras amizades...
Ósculos e amplexos,
Marcial
SE O TEMA É AMIZADE, NÃO TEMA
Marcial Salaverry

Sempre é bom lembrar que amizade não é um tema a ser temido, uma vez que, por mais louco que nosso mundo esteja, e seus habitantes também, amizade sempre será algo a ser considerado, pois é algo muito necessário para nosso bem estar. Aliás, amizade é algo essencial para um viver mais feliz. Chega a ser mais importante do que um amor, embora um amor com amizade seja o que de melhor podemos ter na vida.

A respeito, vejam a sabedoria deste provérbio chinês:
"Difícil é ganhar um amigo em uma hora; fácil é ofendê-lo em um minuto". 
Realmente é uma grande verdade, pois para se conseguir ganhar a confiança de uma pessoa, a ponto de ela poder chamá-lo de amigo, você tem que  mostrar, por A+B que merece ser assim chamado, pois a amizade é um conjunto de coisas que ligam duas ou mais pessoas, sem que hajam interêsses outros de permeio.  Depois que ela se instala, você começa a se interessar pelas coisas do amigo (a), descobrindo que existe sempre algo em comum, seja na maneira de pensar, seja na de agir.  Se não houver uma espécie de comunhão de idéias e/ou ideais,  fica mais difícil surgir a amizade, pois é através dessa comunhão, que um sempre terá algo a dizer para o outro, fazendo nascer o diálogo, algo imprescindível para a amizade se solidifique.

Agora, para que essa amizade se reduza a pó, não é muito difícil, pois muitas vezes, ainda que inconscientemente, dizemos alguma coisa que fere alguém.  Quantas vezes, sem a mínima intenção de ofender, ofendemos algum amigo. Nesses casos, quase sempre o que falta é comunicação.  Quantas vezes alguém se sente magoado com algo que você disse (e vice-versa) e não procura um esclarecimento para tal atitude.  Limita-se a afastar-se do já chamado ex-amigo.  Por outro lado o, digamos, ofensor também tem a mesma atitude, pensando:" pô... não fiz nada, e ele se afastou ? Bem... se prefere assim, assim seja. " E por uma bobagem não devidamente explicada, terminam-se muitas amizades, bem como muitos romances. Tudo causado pela falta de um diálogo esclarecedor.

Crianças, aprendam a comunicar-se mais.  Não sejam como as ostras que, quando irritadas, se fecham em suas cascas.  Se por acaso alguém, algum amigo lhe magoou, procure comunicar-se, abra seu coração, e possivelmente você terá surprêsas agradáveis.  Você poderá saber que esse amigo não teve a mínima intenção de ofender, e se o fez, fê-lo involuntariamente.  E, claro, sabendo do porquê de seu silêncio, de seu afastamento, evitará incorrer no mesmo erro.  Vai daí que, tudo como dantes no quartel de Abrantes, a amizade poderá ser recuperada, e voltar ao mesmo nível anterior.  A comunicação, meus amigos, é a melhor maneira de se dirimir dúvidas.  Concorda?  Ou sem corda?

E assim com um bom entendimento é perfeitamente possível fazer de cada dia, sempre uma sucessão de LINDOS DIAS...

24/11/2017

EL HOMBRE QUE SABE AMAR


El hombre que sabe amar,
  sabe decirlo a su amada,
y sabe hacerlo con amor...-

EL HOMBRE QUE SABE AMAR
Marcial Salaverry

El hombre que sabe amar,
no tiene verguenza de decir: TE QUIERO...
El hombre que sabe amar,
solamente es feliz,
cuando hace feliz a la mujer que ama...
El hombre enamorado
siempre desea estar cerca de la mujer amada,
es muy triste cuando están alejados,
pero siempre por el pensamiento ligados...
Con la fuerza del amor,
pueden sentirse juntos aúnque lejos...
Sienten la presencia de la mujer amada,
como si ella estuviera a su lado.
Sienten los besos y el cariño...
Sienten el corazón latir apasionado...

Marcial Salaverry

DIAS FELIZES

 
DIAS FELIZES
Marcial Salaverry
 
Em dias
felizes
ficaram
alegrias,
pelo
amor
vivido
nesses
dias...


Marcial Salaverry

O VERÃO ESTÁ NO AR


O VERÃO ESTÁ NO AR
Marcial Salaverry

O Verão com seu calor, está no ar,
sempre nos estimulando a amar,
despertando nosso melhor sentimento...
E, neste momento,
a todos desejando felicidade,
carinho e muito amor,
sabendo usar nossa energia interior,
para a todos transmitir
nosso melhor bem querer,
neste lindo e quente dia de Verão,
aquecendo o coração,
estimulando-nos a amar...

OS VERDADEIROS "ANJOS DOS CORREDORES"


Enfermeiras, enfermeiros, recebam esta homenagem, pois juntamente com bombeiros, são os heróis anonimos mais importantes que existem...
Este é um tema que sempre vale a pena reprisar, para lembrar que enfermeiras que praticam maldades com animais ou contra pessoas, são uma desonrosa exceção à regra de uma classe que só merece aplausos e muitos agradecimentos...
Osculos e amplexos,
Marcial
OS VERDADEIROS "ANJOS DOS CORREDORES"
Marcial Salaverry

Com plena e total certeza, existem profissões que são exercidas por vocação.  Aqueles que a ela se dedicam, tem que sentir em seu interior um chamado especial, pois exigirá uma grande dedicação, um total espírito de renúncia, um eterno despojar de sua vontade pessoal.

Sempre exigirá daquele que a exercer, uma disposição para o que para muitos poderá ser considerado enorme sacrifício, mas que para eles será apenas sua realização pessoal, pois estarão apenas cumprindo uma missão que receberam de Alguém lá de cima.

Uma dessas profissões, e sem dúvida a mais sacrificante, é a ENFERMAGEM.

Não é à toa que enfermeiras e enfermeiros são conhecidos como "os anjos dos corredores".

E há que se notar que seu trabalho é quase anônimo.  Poucos pacientes que tiveram suas vidas salvas por uma ação rápida e eficiente, irão se lembrar mais tarde do nome desse "anjo" que o salvou.  Mas não é isso que conta, mas sim, a satisfação de seu dever cumprido.

São responsáveis quase diretos pela vida daqueles que estão sob seus cuidados.  De sua eficiência e competência, e mais ainda, de seu senso de dever, dependem muitas vidas.
Basta um pequeno descuido, uma desatenção qualquer, e uma vida poderá ser perdida.

Por essa razão, a enfermagem pode ser considerada como um sacerdócio, exigindo uma vocação natural para o sacrifício.
Quando de plantão, esquecem-se de suas famílias e lares, vivendo apenas para o bem estar dos pacientes.  Quando no recesso de seu lar, quantas vezes são chamados para socorrer algum vizinho, ou para ajudar em algum acidente. E sempre estão dispostos para largar tudo e acudir quem deles estiver necessitando.

Por vezes auxiliam os médicos em seu diagnóstico, pois mercê de seu contato constante com os pacientes, chegam a conhecer melhor suas reações do que os médicos, mas tem que ter muita sensibilidade para "dar seus palpites", para não ferir a suscetibilidade dos doutores, que sempre sabem escutar a opinião de sua equipe de confiança.

O médico sabe que o critério na composição de sua equipe vai ser responsável por grande parcela de seu êxito profissional, principalmente os cirurgiões. Daí, pode se avaliar a grande responsabilidade que sempre irá recair sobre a equipe de enfermagem.

Uma recomendação a todos aqueles que querem se dedicar a esta profissão, é que devem examinar  bem sua consciência, e vejam se estão dispostos a encarar essa pedreira.  Descubram em seu interior se está bem acesa essa chama que nunca poderá se apagar.  Mas, dentro desse espírito amadoristico, não poderão deixar de ser profissionais, pois um envolvimento maior com os pacientes, poderá causar-lhes muitos sofrimentos em alguns casos fatais.

A vocês, queridos enfermeiros e enfermeiras, autênticos "anjos dos corredores", dedico um cumprimento especial, e, juntando as mãos, inicio um demorado aplauso, esperando que vocês encontrem sua felicidade e realização pessoal.

Não podemos nos esquecer de que a qualquer momento de nossa vida poderemos precisar da dedicação e competencia de algum ou alguns desses "anjos dos corredores", e assim, sempre deveremos ter um pensamento de carinho para todos, sem exceção...

Parabéns a vocês, que se dedicam a tão nobre missão.

Precisamos dar mais valor e ter um melhor reconhecimento para esses valorosos profissionais, que sempre terão um espírito muito amador, e a eles e elas, e a todos nós, desejo UM LINDO DIA, esperando que os dias futuros assim o sejam...

23/11/2017

LATE CORAZÓN

LATE CORAZÓN
Marcial Salaverry

En el latido del corazón,
sentimos nuestra emoción...
Late corazón,
Muestra que no es engañador,
que no hace apenas sentir dolor...
El dolor por no tener
Aquella presencia,
Puede  dejarte
Sin saber lo que hacer...
Un amor ausente,
basta vivenciar,
Basta acceptarlo
como el te llegará...
Lo importante es saber amar,
Y jamás  desesperarse...

Marcial Salaverry

AMOR É REALMENTE ALGO MUITO BOM

Vamos conferir porque "Amar é muito bom..."
     
AMOR É REALMENTE ALGO MUITO BOM
Marcial Salaverry

O amor realmente é muito bom,
pois nos faz rejuvenescer,
nos faz quase renascer...
Assim, amar é viver...
Amar é ter prazer...
Amar, é saber...
Amar é aprender
que graça a vida pode ter...
Amar é sorrir sem do que saber...
Amar é sentir o sangue nas veias correr...
Amar é sempre tudo compreender...
Amar é sentir mais forte o coração bater...
Amar é saber sempre entender,
que erros podem acontecer...
Amar é saber perdoar e compreender...
Amar é saber sorrir mesmo quando sofrer...
Amar é para os braços da amada correr,
quando ao longe seu vulto ver...
Amar, enfim, é mais feliz permanecer...
Amar, sendo amado é a razão de se viver...

Marcial Salaverry  

DESCOBRINDO A SEXUALIDADE NO AMOR

Sexualidade, sensualidade, paixão, desejo, amor...
Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa...
Separar as coisas, sempre será uma coisa...
Coisa boa é entender e saber fazer esta coisa toda...
Osculos e amplexos,
Marcial
DESCOBRINDO A SEXUALIDADE NO AMOR
Marcial Salaverry

Com toda certeza, um tema que deve ser abordado com toda a seriedade, é falar a respeito da sexualidade no amor, e da necessidade de bem descobrir causas e efeitos. Tudo o que se fala sobre amor, sobre amizade, sobre carinho, tem que ser bem pesado, pois apesar da evolução dos tempos modernos, o sexo ainda é encarado como algo a ser escondido. Aliás, há bem pouco tempo atrás era considerado pecaminoso, e as pessoas, principalmente as mulheres, jamais recebiam qualquer instrução a esse respeito, e só travavam conhecimento com o assunto quando o praticavam e apenas guiadas pelo instinto natural. Muitas vezes, sequer sabiam o estavam fazendo. Só sabiam que era bom e gostoso.
Felizmente as coisas mudaram, mas nem tanto. Ainda existem muitos tabus a serem analisados sobre o assunto. Inicialmente, uma questão: O que é o sexo? O que tem a ver com o amor? Vamos procurar descobrir essa coisa, e sua importancia em nossa vida.
Genericamente, sexo é a parte do corpo humano que indica se o nenê é "O" ou "A".
Depois, com o passar do tempo é que vão se descobrindo as diferenças, e também o que se pode fazer, entendendo para que serve. E a coisa começa a ficar interessante, e perigosa, porque o sexo praticado aleatoriamente pode acarretar alguns problemas...
Existe uma grande diferença de conceitos sobre o ato sexual. A primeira das quais é aquela que mais está em voga. Quando alguém vai praticar o saudável esporte do coito, diz que "vai fazer amor". Será que o amor "pode ser feito?".
Ora, aí já existe uma tremenda incoerência. Pois ao praticar o sexo não se "faz amor". Pode-se fazer crianças, se não forem tomados os devidos cuidados. O amor pode levar a fazer ou a praticar o ato sexual, mas não é feito por ele. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa... Vamos entender essa coisa...
O amor surge dentro das pessoas, nasce muitas vezes sem ser chamado. Da mesma maneira que os entregadores de gás tocam a campainha sem terem sido chamados, ele muitas vezes vem e se instala, sem dizer o porque. E pode levar as pessoas a praticar sexo.
Mas nem sempre é o amor o responsável pelo sexo. Tanto pode-se amar sem fazê-lo, como se pode (e com muito mais frequencia), fazê-lo sem amor.
Duas pessoas se conhecem (atualmente já se explica assim, pois a prática do sexo já não exige mais que os participantes sejam de sexos diferentes). Sentem-se atraídas. Sentem desejo uma pela outra. Isso não quer dizer que se amem.
Desejam-se. O desejo é uma atração carnal, material, enquanto o amor é etéreo.
Resolvem satisfazer seus desejos e o fazem através do ato sexual.
Muitas vezes o desejo era apenas uma curiosidade de conhecer como seria o sexo com "aquela" pessoa. Satisfeita a curiosidade, um abraço. Cada qual segue seu caminho, com o tradicional "foi bom enquanto durou".
O sexo, basicamente é uma necessidade física que a maioria das pessoas tem. Tanto é que, em casos de carência, apela-se para as (os) "profissionais do sexo" que sempre estão de plantão.
Muitas vezes, é uma simples explosão de momento. Por um motivo qualquer sentiram-se atraídos e resolveram partir para a aventura, embora sem qualquer perspectiva futura. Apenas para satisfazer um desejo ou mesmo suprir uma necessidade. Não existe razão que explique isso. O porque de sentir esse desejo de transar com determinada pessoa, não tem muita explicação, e nem é o caso de buscá-la. O desejo veio, e deve ser satisfeito, embora não exista amor. Existe desejo. E esse é o requisito necessário para o sexo. Sem desejo, fica algo mecânico, sem graça. Havendo o desejo ele é extremamente prazeroso. Claro fica mais ainda quando há o amor. Muitas vezes, pessoas que se odeiam, se desejam apesar dessa antipatia pessoal, por mais paradoxal que pareça. O desejo sexual é um sentimento totalmente desvinculado de qualquer outro.
O amor pode ser uma consequencia de um sexo gostoso. Ambos, entendendo-se na cama, PODEM vir a se amar. Não é uma garantia. Nem sempre um sexo apaixonado e sensacional indica que se amem. Indicam que se desejam. E o desejo pode terminar um dia.
O que faz o sexo perdurar é o amor e não a paixão.
O amor vem com a convivência. O amor resiste ao tempo. O amor resiste às distâncias. O amor pode surgir mesmo à distância, sem o conhecimento físico, quando há uma atração de almas. O amor resiste às intempéries da vida. O amor resiste até à falta de sexo.
Enquanto que o desejo, a paixão, só resistem até serem satisfeitos, até matar a curiosidade de como será o sexo com essa pessoa.
Cada pessoa encara isso de uma maneira diferente. Portanto, não existe verdade absoluta a esse respeito.
Onde muita gente concorda, é que sexo é bom, que amor é ótimo. Separados vivem e existem. Juntá-los é o sonho de todos.
E com esse pensamento, desejo a todos UM LINDO DIA, e desejo que se repita nos dias que estão por vir...