FASCINANTE

18/01/2018

APENAS UM CASO DE AMOR


APENAS UM CASO DE AMOR
Marcial Salaverry
 
Um caso de amor apenas,
pode ser um caso em que há penas...
Um amor, para ser um caso,
não pode ser nascido ao acaso,
e nem estar em seu ocaso...
Pode ser caso sério,
se for um caso levado a sério...
Claro, teve uma causa,
e um caso houve por essa causa...
Não foi casualidade,
por não ter vindo em casual idade...
E se houver algum caso,
por causa desse caso,
não será totalmente por acaso
que o caso causador,
possa em alguém causar dor...
Não pode haver descaso
para se ter um caso,
e nem se deve ter dez casos,
pois apenas um escasso caso,
acaba sendo um ex-caso,
se acaso por criar caso,
vire um caso de polícia...
Fica a dúvida, nesse caso,
entre manter um casamento,
ou então um caso amante...
 
Marcial Salaverry

SORRIA PARA UM BOM DIA

SORRIA PARA UM BOM DIA
Marcial Salaverry
 
A vida é uma beleza,
nela não cabe a tristeza...
Sorria, e alegre seu dia...
Sempre um lindo pensar,
para um lindo dia desfrutar,
da maneira que mais gostar...
Se quer ter um Bom Dia...

Faça sua parte... SORRIA...

AS BELEZAS DA VIDA

Uma verdade indesmentível,
é que a vida será sempre bela,
pelo menos enquanto estivermos vivos,
e a soubermos viver...
Osculos e amplexos,
Marcial
AS BELEZAS DA VIDA
Marcial Salaverry

Se soubermos bem vive-la, certamente a vida poderá ser realmente sempre bela enquanto estivermos vivos, e assim sendo  devemos bem curti-la, sempre saudando com alegria cada dia que vemos nascer, uma vez que sempre nascemos junto com o dia.

Contudo, existem criaturas que vivem se queixando da vida, e a mínima contrariedade é recebida com revolta e reclamações.  Essas pessoas dificilmente conseguem ser felizes, por não saberem viver a vida em sua plenitude, pois reclamam tanto, que não tem tempo para sentir a felicidade, para sentir as coisas boas da vida.

Existem acontecimentos nefastos, mas mesmo apesar das crises financeiras, apesar das rebeliões em presídios, apesar das ações terroristas, apesar de gripes e resfriados, apesar de eventuais epidemias e endemias, apesar da epidemia de propinas e de corrupção, podemos constatar que a vida é bela, mesmo se considerarmos certas ações de nossos politicos e aqueles que se intitulam líderes neste País, e que afinal, foi o povo mesmo que os colocou lá, por não saber escolher.

Se o futebol dá tristeza, vamos assistir o vôlei, natação, basquete, judô... Não temos mais o Senna, nem o Guga? Temos os nossos nadadores, judocas e atletas que seguem nos dando alegrias... E até o basquete que estava moribundo, parece que está voltando a respirar... E isso sem falar nos heróis dos tempos modernos, nossos fantásticos paratletas, que estão entre os melhores do mundo.

Não está chovendo? Vamos curtir uma praia ou um passeio no campo... Está chovendo? Vamos curtir um cinema.  Está calor? Vamos tomar uma cerveja... Está frio? Vamos tomar um vinho... Enfim, com ou sem problemas, vamos viver.    Saibamos viver, saibamos aproveitar o fato de estarmos vivos.

Para comprovar que isso é verdade, saibam observar um nascer ou um por do sol, a beleza das ondas quebrando na praia, o canto dos passarinhos, a beleza de uma flor. E que tal o verde das matas?  E aquele por do sol especial que vemos nas regiões serranas? E o luar? E o brilho das estrelas? E a chuva gotejando no telhado para embalar o sono?

Também existem outras maravilhas que não são da natureza, tais como as obras de arte, as poesias, os contos, que nos são proporcionadas por artistas de alma sensível que procuram embelezar nossa vida com seu imenso talento.  Pintores, escultores, poetas, escritores, artistas de circo, teatro e televisão, nos brindam com sua arte. Aproveitemos esse brinde, e façamos um brinde à vida...

Nunca podemos nos esquecer de que devemos mesmo agradecer quando tivermos que enfrentar problemas, quando tivermos que superar dificuldades.  Na realidade temos que encarar a adversidade como um teste para provar nossa capacidade de superação, justificando o fato de estarmos desfrutando esta vida que nos concedida pelo nosso Amigão...

Claro que tudo ficaria mais fácil se nosso caminho fosse sempre aplainado, se não tivéssemos que enfrentar dificuldades.  Mas, que mérito teríamos? A justificativa de nossa presença no mundo, é justamente essa capacidade de abrir nosso caminho, de saber como passar os obstáculos, de sabermos superar adversidades e vivenciar vitórias.

Não podemos fugir dos problemas.  Temos, sim, que saber enfrentá-los.  Exemplificando, temos o que ocorre quando surge uma montanha no traçado de uma estrada.  Existem três caminhos, quais sejam: desistir pura e simplesmente de nosso objetivo, e deixar pelo caminho todo o esforço que nos levou até lá, o segundo, que é enfrentar o problema, e cavar um túnel pela montanha e o terceiro, que é contornar a montanha, se verificarmos que ela é realmente intransponível. 

Essa terceira atitude reflete nossa ponderação pois, ao encontrarmos em nossa vida obstáculos que nos pareçam intransponíveis, e se não quisermos perder todo o esforço que nos levou até aquele ponto, temos que estudar maneiras de vencer o problema.  É aí que mostramos nossa real capacidade de  vida.  Ao conseguirmos improvisar uma saída, provamos a nós mesmos do que somos capazes.

Enquanto isso, aproveitemos para curtir tudo o que de bom a vida nos oferece e que, convenhamos, não é pouco, até mesmo para paladares mais exigentes.

Que tal sentar em um banco de jardim e curtir um lindo por do sol? Que tal num dia de chuva, colocar um CD de música suave e curtir uma tarde preguiçosa? Que tal ter um emprego, e poder trabalhar para ter do que descansar depois? Que tal acertar na MegaSena, e ficar coçando o ... dedão o resto da vida?

Então crianças, é difícil viver a vida? É só saber aproveitar aquilo que está a nosso alcance.  Ter objetivos e lutar por eles.  O mais importante contudo, é o perfeito conhecimento de nossas possibilidades e saber até onde poderemos chegar. Lutar por objetivos inalcançáveis é muito problemático. 

Procurem não fazer da vida um tormento, para evitar o incomodo stress, e curtam, principalmente a Natureza, que é o melhor calmante que existe, sempre tendo assim condições para viver mais UM LINDO DIA, e melhor ainda, repetindo essa lindo dia, a cada dia de nossa vida...

17/01/2018

ALGO REALMENTE É PRECISO FAZER

ALGO REALMENTE É PRECISO FAZER
Marcial Salaverry
 
Existem coisas que realmente é preciso fazer,
para que a vida não venha a se perder...
É preciso que se ensine a arte de amar,
para ver se conseguimos este mundo melhorar...
Quem sabe, se a todos pudermos ensinar,
e se os conseguirmos conscientizar,
de como é bom amar e brincar de poetar,
conseguiremos diminuir um pouco essa violência
que tanto nos assusta e acaba com nossa paciência...
É preciso que todos aprendam a não causar sofrimentos,
para que não se ouçam tantos lamentos...
E assim, com amor e amizade imperando,

talvez o mundo vá melhorando...
É preciso aprender a olhar nosso vizinho,
seja do lado ou distante, com um pouco mais de carinho,
e talvez seja esse o caminho...
Aprender a cultivar uma sincera amizade,
podendo sentir a grande felicidade
que daremos a nosso entristecido coração,
podendo sentir a tão quente e gostosa emoção
de despertar pela manhã com um sorriso na alma,
sabendo que existe lá fora uma paz que acalma...
Seja no transito, ou no elevador,
vamos cultivar o amor...
É preciso procurarmos desenvolver a Paz,
pois só assim o mundo será capaz,
de poder viver em paz...
É preciso diminuir as intrigas,
acabando assim com a origem das brigas...
É preciso que se aprenda a estender a mão
oferecendo e recebendo um aperto, de coração...
É preciso, e realmente muito importante,
que se aprenda a amar bastante...
Vivemos num mundo global,
e não devemos nos odiar ou querer mal...
Tudo, seja o bem ou o mal, é como uma avalanche...
Começando, não há o que a desmanche...
Então, formemos uma bola de neve de amizade,
iniciando assim uma avalanche de felicidade...

AMIZADE COMO DEVE SER

Espalhar amizade é a mais nobre missão
a que podemos nos dedicar...
E com essa ideia, venho deixar meu abraço fraternopoetico
para minhas queridas crianças...
AMIZADE COMO DEVE SER
Marcial Salaverry

A amizade é um sentimento que sempre deve ser considerado.
Poderemos viver sem ter um amor, mas será muito mais difícil prosseguir vivendo, se não tivermos nenhuma amizade, que sempre poderá nos auxiliar, aliviando uma eventual solidão. Não há tristeza que resista a uma boa companhia. E nas alegrias então?  Que graça tem em se comemorar uma vitória sozinho? Temos que dividir com alguém.
Meu amigo L'Inconnu deixou uma mensagem sensacional sobre amizade:
"Amigo é aquele presente que Deus nos dá, para ouvir e aliviar nossas dores.  Portanto, sejamos recíprocos. Para ter um amigo, precisamos ser amigo."Reciprocidade é o segredo.  O que queremos para nós, precisamos dar também..."

Marcial Salaverry

RECORDANDO DOCES MOMENTOS

 



RECORDANDO DOCES MOMENTOS
Marcial Salaverry
 
Para olvidar lamentos,
recordamos doces momentos...
Momentos de amor lembrados,
foram momentos apaixonados...
Momentos que jamais serão esquecidos,
momentos de intenso amor vividos...
Momentos que aqueceram o coração,
momentos de doce emoção...
Momentos vividos com felicidade,
cuja lembrança aplaca a saudade...
Momentos vividos lindamente
ao lado de alguém que se ama totalmente...

PARA VIVER UM AMOR DE VERDADE


Amar todos amam... Saber amar, já é outro papo... Nem todos sabem...
Parece simples, mas não o é.  Vamos aprender a amar?
Osculos e amplexos,
Marcial

PARA VIVER UM AMOR DE VERDADE
Marcial Salaverry

Numa quase opinião geral, amar é algo que parece ser fácil, e realmente pode ser muito fácil amar, pois basta querer bem àquele alguém de quem gostamos, e se alguém nos amar também, fica mesmo bom demais. Mas, será que amar de verdade é apenas esse querer bem? Como poderemos saber o que é preciso para viver um amor de verdade, e bem vivido...

Por vezes, temos a satisfação de ler certos artigos que nos induzem à reflexão, por mostrar coisas que saltam aos olhos, mas que nem sempre observamos.

Existe uma "Historia Judaica", acredito que de autoria do escritor Paulo Coelho, que fala de uma conversa do rabino com seus discípulos, contando que havia descoberto como amar ao próximo. Dizia ele haver surpreendido um diálogo entre uma senhora e seu filho:
"Você me ama?" O filho disse que sim. Então Esther insistiu:
"Você sabe o que me faz sofrer?"
"Não tenho a menor idéia", respondeu o filho.
"Como pode me amar, se não sabe o que me faz sofrer? Procure descobrir rápido todas as coisas que me deixam infeliz, pois só assim seu amor será impecável".

Certamente há uma grande e indesmentível verdade por trás dessa parábola,  que nos traz uma conclusão interessante, ou seja, de que o verdadeiro amor é aquele que consegue evitar sofrimentos desnecessários, e não aquele em que apenas procuramos brindar nosso amor com o que ela gosta, sem contudo saber como evitar o que a faz sofrer, e que muitas vezes são pequenas atitudes, pequenos detalhes que nos passam despercebidos, mas que causam tristeza a quem amamos, coisas que nem sempre fazemos, pois quando amamos alguém, normalmente procuramos saber o que poderemos fazer para agradá-la, atendendo-a nas coisas que poderão lhe dar prazer, e acreditamos ser essa a maneira normal de se demonstrar amor, ou seja, fazer tudo que sabemos que ela aprecia, para vê-la sempre feliz.

Esquecemo-nos porém, de procurar saber o que poderá fazê-la infeliz, ou seja, as coisas que a desagradam, para evitar certas atitudes que vão torná-la infeliz, ou que, pelo menos irão toldar essa felicidade, e deixá-la menos feliz do que ela poderia ser, se estivessemos bem a par do que não deveriamos fazer, entendendo que tão importante quanto procurar agradar, o fato de não desagradar deve ser muito bem observado...

Quando compramos um presente, por exemplo, devemos procurar saber se realmente vai ser de seu agrado. Quantos presente caros ficam jogados dentro de gavetas, porque aquela coisa tão linda que compramos não é do agrado do presenteado, e assim, por atitudes erradas que tomamos, é que ocorrem os piores contratempos.

Amamos um alguém que nos ama também. Claro que sempre iremos procurar nos agradar mutuamente, fazer tudo que sabemos que trará satisfação. Esquecemo-nos, contudo, de procurar saber o que poderá desagradar, não evitando certas atitudes que irão causar aborrecimentos.

Por exemplo, um casal cujo marido adora futebol, mas a esposa não suporta "ver aqueles 22 idiotas correndo atrás de uma bola". Seguindo sua opinião, porque não compram uma bola para cada um e solucionam o problema, (o que não deixa de ter sua lógica...) Ele não sabe de sua ojeriza, e ela não sabe que ele odeia as novelas que ela adora (às vezes é o contrário... é ela que gosta de futebol...). Não procuraram conversar sobre as coisas de que um gostava e o outro não. E está criada uma área de atrito. Na maioria dos casos a situação perdura durante anos, sempre as mágoas recolhidas, até que, sem mais aquela, a represa estoura e tudo aquilo vem a tona. Geralmente essas discussões são fatais e nunca acabam bem, pois são mágoas que ficaram sendo curtidas por muitos anos. Quando explodem, é algo como um tsunami varrendo uma praia...

As pessoas deveriam sempre ter um diálogo prévio, procurando acertar arestas, tentando colocar em evidência sempre aquilo de que não gostamos, mais do que aquilo que nos agrada. Parece ser uma atitude antipática, mas é melhor descobrir-se logo quais são as "desafinidades" porventura existentes, para tentar desde o início um acerto. As afinidades serão descobertas com a convivência.

Um amigo meu, muito romântico, sempre levava flores à sua namorada. Acontece que ela era alérgica a flores, mas não sabia como dizer a ele, que por sua vez, ao observar na visita seguinte que suas flores não estavam no vaso, ficava magoado. Resultado, o namoro terminou e eles ficaram separados, cada qual mais triste que o outro porque se amavam.
Felizmente houve uma terceira pessoa que, penalizada com a situação, explicou para ele o problema "florístico". Como resultado, casaram-se e vivem muito felizes. Claro que ele nunca mais comprou flores para ela. Só artificiais. E sem cheiro. Mas eles poderiam ter ficado separados e infelizes, só porque ele não conhecia o que NÃO agradava à ela. Desmanchava-se em gentilezas, mas faltou-lhe sutileza para tentar saber porque as flores eram rejeitadas, e a ela, o ter esclarecido logo de cara seu problema, digamos, "olfatal".

É simples acertar certos problemas... Basta dialogar...Vamos procurar fazê-lo?

Termino desejando a todos UM LINDO DIA. Acho que ter um lindo dia não desagrada a ninguém, mas se alguém não gostar, é só avisar, que deixarei de faze-lo... Afinal, existe gosto para tudo nesta vida...

16/01/2018

AMIZADE É UM AMOR ESPECIAL

Para bem viver uma amizade,
é preciso que haja reciprocidade,
e muita, mas muita sinceridade...

AMIZADE É UM AMOR ESPECIAL
Marcial Salaverry

Um amor especial,
é aquele que mexe com o coração,
sem despertar uma quente paixão...
É um amor feito de carinho,
de chamego e denguinho...
Esse amor, na verdade,
é uma quente amizade,
que apenas traz felicidade,
sem ter aquela necessidade
de um envolvimento maior...
É um doce sentimento,
que pode existir no pensamento...
Quer simplesmente sentir
que não se está a fingir...
É tão especial esse amor,
que não diferencia idade e nem cor...
Apenas pede reciprocidade,
e muita sinceridade...
Ao encontrar esse amor especial,
não o trate mal...
Merece sinceros abraços,
sentir o calor de teus braços...
Trate-o bem,
e será bem tratado também...
É apenas, UM AMOR ESPECIAL,
que deve ser sentido em reciprocidade
para ter felicidade...

Marcial Salaverry

SE PENSO, É PORQUE EXISTO


SE PENSO, É PORQUE EXISTO
Marcial Salaverry

Alguém disse,
"Penso, logo existo"...
Mas, na verdade,
não é isto...
Mais que pensar,
tem que saber faze-lo...
Para bem existir,
tem que saber pensar,
tem que saber amar,
e saber do amor cuidar,
tem que saber viver,
e na vida, sobreviver...
"Amar ao próximo como a ti mesmo.."
São palavras jamais ditas a esmo...
É preciso saber cuidar do amor,
e sempre faze-lo com calor,
pois temos que amar a alguém,
fazendo-nos esse grande bem,
amando-o como nos amamos...
Amar, apesar de defeitos encontrar,
dando ao próximo, carinho e compreensão,
fazendo-o com  sinceridade, de coração...
e ao amor saber realmente amar...

Marcial Salaverry

APENAS TROCANDO OPINIÕES

É muito fácil acusar ou criticar...
O difícil é fazer as coisas no lugar do outro...
Sempre cabe uma troca de opiniões,
para melhor dirimir dúvidas, e acertar desacertos...
Osculos e amplexos,
Marcial
 
APENAS TROCANDO OPINIÕES  
 Marcial Salaverry

Em nossa caminhada pela vida, sempre encontramos  muitas pessoas que se dizem incapazes de perdoar erros alheios, e não aceitam opiniões em contrário.  Essas, são criaturas que se julgam perfeitas, e portanto, não cometem erros, pelo menos segundo seu julgamento pessoal.  Geralmente são as que mais cometem erros.  O primeiro deles, é um erro de julgamento, logo condenando outrem por uma primeira impressão,  por algo que possivelmente não entendeu corretamente.  E isso é um erro crasso, sem dúvida alguma.

É preciso sempre lembrar que não é porque alguém pensa de maneira diferente do que a nossa, que o seu pensar é errado. Tão somente trata-se de alguém que tem outro ponto de vista, outra opinião sobre um mesmo fato, e é algo que precisa ser considerado.  Há que se parar para pensar antes de fazer críticas ofensivas.  Se queremos ter nossos pontos de vista respeitados, temos que respeitar os alheios, por mais que discordemos, uma vez que sempre existe a possibilidade de estarmos errados, por mais que nos custe aceitar tal fato...

É necessário sempre ter presente que não existe a verdade absoluta, eterna. Uma nova maneira de pensar pode mudar  regras antes tidas como imutáveis. Isso existe e sempre existiu, e continuará existindo.  Tudo é passível de mudanças.  Vamos reavaliar nossas idéias, atualizando-as.  Não fiquemos presos a certos  grilhões a que nos levam certos pensamentos retrógrados, jamais esquecendo que a maior sabedoria está em aceitar eventuais mudanças...

Se não quisermos aceitar outra maneira de pensar, vamos pelo menos respeitar quem pensa de maneira diferente.  Poderemos eventualmente dialogar, manifestando nossa discordância, e nunca criticar acerbamente só porque não concordamos com algum pensamento alheio, mesmo que esteja errado.  Pode ser que o erro seja nosso...

Não podemos nos esquecer de que todos nós somos passíveis de falhas, eis que somos humanos, e, "herrar é umano...".  A perfeição não existe.  Claro que é muito fácil apontar erros alheios.  O difícil é aceitar e reconhecer os próprios, pois sempre será muito  difícil aceitar nossa falibilidade, mas sempre será muito fácil apontar falhas de outrem...

Não se esqueçam de que, ao apontar com o dedo indicador para alguém, existem três outros dedos apontando para seu peito...

Um pensamento de L’Inconnu que vem a calhar.
"Aquele que não pode perdoar, destrói a ponte sobre a qual ele mesmo deve passar."

Claro que a incapacidade de perdoar acaba nos deixando como que insensíveis, deixando-nos mais duros, e tirando igualmente, a capacidade de reconhecer os próprios erros.  Acabaremos criando uma capa de infalibilidade que na verdade inexiste para os seres humanos.

Paralelamente,  essa dureza excessiva também criará nas outras pessoas uma expectativa de nos dar o troco quando falharmos.  Da mesma maneira que não fomos capazes de relevar eventuais "mancadas" alheias, ninguém nos desculpará por uma "rata" nossa, por menor que ela seja.

Claro existem falhas, erros, "mancadas" que exigem uma punição.  E uma punição rigorosa.  Porém essa punição deverá ser aplicada por quem de direito.  Nunca por quem não tiver autoridade para tanto.

Aliás, é justamente por isso que para se definir uma culpabilidade, existe um júri, composto por diversas pessoas que se devem por de acordo.  E se mesmo assim ocorrem falhas, que dizer então, de um julgamento feito precipitadamente no aceso de uma discussão, ou analisando algo que nos prejudicou?

Para tanto, sempre deveremos ter em mente que nosso julgamento, bem como nossos atos, é sujeito a falhas.  E, da mesma maneira que estamos julgando os erros de alguém,  teremos nossos erros julgados amanhã, e certamente não gostaremos de ser analisados com a mesma dureza que fazemos nossa análise, nosso julgamento.

Existe uma outra frase famosa, também do meu amigo L'Inconnu: "Errar é humano... Perdoar é divino." Claro que, conforme o que tenha acontecido, não é muito fácil perdoar-se alguém, mas sempre deveremos nos perguntar se agiríamos de maneira diferente, em se trocando as posições.  Sempre deveremos nos colocar do outro lado, para sentir como gostaríamos de ser tratados, e certamente  assim agir...


E com essa idéia, sem qualquer ressentimento, vamos ter UM LINDO DIA, e acredito estar certo neste pensamento, pois penso que ninguém discorda dele...


15/01/2018

AS VOLTAS QUE O MUNDO DÁ

O mundo dá muitas voltas, e a vida é cheia de altos e baixos...
Quem está aqui hoje, poderá estar lá amanhã...
Quem está no alto, poderá estar em baixo...
E vice versa pelo contrário...
Temos que estar preparados para tudo,
para não sermos surpreendidos...

AS VOLTAS QUE O MUNDO DÁ
Marcial Salaverry

Nessa vida que vivemos,
ter orgulho não podemos,
pois nas voltas que o mundo dá,
nunca sabemos o que nos acontecerá...
Se existe alguém que nos ama,
e nossa presença reclama,
não devemos desprezá-lo,
mesmo que não consigamos amá-lo...
Embora o deixemos desiludido,
ao sentir seu amor não correspondido,
poderemos dedicar-lhe amizade e carinho,
pois é esse o melhor caminho,
para um bem viver...
Jamais deveremos nos esquecer,
que o mundo dá sempre essa volta,
e não devemos criar contra nós uma revolta,
que uma atitude de desprezo provoca...
Nas voltas que o mundo dá,
quem sabe se isso também nos ocorrerá,
e se hoje agirmos com a razão,
amanhã menos sofrerá nosso coração...

Marcial Salaverry

PELO MENOS SONHAR COM A PAZ

PELO MENOS SONHAR COM A PAZ
Marcial Salaverry
 
Do jeito que as coisas andam,
e as besteiras feitas pelos que comandam,
a Paz parece ser artigo em extinção,
o que nos faz mal ao coração...
Assim, vamos pelo menos sonhar com a paz,
e quem disso for capaz,
que ponha amor no coração,
para poder sentir ao menos a emoção
de que a Paz não é algo em extinção,
e existe uma tênue possibilidade
de se transformar em reallidade...
Vamos pelo menos sonhar,
de que ainda se sabe amar...
 

Marcial Salaverry

AMOR EXPRESSA A VOZ DA ALMA


AMOR EXPRESSA A VOZ DA ALMA
Marcial Salaverry
 
Para entender a felicidade,
é o  amor que dá vida à alma,
e com uma poesia de amor a acalma...
Dizem que o amor é indefinível,
e é nesse mistério incrível,
que reside seu real efeito,
dando vida a muitos sentimentos...
Sentimentos que são a voz da alma,
que com amor sabe se expressar,
indicando quando estamos a amar...
O amor na verdade é um sonho,
que pode ser feliz e risonho...
Com amor sonhando, a alma descobre
as delícias que para a vida, traz o amor...


Marcial Salaverry

O IDEAL DE VIDA É REALIZAR UM SONHO SONHADO

Se acreditarmos em um sonho, e o levarmos avante,
poderá transformar-se em realidade...
Osculos e amplexos,
Marcial

O IDEAL DE VIDA  É REALIZAR UM SONHO SONHADO
Marcial Salaverry

Muito se fala em sonhos, e o maior desejo de qualquer ser vivente, é realizar um sonho sonhado desde há muito tempo. Vamos ver exatamente o que poderemos definir como sendo um sonho... Bem, na verdade, existem dois tipos de sonhos, sendo que um dos tipos, é representado pelos  sonhos que sonhamos  enquanto dormimos. Muitas vezes, quando nos lembramos do que foi, é algo que  nos faz procurar as lotéricas para jogar naquilo que interpretamos como sendo o que sonhamos.  Nem sempre, ou melhor, quase nunca, nossa interpretação é correta... E o outro,  são aqueles sonhos que sonhamos acordados, sendo na verdade,  aquilo que desejamos para nossa vida, e que nem sempre conseguimos executar, pelos mais variados motivos,  sendo na verdade argumentado como coisas da vida, mas será mesmo?                                            
O primeiro, pode ser mau ou bom, depende em parte das emoções vividas durante o dia. Independe de nossa vontade. Ninguém ainda explicou satisfatoriamente porque sonhamos enquanto dormimos, nem vou tentar explicar. Nem todos conseguem se lembrar do que sonhou ou não. Muitas vezes algo que ficou em nossa lembrança, é interpretado como tendo sido aquele sonho que tivemos durante o sono.  Nem sempre temos sonhos durante o sono.                    
Quero falar dos sonhos mais importantes, que são aqueles que sonhamos acordados. São os objetivos que sempre temos no mais recôndito de nossa alma. Por motivos vários, temos que ir deixando esses sonhos para trás, até que chega o momento de tentar tudo para realizá-los. Sempre ainda cabe uma reflexão, para descobrir-se se são exequíveis.                                      
Se sua realização depender apenas de um esforço extra a ser despendido, creio que devemos ir em frente, pois sempre vale a pena a tentativa. É melhor morrer tentando, do que viver sem nunca ter tentado.      Há já algum tempo,  recebi um e-mail de uma pessoa que me é muito cara e querida, e que está morando bem longe fisicamente (espiritualmente estamos sempre juntos e ela sabe que o colinho está sempre às ordens. Tem cadeira cativa). Ela escreveu algo que está servindo de tema hoje:
"A realidade é um sonho acreditado; você pode ser o que quiser, basta  acreditar no sonho."
É exatamente uma frase que define tudo o que possa ser dito sobre se vale a pena ou não irmos atrás de nossos sonhos, eis que por vezes, temos que tomar decisões insanas, na opinião alheia, mas é nossa vida que está sendo resolvida. É aquele sonho sufocado por pressões, pela vida atribulada, por problemas mil. Em determinado
 
Talvez esteja aí o porque de muitas pessoas terminarem seus dias com aquela sensação de "vida incompleta". Talvez porque não souberam identificar o sonho secreto. Ou talvez porque não tiveram coragem de tentar sua concretização. Enfim, sempre é tempo de fazer algo por nós.
Temos em nossa frente muitos e muitos exemplos de pessoas que só se "descobriram" na maturidade. Chegaram à conclusão de que estavam penetrando em um imenso vazio, e assim, espantaram o comodismo e o conformismo, e foram à luta atrás de um ideal de vida, de uma maneira encontrar seu caminho na vida, como fez a autora desta frase.  Por ter chegado em um beco meio sem saída, resolveu apelar para “aquele sonho”, e corajosa e insanamente foi à luta.
Parece que está chegando lá.  Certo, menina querida? Juntos ainda que distantes.  Se a matéria está longe, o espírito faz sua parte. Minha filha Iara, que em busca de seu sonho está já há alguns anos em Orlando. Quem sabe ainda consigo realizar nosso sonho e vamos até lá, ou se ela volta para cá... Sonhar sempre é válido...
Que Deus abençoe e ilumine seu caminho, bem como o de todos que tiveram e tiverem a coragem de "botar a cara para quebrar" em benefício DAQUELE SONHO, ainda que para isso tenha que se afastar, repito, fisicamente, das pessoas que lhe amam.

Sem mais condições de continuar escrevendo, espero que todos tenham UM LINDO DIA, e sempre se lembrem de que o ideal de vida é realizar um sonho sonhado...

14/01/2018

SENSAÇÃO ÚNICA

SENSAÇÃO ÚNICA
Beki Bassan


Ontem  conversando com meu filho
Minha neta demonstrou vontade de vir comigo.
Foi uma sensação única.
A primeira vez que isto ocorreu.

Sei que muitas avós sentem este entusiasmo,
é indescritível para cada uma.
Meu coração pulou...
Minha alma estava feliz
E totalmente agradecida.

Agradeço a D´us por mais esta benção
E também por me mostrar
Que ao ajudar o outro com amor
Estou no caminho correto.

Continuarei cada dia mais
Auxiliando o próximo
Dando o melhor de mim.

Beki Bassan





AMIZADES ESPECIAIS


Amizades Especiais são aquelas que a tudo resistem,
mesmo à passagem do tempo...
Sinceridade... Reciprocidade... A força de uma amizade...

AMIZADES ESPECIAIS
Marcial Salaverry

Especiais são aquelas amizades que
passam por nossa vida, e ficam...
Mesmo quando se ausentam,
permanecem em nossa lembrança...
São amizades que de uma maneira ou outra,
deixaram marcas indeléveis de sua passagem.
Que nos despertaram um sentido de carinho mais especial...
Todos nós sempre tivemos esse alguém muito especial em nossa vida...
Seja de hoje, de ontem, ou do século passado, as marcas ficaram,
nunca conseguimos esquece-la.
Um entendimento, aparentemente inexplicável.
Aquele não sei o que e nem bem porque.
Mas o certo é que é.
Faz alusão a resgates de vidas anteriores.
E não se pode jamais discutir o mérito da questão.
Explicações? São por demais subjetivas, e passíveis de polêmica.
 E, em nome da amizade, para que cria-las?
Aceitemo-las e pronto. Não há porque discuti-las.
 Amizade o mais nobre dos sentimentos...
quando sincera... melhor curti-la!

AMOR, SEMPRE O AMOR

AMOR... SEMPRE O AMOR
Marcial Salaverry

O amor, ou é, ou não é...
E quando é...pode ser vivido,
pode ser sentido,
seja como for...
pois é e sempre será, o amor...
O amor que une as criaturas,
ainda que possa faltar o toque,
que seria o retoque...
Se não há o entrechoque
dos corpos, há o encontro das almas...
Há que saber viver o amor,
desfrutar de seu calor...
Há que saber senti-lo,
a alma aquecendo,
sem deixá-lo ir morrendo...
O amor tem que ser vivido, simplesmente,
e se possível, eternamente...
Uma mão sempre estendida,
alegrando nossa vida...
Em nossos sentimentos,
não há lugar para lamentos...
Apenas a certeza
de que a vida é uma beleza,
sempre sentindo o calor
deste quente amor...

Marcial Salaverry

AMIZADE OU PAQUERA... VAMOS ENTENDER

Existe uma tênue linha separando amizade de paquera...
E nem sempre é aconselhável transpo-la...
Saber manter uma amizade sempre será uma sábia atitude...
É o sentimento que deixa a alma falar livremente...
Osculos e amplexos,
Marcial
AMIZADE OU PAQUERA... VAMOS ENTENDER
Marcial Salaverry

Mesmo sabendo que muitas criaturas possam supor que entre pessoas de sexos diferentes não pode haver amizade, vamos entender que isso é um grande engano, pois essa amizade pode perfeitamente existir, e realmente existem grandes e leais amizades entre homens e mulheres, sem que haja desejo sexual de nenhuma parte.  Apenas aquele sólido e gostoso carinho que apenas uma grande amizade propicia, e isso acontece  tanto no virtual, como no real.  Apenas é preciso que se coloque bem as coisas, para evitar confusões.  Há que saber sentir bem até onde chega a amizade, e onde pode começar o amor. O limite entre o carinho e a carícia. Um toque de amizade, é dado com calor.  Um toque de amor provoca arrepios. Um beijo de amizade, é um beijinho, mas um beijo de amor, sempre será aquele beijo de amor, trocado com intensidade e desejo...

Por amizade conversa-se, por amor, paquera-se, portanto, é certo que amizade e paquera,  são duas coisas bem diferentes, mas que são muito confundidas, pois muitas vezes simpatizamos com alguém, gostamos de bater um papo amigo com essa pessoa, mas somos mal interpretados, e com consequencias nem sempre agradáveis.

Existem as duas faces da moeda, uma vez que podemos ser mal interpretados como por estar tentando uma paquera, quando na realidade apenas desejamos manter uma amizade sem qualquer outro interesse, além da amizade propriamente dita. E a pessoa se afasta, magoada por termos sido abusivos, na sua opinião, pois o que ela desejava era apenas uma amizade. Também podemos apenas desejar uma reação amigável do outro lado, e somos surpreendidos com uma cantada explícita, que por vezes nos coloca em uma posição desconfortável, e sempre será interessante aclarar bem a situação, pois boas amizades devem ser mantidas, e bom senso e compreensão ajudam essa manutenção.

Esta crônica foi inspirada por um e-mail recebido de uma nova amiga, L’Inconnue, que entre outras coisas me disse o seguinte:
"Sabe poeta, ser sincera e verdadeira, é mesmo uma qualidade minha. Acho que a internet faz confusão entre amizade verdadeira (mesmo virtual) e "paquera". Não esqueça, isso de internet ser como digo, pois quem quiser muda isso. Como eu já mudei muita coisa. Incrível, a gente consegue obter respeito. Mulher é poderosa, sabia? Nós internautas inofensivos e puros nos ofendemos quando pensam que ficamos aqui apenas para trocar infidelidade ou pornografia, palavras e piadas de baixo calão. Moralizar a internet, isso sim. Sabe, a gente na vida, é o meu lema, consegue tudo querendo."
Destaquei este texto, justamente por exprimir a opinião de uma pessoa que já está meio cansada de ser mal interpretada pelos “paqueradores de plantão”, que pululam na Internet, como esta nossa amiga, que já se decepcionou bastante por ser mal entendida em seus desejos de amizade pura e simples.

Perfeitamente compreendido seu ponto de vista, amiga L’Inconnue. Existe realmente muita coisa errada, que precisaria ser moralizada, além dessas paqueras sem nexo. Há que se paquerar, quando existe a concordância tácita de ambas as partes, e nesse caso, a conversa toma outro rumo, saindo fora da simples amizade, para o amor. E, é claro, quando ambos sentem o mesmo desejo, sempre será gostoso manter um romance, ainda que virtual. Caso contrário, será assédio, e não paquera. Não podemos confundir amizade com romance. Mas se for o caso, um romance com amizade é o que pode haver de melhor, desde que com total reciprocidade. É importante que haja a concordancia de ambas as partes...

Não apenas nesse sentido precisa haver moralização, pois é preciso que se moralizem os sentimentos, no sentido mais amplo da palavra,  evitando-se certas perseguições e picuinhas com a tentativa de destruir pessoas, sites ou seja lá o que for. O céu nasceu para todos, e a Internet mais ainda.  Vamos respeitar o trabalho alheio, para que o nosso também o seja,e sempre procurando um clima de amizade e respeito, uma vez que todos precisamos nos conscientizar de que não há nada melhor do que um trabalho de qualidade para ganhar a confiança e a assiduidade dos usuários.  Não se pode subestimar a inteligência de todos, tentando apenas destruir concorrências, questionando a capacidade de trabalho deste ou daquele.  Há que cada qual fazer sua parte com qualidade e competência, para assim, mercê de sua capacidade, “chamar” os usuários que, sabendo apreciar um trabalho bem feito poderão dar a preferência para quem melhor lhes aprouver. É fundamental provar que podemos apresentar um trabalho de qualidade, sem nos preocupar com o trabalho alheio.  Cada qual que faça sua parte.  O que precisa acontecer, é formar-se um ambiente de respeito, com todos respeitando todos, e sendo por todos respeitados, e isso, tanto no campo pessoal, como no profissional, seguindo o sábio lema de bem viver, que diz que
"O seu espaço termina onde começa o meu, e o meu, onde começa o seu..."
Nessa doce expectativa, começo minha parte, desejando a todos UM LINDO DIA, e com meus ósculos e amplexos da mais sincera amizade, desejo que todos desfrutem de uma sucessão interminável de lindos dias...

"Vamos viver com amizade,
para atingir a felicidade,
de que temos necessidade...
Marcial Salaverry"

13/01/2018

E VIVA A VIDA


E VIVA A VIDA...
Marcial Salaverry

Vamos viver a vida,
como ela deve ser vivida,
levando sempre Paz no coração...
Ao invés de uma reclamação,
pense numa oração...
Se alguém quiser lhe prejudicar,
trate de se afastar...
Para que brigar? Melhor silenciar...
Vamos viver a vida,
sempre procurando ajudar,
e se não puder, nada de atrapalhar...
A vida procurando viver,
temos de realmente saber,
como isto fazer...
Queremos ser respeitados...
E quem não o quer?
Então vamos também respeitar...
Meu espaço termina aqui,
o seu começa ali...
Vamos os limites observar,
não podemos o sinal avançar...
Vamos assim, a vida bem viver...
Procurando evitar problemas, sofrimentos,
para não causar dramas, lamentos...
Vamos viver a vida,
como ela deve ser vivida...
Com diálogo, amizade, carinho,
pois é esse o verdadeiro caminho...
Temos real necessidade
de saber o que é felicidade...
Felicidade para viver tranquilamente,
sendo felizes, simplesmente...
Sem falsas acusações
provocando frustrações...
Sabendo dosar emoções,
para não ferir corações...

Marcial Salaverry

ESTAMOS DE MÃOS DADAS


 
ESTAMOS DE MÃOS DADAS
Marcial Salaverry
 
A vida nos ensinou,
que amizade
é o sentir mais proximo da felicidade...
Assim aprendemos,
e melhor vivemos...
De mãos dadas,
seguiremos pela vida,
vivendo-a como deve ser vivida,
assim, estamos de mãos dadas,
com carinho e com  amizade,
nas ausências, com saudade,
juntos, com alegria e felicidade...
Mas assim seguiremos,
e felizes estaremos...
Seja pessoalmente,
ou apenas simbolicamente...
De mãos dadas, simplesmente...


Marcial Salaverry

AMIZADE SINCERA E VERDADEIRA


Quando uma amizade é autentica, sincera, verdadeira
ela resiste ao tempo e a eventuais separações, e até a fofocas,
sempre reafirmando uma afinidade total e completa.
Osculos e amplexos,
Marcial
AMIZADE SINCERA E VERDADEIRA
Marcial Salaverry

Algo que se pode sempre dizer, e confirmar e reafirmar, é  a grande verdade sobre o que é a amizade, uma vez que é preciso convir que sem dúvida alguma, a amizade é o sentimento mais puro e mais forte que pode unir as pessoas, não importando sexo, altura, cor da pele ou idade. Basta que haja esse sentimento afínico, que resiste às maiores intempéries da vida.

Muitas vezes amigos se separam por motivos os mais diversos. Se a amizade que um dia os uniu foi autentica, sempre poderão se reunir novamente, reatando o diálogo interrompido.

Amigos brigam também, pois são seres humanos, portanto sujeitos a eventuais desentendimentos, a eventuais divergências, e certamente essa possibilidade está aberta. Aliás, existe um provérbio que diz ser a divergência o melhor sinal de amizade, pois um amigo terá a liberdade de expor sua opinião mesmo que contrária.

Podem até mesmo deixar de se falar por um tempo, mas a amizade que um dia os uniu fatalmente provocará uma reconciliação, pois os amigos se reconciliam mais facilmente do que amantes, por não haver nada a perdoar, mas sim a relevar para revelar o sentimento que sempre os uniu...

Por vezes, amigos se separam por circunstâncias da vida. Eventuais mudanças podem levar algumas amizades para longe, e a própria vida pode fazer com que tomem rumos diferentes, e os motivos podem ser os mais variados possíveis, seja uma transferência de emprego, ou de escola, uma eventual promoção, um casamento, e amigos deixam de se ver, de se falar. Mas sempre ficará aquele vínculo, e num reencontro mesmo que eventual, a amizade fatalmente irá recuperar o tempo perdido.

Uma das coisas mais gostosas que existe, são as conversas que temos nesses reencontros. A troca de idéias sobre o que temos feito, as lembranças de casos e “causos” fazem a delícia de qualquer papo.  Quem não gosta daquelas famosas “Reuniões de Ex-Alunos”.  Quem não gosta de recordar episódios da infância ou da juventude, e ver como a vida tem tratado pessoas de quem fomos amigos. E que felicidade quando descobrimos que aquele alguém foi bem sucedido, pois assim é a amizade, desde que leal e sincera.

Claro, existe o outro lado, as inimizades do passado. Mas estas acabam sendo esquecidas, engolfadas pelas boas lembranças, e sobre amizade, li algo que desejo repassar:
"Pode ser que um dia tudo acabe...Mas, com a amizade construiremos tudo novamente, cada vez de forma diferente, sendo único e inesquecível cada momento que juntos vivemos e nos lembraremos pra sempre."
Certas amizades deixam marcas tão profundas que realmente são inesquecíveis, e a qualquer momento estaremos prontos para um alegre reencontro, e com muita satisfação estenderemos a mão para um forte aperto, e os braços para aquele abraço onde transmitiremos a saudade sentida.

Velhos amigos, amigos velhos, quanta saudade...

E na Internet, quantas amizades ficam perdidas numa mudança de e-mail, numa resposta perdida, numa perda de arquivos, e assim, quantas vezes julgamos, sabe-se lá por quais razões, que não somos mais benquistos por este ou aquele, que está pensando o mesmo de nós. E aquele sentimento de carinho que se havia instalado, aquela afinidade descoberta, simplesmente desaparece, e com a mesma rapidez que nasceu, morre. Por que será? Esquecem de que sempre poderá ser tentado passar mais um e-mail. Ou mesmo informar seu novo endereço eletrônico. Ou simplesmente dizer porque se afastou. Quem sabe a amizade que já houve não fará surgir o entendimento?

Abraços de amigos sempre são mais gostosos. Aceitem o meu, portanto, porque assim os considero, e lhes desejo UM LINDO DIA, e que na força de uma sincera amizade, seja sempre repetido para todo o sempre...

12/01/2018

CAÇA OU CAÇADOR

E fica no ar a eterna (e terna) dúvida...
É melhor ser a caça, ou caçador?
Certamente é melhor ser caçado por uma mulher,
do que ser por ela cassado...

CAÇA E CAÇADOR
Marcial Salaverry

Conviver com a rejeição é o ônus que a mulher teve que pagar pela liberdade sexual.
No antes, a mulher era a caça e o homem o caçador,
e ela tinha a vantagem de poder recusar quem não lhe agradasse...
No agora, a mulher tem que conviver com a possibilidade de ser recusada...
E não pode deixar-se abater, e nem se abater se isso acontecer...
Está deixando de ser a caça, para começar a caçar, não é mais apenas a caça...
Mas uma vez que vai à caça, tem que saber caçar,
e como o homem ainda se assusta com essa nova tendência da vida,
precisa saber cassar, quem não se deixa caçar, principalmente
quando ele resiste, pois não se conforma com a mudança da situação,
não deixando de se apegar às convicções machistas de antanho,
quando a escolha teria que partir do homem, que ainda não descobriu
o gosto que existe no fato de ser o escolhido, ainda não descobriu as
delicias que é sentir-se desejado e caçado, para não ser cassado...

Marcial Salaverry

O QUE PODE SER CONSIDERADO "ATO DE TRAIÇÃO"

Traição é um nome muito pesado para condenar-se certos atos, que devem ser bem analisados antes 

de serem assim considerados...
Ósculos e amplexos,
Marcial

O QUE PODE SER CONSIDERADO "ATO DE TRAIÇÃO" 
Marcial Salaverry

Sem que se possa considerar como traição aos bons principios de vida, é preciso considerar-se que sobre o tema “traição”, há que se definir o que pode ser assim considerado, pois mesmo os dicionários dão diversas definições, e inclusive existe a possibilidade de uma auto traição.

Mas é uma questão subjetiva, eis que depende muito de um posicionamento pessoal, pois o que para alguns pode ser considerada como traição pura e simples, outros poderão considerar como um ato de sobrevivência. Como exemplo, a ação dos espiões durante a guerra, fria ou quente, uma vez que seus atos de traição para um lado, representavam sobrevivência para outros. Seriam traidores, ou heróis? Questão de ponto de vista.

Falando sob enfoque pessoal, existem diversos atos que podem ser considerados como traição, quando um amigo, um parente, ou alguém a quem estamos ligados por algum laço profissional ou pessoal, trai nossa confiança, seja revelando algum segredo, seja por algum envolvimento amoroso. Sob nosso ponto de vista, será um ato de traição, mas vendo pelo lado da pessoa que se beneficia dessa “traição”, é algo como um herói, ou pelo menos estará beneficiando alguém, estará dando felicidade para outrem. Questão de ponto de vista. Um tanto quanto cínico, pois quando alguém é prejudicado, sempre haverá esse lado para ser considerado. Mas, quem se beneficia, nem sempre vai se preocupar com detalhes assim,  contudo vamos procurar ver as coisas sob o ponto de vista de quem foi traído, ou pelo menos, de quem foi o lado prejudicado. Certamente estará ferido. Afinal, sofreu um golpe profundo, que certamente abalará seu interior, com motivos para se co nsiderar traído...

Vamos agora pensar na famosa traição amorosa, que sempre deixa marcas fundas no espírito,  provocando edemas e hematomas que ficam na alma, na mente, no coração, causando dores que poderão nos acompanhar por muito tempo ou para sempre. Esse tipo de ferida dificilmente se cicatriza, e se não temos um espírito forte, uma vontade muito determinada, poderemos ficar como que entorpecidos, insensíveis. Sentimos uma dor tão forte, que chega perto do ódio. Pensamos mesmo em algum tipo de vingança, sem nos determos para pensar se não nos cabe alguma culpa nessa traição. Não podemos nos esquecer de que toda história tem dois lados, como toda moeda tem duas faces. Houve a traição que nos magoou. Mas é preciso pensar no que pode ter motivado essa traição, são coisas que precisam ser analisadas antes de quaisquer atitudes revanchistas...

São tantas coisas que podem minar uma relação. Coisas pequenas, meros detalhes que vão passando despercebidos, mas que podem diminuir a intensidade de um relacionamento. E como não reparamos nisso, poderemos estar involuntariamente preparando o caminho para sermos traídos. Mas, sob o ponto de vista de nossa parceria, os traidores somos nós, pois estamos falhando em algumas coisas importantes. Enfim, sempre é preciso ver os dois lados da moeda, antes de se acusar alguém de traição. Tal tipo de situação pode ser contornada, se nos dispusermos ao diálogo. Quando uma relação começa a “balançar”, vamos parar para pensar um pouco, e ver se encontramos soluções.

Mas se a traição for consumada, e o afastamento se concretizar, nada ganharemos pensando em vingança, em prejudicar quem lesou nossos sentimentos. A melhor solução será usar uma imaginária “tecla Del” em nosso cérebro, para deletar tais idéias, e procurar ter mais cuidado em futuros relacionamentos, para evitar que tal situação se repita. Nada ganharemos se ficarmos remoendo o que sofremos, pois nossa alma ficará envenenada por essas idéias, e deixaremos de viver e tentar a felicidade ao lado de outra pessoa que melhor nos entenda, e que também possamos entender melhor. 

Claro que não é fácil esquecer algo assim. Mas, vamos analisar com cuidado e carinho, para ver se não nos cabe alguma culpa também. Quando não, por não termos sabido dialogar com quem estava a nosso lado. Há que se considerar também que nem sempre conseguimos controlar nossas emoções. E se o amor não era tão forte a ponto de segurar a pessoa amada, melhor deixa-la procurar seu caminho, e que seja feliz, e sempre poderemos manter nossa alma liberta para uma possível nova tentativa. 

Vingança e ódio podem dar alguma satisfação momentânea, mas sempre será uma vitória amarga, que não trará felicidade a ninguém.

E com essa idéia, vamos procurar ter UM LINDO DIA, sempre pensando que não há nada melhor do que viver uma bela sequencia de lindos dias, com paz de espirito...
 

11/01/2018

AMOR EXPRESSA A VOZ DA ALMA

(Imagem google)


AMOR EXPRESSA A VOZ DA ALMA
Marcial Salaverry

Para entender a felicidade,
é o  amor que dá vida à alma,
e com uma poesia de amor a acalma...
Dizem que o amor é indefinível,
e é nesse mistério incrível,
que reside seu real efeito,
dando vida a muitos sentimentos...
Sentimentos que são a voz da alma,
que com amor sabe se expressar,
indicando quando estamos a amar...
O amor na verdade é um sonho,
que pode ser feliz e risonho...
Com amor sonhando, a alma descobre
as delícias que para a vida, traz o amor...

Marcial Salaverry

A REAL EMOÇÃO DO AMOR


A REAL EMOÇÃO DO AMOR
Marcial Salaverry

Para sentir a real emoção do amor,
e viver todo seu calor,
é preciso olhar dentro dos olhos,
para sentir toda a doçura
quando a alma transmite a ternura
desse instante de paixão,
que realmente dá vida ao coração...
Sentir aqueles quentes beijos,
plenos de desejos...
São lembranças para a eternidade,
permitindo reviver a felicidade...
Recordar lembranças que ficaram
na alma plenamente marcadas,
e sempre lembrar com emoção
as carícias ternamente trocadas...
No amor, intempéries fazem parte,
mas não servem de aparte,
pois sendo amor de parte a parte,
com carinho, fica-se e ninguém parte,
e o amor simplesmente se comparte...
 
Marcial Salaverry



QUANDO A SAÚDE É ESQUECIDA

A saúde é tão maltratada pelos principais interessados,
que ainda reclamam quando ela dá um chega pra lá,
e nem sempre dá pra consertar a coisa toda...
Osculos e amplexos,
Marcial
QUANDO A SAÚDE É ESQUECIDA              
Marcial Salaverry

Como devemos cuidar de nossa saúde? Essa é uma pergunta que não quer calar, e que nem sempre sabemos responder, mas deveriamos entender que, se existe algo que deveria ser prioridade absoluta em nossa vida, mas que nem sempre lhe damos a atenção que deveríamos dar, e por vezes nos lembramos quando é tarde demais...   Assim, vamos falar  sobre o assunto mais importante para nosso organismo: A SAÚDE. 

A infeliz é tão desprezada, mas tão desprezada por todos, ou quase todos, que às vezes fica muito desesperada, e então tenta o suicídio, e é nesse momento crítico que todos se lembram dela. Mas é tão somente quando ela tenta se despedir, é que nos agarramos a essa sofredora, e percebemos o quão importante  é para nós.  E não queremos que a infeliz nos deixe.  E toca correr atrás de médicos que possam cuidá-la.  E quando o médico sacode a cabeça e diz que o negócio "tá feio", pensamos em Deus, nos orixás, nas simpatias, nos curandeiros, enfim, procuramos de tudo para tentar salvá-la.

Agora fica uma pergunta que nem todos sabem responder: A prevenção, os cuidados que deveriam ter sido tomados, ficaram aonde?

Existem pessoas que enfrentam a, digamos, idosidade com tranquilidade.  Mas isso foi porque, pelo menos em certa altura da vida,  resolveram acordar, e começaram a tomar pelo menos algumas medidas preventivas.

Contudo,  tem muita gente que simplesmente ignora quaisquer cuidados, com o pensamento fixo de que "comigo é diferente", e continuam a comer de tudo, sem procurar ao menos diminuir os alimentos que lhe são nocivos (cada caso é um caso, não se pode generalizar), continuam a fumar, que é o maior crime que alguém pode cometer para consigo mesmo, continuam a ingerir bebidas alcoólicas em grandes quantidades (bem dosado, o álcool até que chega a ser benéfico), enfim, são criaturas que se recusam a promover quaisquer alterações em sua maneira de viver, "porque não vale a pena mudar" ou "quando for preciso, tudo bem, mudo".  Aí, o infeliz bovídeo já pode estar até a pontinha dos chifres atolado na região pantanosa...

O mais triste é que, em  alguns casos, vemos pessoas que, por se recusarem a procurar médicos, a fazer os famosos "exames preventivos", quando acordam, é tarde demais. Conheço alguns casos assim, nos quais existem  certos preconceitos idiotas que cercam alguns exames preventivos. O mais clássico desses, é o famoso "toque retal" que muitos (e bota muitos nisso) homens se recusam a fazer para o exame de próstata (não sei se esses que se recusam, só o fazem  por medo de se apaixonar pelo urologista, mas devem ter  confiança em seus sentimentos...) e, quando acordam, o câncer já tomou conta e aí, lá vai a ruminante fêmea...

Crianças, o câncer de próstata, diagnosticado a tempo é facilmente curável.  Aos primeiros sintomas, e até mesmo sem eles, deve-se fazer o exame anual após chegar vivo aos 40 anos, pelo menos, lembrando que isso pode evitar tantos aborrecimentos que não deveriam existir, e que são cuidados absolutamente necessários, diria mesmo, são vitais...

As mulheres também têm seus melindres. Houve o caso de uma senhora vizinha do meu prédio, que sempre se recusava a procurar ginecologistas, pois não admitia mostrar as "partes baixas" a quem quer que fosse. Resultado, quando não teve mais jeito, ela já estava literalmente "podre" e o máximo que os médicos conseguiram fazer, foi chamar o padre.

Outra coisa que muitos ignoram, mas que é importantíssimo para a saúde, é o consumo de água.  No mínimo, devem ser consumidos 2 litros de água por dia.  Preserva bem a saúde. E muitos, por ignorar esse fator benéfico, quase não tomam água, e acabam sofrendo as consequencias mais tarde, sem contar alguns que dizem "não gostar de água", que, diga-se de passagem, é incolor, inodora e insípida, portanto, não tem gosto, como alguém pode "não gostar?"

Para essas, e para tantas outras doenças, existem os exames preventivos, que sempre devem ser feitos, principalmente após dobrar o famoso Cabo da Boa Esperança dos 40 anos.

Pode parecer ridículo, mas tanto para homens como para mulheres, a idade mais perigosa é a década entre os 40 e 50 anos. É quando se precisa fazer os famosos, falados e temidos, exames preventivos. Um check-up anual não faz mal a ninguém.

Esperando que este alerta seja bem recebido, desejo a todos UM LINDO DIA, que poderá ser repetido sempre, desde que certos cuidados sejam tomados...

10/01/2018

PODENDO VIVER SEM PRECONCEITO


O amor é um sentimento que não aceita preconceito...
Apenas exige sinceridade e reciprocidade...
Homosexualismo não é defeito,  embora possa
não ser perfeito...
O único preconceito que é válido ter, é o preconceito
contra pessoas preconceituosas.
É importante saber respeitar o modo de pensar e de viver
de quem respeita o nosso, e não nos agride...

PODENDO VIVER UM AMOR SEM PRECONCEITO
Marcial Salaverry

O amor é um sentimento que não aceita preconceito, pois ele simplesmente irrompe, invade um coração, sem que se possa explicar o porque.

Simplesmente sabemos que estamos amando alguém, porque alguma coisa em nosso interior se agita quando dessa pessoa estamos por perto.

É algo que nos desperta a sensualidade, que nos chama para a vida, que a faz prazerosa, valendo a pena ser vivida...

Sendo esse sentimento que surge de inopino, e que toma de assalto nossa alma, nosso pensamento, nosso coração, como determinar o que pode ser certo ou errado nos casos de amor.

Se criaturas de mesmo sexo sentirem-se atraídos um pelo outro, sentir que sua vida assim deve ser vivida, não deve prender-se a preconceitos que insistem em dizer ser errado esse amor.

Um corpo masculino, atraindo olhares e desejos de outro corpo masculino, ou um corpo feminino que produza o mesmo efeito em outro corpo feminino por se desejarem reciprocamente, apenas querem desfrutar do prazer que poderão sentir um ao lado do outro, e assim na realidade, não querem ver limites nesse amor, e tampouco admitem qualquer preconceito, pois com toda a naturalidade, sentem que seu amor é sem defeito, por saberem que é um amor autentico, verdadeiro, pois esse sentimento que os domina, tem toda a reciprocidade da parceria, que também assim o deseja, e vê que a felicidade apenas poderá ser atingida se estiverem juntos, pois é um amor feito de sexo e ternura, de carinho, desejo e muita sinceridade.

Ambos se completam em seu companheirismo. Por que então determinar que um amor assim é errado? Errado é quem vive uma mentira, e eles estão vivendo uma verdade. Uma verdade que é deles, que a eles pertence, como a vida lhes pertence, seguindo o que lhes dita o livre arbítrio. Entender o contrário, não aceitar a homosexualidade já pode ser considerado como homofobia.

Assim, se o amor realmente existe, deve ser vivido, pois da felicidade não se desiste. Por ela, enfrenta-se preconceitos, e olhares de desprezo.

Temos que nos lembrar sempre de que o amor é a fonte de tudo, da vida, do nascimento, e até da morte. Por vezes pode até provocar algum lamento, causado por tolos preconceitos, ou por problemas de nossa cabeça. Mas sempre será esse sentimento, que se chama amor, que à nossa vida dá calor, mesmo que por vezes possa nos causar dor.

De um ato de amor, nascemos, procurando por ele, sempre vivemos. Sempre desejamos viver um amor, e não é lícito esperar-se que apenas por preconceitos, tenhamos que abrir mão do chamado amor de nossa vida. Sentindo esse amor que desperte nossa sensualidade, devemos vive-lo, sem nos ater a tolos preconceitos que tentem dizer ser certo ou errado o amor que estamos vivendo. Quem sabe disso é nossa alma, que está sentindo esse amor, sem procurar saber como a Sociedade o considera.

Para que se desperte uma quente sensualidade, não existe preconceito quando se sabe amar...

Pessoas de mesmo sexo se apaixonarem, se sentirem aquela quente vibração, aquela atração que mexe com o corpo, e que dá vida ao coração, por que ao amor não se entregar, deixando-se levar por preconceitos tolos?  Se esse corpo ao lado do seu desperta seu desejo, entregue-se a ele, entregue-se a esse amor sem pejo...

Se quisermos viver um amor de qualidade, temos que apenas pensar se existe reciprocidade. Amando e sendo amados, há que se viver o amor, sem pensar em muitas besteiras, e sempre procurando viver um sentimento sincero..

Marcial Salaverry

ALMA EM BUSCA DE AMOR

ALMA EM BUSCA DO AMOR
Marcial Salaverry
 
Uma alma pelo amor procurando,
é uma alma viajante,
que outra alma procura...
Quer simplesmente uma alma pura,
que saiba amar de verdade,
que não tenha maldade...
Que seja uma alma colorida,
pelas belezas da vida...
Uma alma que saiba amar,
incapaz de atraiçoar...
Que não saiba odiar,
nem mágoas guardar...
Para essa alma encontrar,
muito há que buscar...
Depois de muito procurar,
outra alma há de achar,

pronta para se entregar,
pronta para amar...

Marcial Salaverry

PARA VIVER UM ENCONTRO APAIXONADO

PARA VIVER UM ENCONTRO APAIXONADO
Marcial Salaverry
 
Viver um encontro apaixonado,
é o desejo de todos os amantes....
Num encontro apaixonado,
aquele beijo demorado...
Dois amantes enamorados,
dois corpos sensualmente enlaçados...
Lábios que se procuram,
bocas que se beijam...
Beijos de amor são ávidos,
lábios que se beijam são cálidos...
O caminho do amor percorrendo...
Entre os seios se perdendo,
no suave contato da pele macia,
no amor, assim se delicia...
Segue a descida alucinante,
chegando ao sexo delirante...
Ali, no reduto do amor,
os beijos chegam com mais calor,
levando ao total prazer,
provocando um doce gemer...
E os corpos, docemente enlaçados,
a tremer, pelos prazeres alcançados...
 

Marcial Salaverry

É PRECISO SABER VALORIZAR O QUE SE TEM


Nem sempre damos o devido valor ao que,
ou a quem temos... é preciso pensar mais e melhor...
para não correr o risco de perder algo ou alguém
que nos fará falta...
Osculos e amplexos,
Marcial
É PRECISO SABER VALORIZAR O QUE SE TEM
Marcial Salaverry

É preciso saber dar o devido valor àquilo que temos, pois se é verdade que tudo na vida tem um determinado valor, que é muito relativo, dependendo de como encaramos certas coisas que temos ou que nos acontecem.

Em se tratando de objetos, a tendência natural é avaliarmos a qualidade, conforme o preço, sempre considerando de melhor qualidade aquilo que custar mais caro. Muitas vezes é o que ocorre mesmo, mas há que se tomar certos cuidados com os famosos truques das “griffes”, onde um determinado artigo de mesma qualidade, mas sem “griffe”, pode ser encontrado por preço muitas vezes menor, sabendo aonde procurar, e este é um cuidado  que devemos ter, sempre procurando analisar com bom senso, pois nem sempre uma marca famosa quer dizer uma qualidade melhor.

Há que se considerar também que o verdadeiro valor das coisas que adquirimos está na utilidade que vamos dar, sendo sempre muito perigoso comprar-se por impulso.  Sempre é interessante fazermo-nos uma pergunta, cuja resposta só nós sabemos, ou seja: “Estarei realmente precisando comprar isto?”

Assim como, devemos também saber analisar o verdadeiro sentido de coisas que nos acontecem, quando pensamos não “no que” nos acontece, mas “em quem” acontece em nossa vida.

Recebi diretamente de minha amiga L'Inconnue, uma mensagem muito interessante:
"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem...
Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis..."

Realmente existe uma verdade irrefutável nessas palavras, pois a vida é feita de momentos, de uma somatória de momentos, bons ou não, mas que quebram a rotina da vida. São esses momentos intensos que não podem ser esquecidos, e quando foram bons momentos, devem sempre ser renovados, para evitar que o tempo provoque apenas uma rotina monótona de vida, e é algo muito aplicável em certos relacionamentos, seja de amizade, seja amoroso, quando nos baseamos apenas no seu tempo de duração. 

Na verdade, muitos relacionamentos são mantidos apenas por hábito.  Os parceiros já não mais se entendem, sequer se suportam,  mas não se separam porque existe aquele vínculo antigo, e nesse caso, alguma coisa precisa ser feita, que pode ser um afastamento para que cada um encontre seu melhor caminho, ou uma tentativa de fazer surgir novamente aquela chama de antigamente.

Ambos são caminhos válidos. Apenas há que saber fazer as coisas. O afastamento é desejável quando tudo está num marasmo tal, que sequer para brigar existe vontade. E isto é válido, tanto para um relacionamento amoroso, quanto para uma amizade, ou mesmo entre parentes, sejam irmãos, ou pais e filhos.  Quando ambos os lados chegam a essa conclusão, nada mais há para se fazer. É um para cada lado. Foi bom enquanto durou.

Contudo, uma tentativa para se reacender a chama da amizade, do carinho, do amor, sempre deverá ser feita, para que o relacionamento volte a ter a intensidade de antes.  Se ela já houve, porque não poderá retornar? E quase sempre volta com mais força ainda do que no começo, e isso muitas vezes pode ser conseguido com uma viagem diferente, ou um acontecimento diferente que provoque reações nos parceiros. Não se pode deixar a vida cair num marasmo total.

A pior coisa que pode acontecer em qualquer tipo de relacionamento é a indiferença, é aquele dar de ombros, pensando-se “E daí? Tanto faz como tanto fez...”

Nesse caso, é preciso que se dê o devido valor às coisas.  Se já houve uma chama intensa nesse relacionamento, por que deixamos que se apagasse?  Por que não tentar reacende-la? Muitas vezes uma chama antiga, quando devidamente reavivada, é bem mais intensa do que uma nova chama, que nem sempre poderá nos aquecer como aquela antiga, cujo calor já conhecemos, e não podemos nos esquecer de que momentos inesquecíveis, quando relembrados e revividos, são mais inesquecíveis ainda.

Quantos relacionamentos foram reavivados quando momentos que já estavam sendo esquecidos foram relembrados, o que pode ser conseguido com uma música, uma viagem, um simples passeio,  um poema, uma noite de amor, um longo bate papo, uma mesa redonda, cada caso sempre será um caso. Apenas temos que descobrir como redescobrir o valor das coisas importantes de nossa vida.

E uma das coisas mais importantes, foi, é e sempre será, termos UM LINDO DIA, algo que poderá sempre ser reavivado e revivido...