FASCINANTE

20/01/2019

VENHA CONHECER SANTOS

Dia 26/01 minha querida Santos estará completando
"apenas" 473 anos...
Como vou estar ausente, já deixo aqui meus parabéns
para a cidade, e um convite para minhas queridas crianças...
Venha conhecer Santos... Realmente vale a pena...
Suas praias, seus jardins, suas belezas...e este poeta...
Osculos e amplexos,
Marcial

VENHA CONHECER SANTOS
Marcial Salaverry

Quem vem a Santos passear,
apenas a praia quer frequentar,
e seus jardins são passagem obrigatória...
Mas... E sua história?
Todos vão ao Aquário,
e também ao Orquidário...
Mas ficam sem a história conhecer,
e realmente, há muito que saber...
As ruínas encravadas na saída do túnel,
representaram na história seu papel...
O Panteão dos Andradas,
Outeiro de Santa Catarina,
locais conhecidos de poucos santistas,
que dirá dos turistas...
E fazem parte da história,
contam de Santos sua glória...
Igreja do Carmo, Alfândega de Santos,
e seus belos portões, tão lindos quando fechados,
mas isso apenas nos domingos e feriados...
Igreja do Valongo, quanta história nos conta...
Suas imagens com ouro e pedras preciosas engastadas,
tem proteção especial para não serem roubadas...
E o agora famoso prédio da Bolsa do Café...
Totalmente restaurado,
é um marco das glórias de um recente passado...
Quente ou gelado, toma-se o melhor café
que se pode provar no mundo...
Lá, a história foi preservada,
e totalmente respeitada...
Há que se visitar, para jamais esquecer...
O futebol também tem seu Museu,
exaltando as glórias do time do Pelé,
da cidade, o clube de fé.
Os jardins de Santos, além de sua beleza natural,
através de seus monumentos, também contam a história,
pois sempre lembram alguém que guardamos na memória...
Martins Fontes e seus cravos na lapela, sempre renovados,
Vicente de Carvalho, Bartolomeu, e tantos sempre lembrados...
E o passeio de bonde, não podemos deixar de fazer,
pois é uma linda volta ao passado, que não se deve esquecer...
Quando Santos novamente visitar,
venha também sua história honrar...
Não fique apenas na praia, e tenha a felicidade
de conhecer este outro lado de nossa cidade...

SAMPA AGRADECE PELO 465º ANIVERSÁRIO

Como estarei ausente para cumprimentar Sampa
por seu Niver, desejo desde já fazer minha homenagem,
lembrando que certamente se Sampa pudesse agradecer a todos
que colaboraram para que ela chegasse até onde chegou,
e para agradecer a todos os cumprimentos que tem recebido
por seu aniversário, acredito que seria assim que o faria...
Ósculos e amplexos,
Marcial

SAMPA AGRADECE
Marcial Salaverry

Feliz com o carinho que estou recebendo,
quero comemorar agradecendo
a todos aqueles que grande me fizeram...
Foram muitos e todos muito trabalharam...
Começou com Anchieta, diz a história,
e a ele cabe a glória
de tudo ter começado...
Embora forçados, os índios fizeram sua parte,
cabendo aqui um aparte,
pelo esforço dos abnegados jesuítas...
Havia necessidade de muita gente para trabalhar,
e foram na África a mão de obra escrava buscar...
E toca a trabalhar... E São Paulo crescendo...
Com a Abolição, outros trabalhadores foram trazendo...
São Paulo a todos foi acolhendo...
E agora a todos os povos estou agradecendo...
Foram tantos, que ainda emocionado,
de todos não posso me lembrar,
perdoem-me aqueles que por acaso olvidar...
Mas o coração imenso desta cidade a todos eternamente vai guardar...
Italianos, espanhóis, aos portugueses se juntaram, e foram pioneiros...
Povos de crenças, usos e costumes diferentes foram chegando
e aqui com todos se entrosando...
Judeus de todo o mundo, formaram uma colônia de gente trabalhadora,
e o comércio incrementaram, fazendo a cidade crescer...
A seu lado, vindos  do mundo árabe, sírios, libaneses, e outros,
apenas queriam em paz viver e aqui trabalhar e crescer...
E não paravam de chegar imigrantes, em busca da oportunidade
que lhes proporcionava esta cidade...
Da Europa, fugindo dos horrores da Guerra,
chegavam húngaros, poloneses, holandeses, de todos os cantos e recantos...
Da longínqua Ásia, chegou a importante força de trabalho representada
pelos japoneses, chineses e agora coreanos...
Em busca de melhores condições de vida,
chegavam chilenos, argentinos, uruguaios, paraguaios...
Pensem em um País no mundo, e temos aqui seu representante...
E não se pode deixar de consignar a chegada dos migrantes
vindos de todo canto do Brasil...
Temos aqui, nessa incrível mistura de raças, credos, usos e costumes,
um grande bolo do qual sai São Paulo...
Fica aqui consignado o agradecimento pela colaboração,
pois se São Paulo é hoje essa Sampa fantástica,
deve-se a essa incrível Torre de Babel...
E para tudo completar,
poetas e escritores para minha história contar...
Como Guilherme de Almeida, o Poeta de São Paulo,

com sua Bandeira das Treze Listas...

Como Sampa sempre recebeu bem a todos que para cá vieram, certamente seria esse seu agradecimento a todos os que colaboraram para seu incrível desenvolvimento, e com certeza ela deseja que todos tenham UM LINDO DIA, desejo que é o meu também...

19/01/2019

UMA HOMENAGEM A QUEM MERECE

Paralelamente à homenagem pelo Aniversário de Sampa, procurei prestar esta homenagem ao nosso querido Ayrton, para lembrar um dos grandes heróis de nossa querida Sampa.  Ainda permanece na memória de todos aquele dia em que dele nos despedimos com lágrimas nos olhos, e no coração.
Acima de tudo, fica a lembrança de uma figura humana inigualável. Esportistas, atletas vencedores, tivemos muitos...Todavia, alguém que além do espírito vencedor, tivesse o mesmo lado humanitário, o mesmo pensamento voltado para os necessitados nunca houve outro. Muito dificilmente haverá.
Só existiu um Ayrton Senna de São Paulo, do Brasil, do Mundo (deste e do outro...)
Marcial Salaverry

AYRTON SENNA... UM PAULISTANO
Marcial Salaverry

Ayrton... Ayrton Senna do Brasil...
Era o começo de domingos felizes...
Enchia nosso dia de cores, de todos matizes...
O paulistano Ayrton Senna...
Tão cedo saiu de cena...
O Amigão queria alguém competente,
e o levou de perto da gente...
Falar o que sobre Ayrton Senna...
Já se passaram tantos anos...
e parece que não aconteceu,
aliás, não deveria ter acontecido...
Mas aconteceu...
Tristeza igual nunca senti...
Parece que ele ainda está por aqui...
Percebemos que não está,
quando chega o dia da corrida,
e não temos vontade de ligar a televisão,
pois não temos mais aquela emoção...
Cadê aquela musiquinha da Globo?
Cadê aquele sorriso luminoso?
Cadê aquele final de corrida gostoso?
Cadê aquela figura sempre vitoriosa,
que nos deixava sentindo o gostinho da boa champanhe francesa?
Falar o que sobre Ayrton Senna...
todos sabemos que era figura excepcional,
tanto em sua condição de esportista,
como também por sua figura humana.
O que se pode dizer,
é que Ayrton Senna sempre foi...
Ayrton Senna, exatamente...
O maior esportista do Brasil, simplesmente...

São Paulo de monumentos grandiosos, lembrando feitos, fatos e pessoas que acabaram por fazer história na vida de Sampa.
(Para reforçar a memória, podemos destacar a atuação das Escolas de Samba paulistas, que sempre procuram em eventos ou personagens da história, fazer  seus temas de samba enrêdo.  Asim, pode-se dizer que, de uma maneira ou outra, Escola de Samba também é cultura, pois sempre acaba lembrando a história.)

MEMORIA DE SAMPA
Marcial Salaverry

Sampa nunca esqueceu seu passado,
que sempre foi lembrado
com belos monumento sempre homenageando,
seja quem se destacou trabalhando,
como o Monumento aos Imigrantes,
seja aqueles que para aqui vieram
trazer a palavra de Deus,
que merecem algo mais do que um simples adeus...
Poetas, escritores, heróis da literatura...
Generais, militares de uma linha mais dura...
Grandes feitos de uma história brilhante...
Heróis de um passado distante...
Monumentos encontramos por toda cidade...
São Paulo sabe reconhecer
quem a ajudou a crescer.

Marcial Salaverry

PALACIO DOS BANDEIRANTES - SEDE DO GOVERNO PAULISTA

Está chegando o Aniversário de São Paulo,
e assim sendo, vamos conhecer um pouco da Historia de Sampa,
falando sobre a séde do Governo Paulista.
Ósculos e amplexos,
Marcial
PALACIO DOS BANDEIRANTES, séde do Govêrno Paulista
Marcial Salaverry

Vamos recordar um pouco, falando sobre a romântica antiga séde do Govêrno de São Paulo, um vetusto casarão no Bairro dos Campos Elíseos, que então era um dos pontos mais elegantes de São Paulo, com seus casarões seculares, habitados inicialmente pelos barões do café, e a seguir pelos capitães de indústria que comandavam os destinos economicos do Estado e do País.

Quando começou a decadência do Bairro, e os "Donos da Economia" começaram a se transferir para os Jardins, e outros bairros mais charmosos, começaram a pensar onde erguer o Palácio do Governo, pois os Campos Elíseos começava a se transformar num bairro essencialmente popular, e a proximidade com a massa popular, poderia facilitar quaisquer ações eventuais contra o Govêrno.
 
Precisavam encontrar um local onde o Governo pudesse ser exercido com privacidade, longe de pressões mais fortes.  Mas onde?

O local escolhido foi o então Morro do Morumbi, que era uma autêntica reserva florestal dentro da cidade, local predileto para jovens aventureiros para passeios ciclísticos, e para trilhas de aventuras.

Corria o início dos anos 50. Para sorte dos que se dispuseram a essa aventura de desbravar as matas do Morumbi, não existia o IBAMA, senão eles teriam sérios problemas para levar adiante a empreitada.

Para facilitar o "desbravamento" daquela região, o Govêrno doou ao São Paulo Futebol Clube, uma imensa área para que fosse construida sua séde social.

Paralalemente ao Palácio dos Bandeirantes, foi erguido o Estádio Cícero Pompeu de Toledo, também conhecido como Morumbi, local de todos os jogos decisivos de nossos Campeonatos.

Quem vê hoje a magnitude desses dois empreendimentos, não calcula a luta que foram os primeiros tempos, pois o acesso aos locais era bem difícil.

Quem vê hoje, o Morumbi, intensamente povoado, sem mais nenhuma área verde (apenas os jardins das residências), não faz idéia da beleza que eram suas matas verdejantes, e como era gostoso passear por lá, principalmente para os amantes do ciclismo.

Eis aqui uma visão do Palácio dos Bandeirantes, onde são decididos os destinos do Estado de São Paulo, bem ou mal dirigido, dependendo sempre de quem estará à testa do Govêrno.

Na história de sua construção, vai um grande pedaço da história desta São Paulo que nunca para de crescer...

Parabenizando Sampa, desejo à megalópole UM LINDO DIA...
 

18/01/2019

PARA AMAR DE VERDADE É ASSIM

Amar de verdade é assim...
Uma doação da alma, em sincera
reciprocidade para a felicidade...

PARA AMAR DE VERDADE É ASSIM
Marcial Salaverry


Amar de verdade é assim,
é um verdadeiro exercício de doação...
Seja amor a Deus,
seja à Natureza,
seja amizade,
seja amorzade,
ou amor carnal...
Temos sempre
que saber nos doar...
Sentimentos de posse,
egoismo, ou ciume,
não combinam com amor...
Para que haja felicidade,
é preciso haver sinceridade,
e total reciprocidade num amor
que seja vivido com calor...

Marcial Salaverry

PODEREMOS NOS COMUNICAR COM O ALÉM?

Certamente é possivel a comunicação com o além...
Basta saber interpretar certos avisos que recebemos...
Crer ou não crer, eis a questão...
Osculos e amplexos,
Marcial

PODEREMOS NOS COMUNICAR  COM O ALÉM?
Marcial Salaverry

Será possível tal comunicação? Com certeza, este assunto é algo que sempre foi objeto de muitas discussões, eis que pairam muitas controvérsias sobre a possibilidade de um canal de comunicação com “o outro lado”. Muito se tentou. Muito se falou. E existem fatos que podem levar a uma quase certeza de que realmente pode existir essa comunicação.
Como também é certo que muitos aproveitadores usam de charlatanice para arrancar dinheiro de incautos, simulando ter poderes para se comunicar com os espíritos. Há que se tomar muito cuidado, pois existe muita vigarice nesse meio. Criaturas que procuram abusar da fé e da crença para explorar quem chega apenas em busca de ajuda. Coisas do bicho gente que por vezes extrapola em maldade...

Segundo os espíritas, os verdadeiros médiuns não exigem pagamento, pois receberam esse dom apenas para cumprir uma missão, não podendo auferir benefícios nesse cumprimento.

Além dessa possibilidade de comunicação, através da ação dos médiuns, existe uma comunicação extra sensorial, que nos permite receber algo como “avisos”, que podem realmente vir do além, de alguém que de alguma maneira pode nos ajudar, ou nos indicar algum caminho nesse sentido.

Como identificar tais sinais, pode ser o problema crucial. Nem sempre nosso consciente consegue captar o que nos vem do subconsciente. Há que se acrescentar ainda nossa lógica, que muitas vezes não nos permite acreditar nesses sinais.

Dizemos ser nossa intuição, o que não deixa de ser verdade. Como não se consegue explicar o porque de termos essas intuições, podemos considera-las como os avisos que nossos amigos “do outro lado” tentam nos passar. Como não existe a comunicação oral, ou via e-mail com o além, eles se manifestam através da chamada intuição, através de nosso subconsciente.

Podemos receber tais avisos, e é algo que acontece em nosso dia a dia, e podemos não entender como sendo esses avisos. Por exemplo, quantas vezes sem que possamos explicar porque, mudamos um caminho, ou quebramos uma rotina, algo que sempre fizemos, e em determinado dia, resolvemos mudar sem saber o porque. Pode ser um aviso de nosso subconsciente.

Contudo tais fatos são aleatórios. Acontecem quando acontecem, e não quando chamamos. O que podemos fazer todos os dias, é elevar um pensamento para o Amigão, pedindo sua proteção, e, claro, fazer nossa parte, tomando os devidos cuidados, e “ouvindo” nossas intuições...

Que dizer então de algo como que uma “luz de alerta” que acende em nosso interior, recomendando nos afastar de determinadas pessoas, ou nos aproximar de outras.

Outro fato muito curioso, é o que ocorre com crianças pequenas, que até seus cinco, seis anos, tem seus “amigos invisíveis”. Alguns conversam animadamente e falamos em “fantasias infantis”.

Como seus espíritos ainda não tem maturidade, aceitam com naturalidade esses “amiguinhos”, que podem realmente ser “amigos do além”. Os chamados “anjos da guarda” .

Podemos concluir que realmente existe uma comunicação com “o outro lado”. Apenas por preconceitos, e até mesmo por medo recusamo-nos a aceitar como fato essas evidências.

Resta-nos “desvestir” tais idéias preconceituosas, e deixar nossa alma aberta, aceitando tal possibilidade. Existe, seja na história, seja em nossa vida pessoal,  fatos que, se forem olhados à luz da realidade, com olhos isentos de preconceitos e pré-julgamentos, indicam claramente que houve essa comunicação com o outro lado.

E algo que precisamos deixar bem claro. Não há porque ter medo de fantasmas, ou de espíritos. Eles não nos fazem mal, porque não sabem o que é maldade. Temos mesmo é que temer a ação dos vivos, que podem realmente nos fazer mal, e causar danos.

E sempre é bom ter em mente que temos nosso Amigão para nos ajudar. Apenas temos que fazer nossa parte.

E algo nesse sentido, pode ser UM LINDO DIA. Alguma coisa me diz que nem todos vão aceitar esta cronica. Para isso, existe o livre arbítrio, algo que deve ser respeitado. Portanto, crer ou não crer, eis a questão...

17/01/2019

SABENDO SENTIR UMA PRESENÇA AUSENTE

Vamos descobrir como poderemos sentir a presença de alguém
que não está conosco, e que assim poderá estar presente, mesmo que ausente...
Osculos e amplexos,
Marcial
SABENDO SENTIR UMA PRESENÇA AUSENTE
Marcial Salaverry
Pode parecer um enorme contra-senso, falar em sentir uma presença de quem está ausente, pois se alguém não está a nosso lado, nunca poderá estar presente, mas sim, ausente. Parece mesmo muito ilógico dizer-se uma coisa dessas, mas sabendo usar a força do pensamento é algo que pode ser conseguido...
Tudo é questão de interpretação. Maneiras de se encarar a vida. É fácil sentir "a presença do ausente". Basta que o tenhamos no pensamento, no coração. Alguém de quem gostamos, e que não temos ao nosso lado por exemplo, é uma presença que embora ausente, chega a ser sentida, tão forte é o sentimento que nos une a esse determinado alguém. Essa relação de amor pode ser entre namorados, amantes, amigos, pais e filhos, irmãos, avós e netas. Enfim, basta que haja muita afinidade entre os ditos ausentes, para que a presença possa ser sentida, e a propósito, um jovem chamado Leonardo da Vinci, disse:
"Para se estar junto,não é preciso estar perto. E sim, estar dentro. Dentro do coração!"
Sábias palavras essas, e assim, na verdade quantas vezes podemos combater a saudade que normalmente sentimos dos entes queridos que estão longe, sentindo-os dentro do coração.
Claro que sempre que fica aquele gostinho de "quero mais", desejando que a pessoa esteja ao lado, que possamos tocá-la, olhar nos olhos, ver ao vivo e a cores como está passando. Mas se essa proximidade física não é possível, a proximidade anímica o é. Convenhamos que a proximidade distante chega a ter suas vantagens, pois elimina o perigo de certas divergências que surgem quando estamos juntos. Tudo depende de como se encara a vida, e destarte, se essa presença física fica difícil por diversas razões,  a saudade pode ser amenizada pela "presença interior" dessa pessoa.
A mesma coisa pode ser dita dos "conhecimentos virtuais". Começa-se como quem não quer nada. Trocam-se e-mails, conversa-se amenidades, de repente vão descobrindo que existem muitas afinidades, maneiras idênticas de ver a vida.  Isso não quer dizer que haja um romance entre esses amigos. Quer dizer sim, que existe uma grande amizade entre ambos, e essa amizade que surge, é um dos casos mais evidentes da "presença do ausente". Não é necessário o conhecimento físico, para que ela se desenvolva.  Para que exista essa afinidade, basta que as idéias se cruzem. Basta que tenhamos presente que nem tudo é como queremos, e que tudo é um presente da vida.  Mesmo que surja o amor. Como a amizade foi assim vivenciada, o amor também poderá sê-lo. Tudo é questão de se usar a imaginação. E é muito romântico esse amor à distância... Pelo menos evitam-se as brigas que acontecem entre os namorados.
O ideal seria ter a nosso lado todas as pessoas de quem gostamos. Mas isso é praticamente impossível. Antigamente era bem mais fácil fazer-se essas enormes reuniões de família, de amigos. Falava-se muito nas famosas reuniões de "antigos alunos". E conseguiam juntar pessoas que não se viam há décadas.  Hoje isso não existe mais. São cada vez mais raras as clãs familiares. Reuniões de amigos então, nem falar, pois geralmente acabam em confusão. A vida mudou bastante os hábitos.
Agora então com as facilidades encontradas nas comunicações... Fica muito mais fácil fazer-se um Cco para se falar com os amigos, do que reuni-los para um papo informal. E ainda mais com as redes sociais, com o "zapzap", o contato físico vai ficando cada vez mais distante.

Como nós por exemplo, acabamos nos tornando bons amigos, e somos presenças ausentes, e então, juntos ainda que distantes, vamos nos dar as mãos, mentalizarmos um caloroso abraço e um beijo na testa, desejando-nos UM LINDO DIA, desejando que seja uma amizade sincera a duradoura, dentro das emoções que a vida nos traz...

16/01/2019

O GOSTOSO RECOMEÇO

Quando o amor é bem vivido, e existe uma sólida amizade unindo
os parceiros, sempre existirá um recomeço...

O GOSTOSO RECOMEÇO 
Marcial Salaverry

Vive-se uma vida...
A rotina faz do romance esquecer...
Isso não faz o amor morrer,
mas o deixa adormecer...
Vive-se uma vida...
Os arroubos da mocidade,
vão diminuindo com a idade...
Esquece-se de como é bom namorar,
o quão gostoso é romancear...
A vida segue sua rotina...
Pensa-se que o simples viver é a sina...
Mas, no outono da vida,
é que ela é melhor para ser vivida...
Olham-se, tocam-se,
e descobrem que o amor não morreu,
que o desejo está vivo, latente,
adormecido, mas presente...
Então, o amor renovado,
tantos anos guardado,
explode num gostoso recomeço,
muito mais gratificante que em seu começo...
O tempo vivido, a experiência acumulada,
transformam o amor,  de quase nada,
para um tudo, trazendo de volta o prazer,
que deve ser sentido e vivido até morrer,
e assim, vivendo a vida
como ela realmente deve ser vivida...
Com AMOR e PAZ,
com o amor de que se é capaz...

Marcial Salaverry

O QUE É SER PAULISTANO


Estamos chegando ao aniversário de Sampa,
a cidade favorita de todos os paulistanos,
e assim, vamos ver na verdade,
o que é ser paulistano, e amar essa cidade...

O QUE É SER PAULISTANO
Marcial Salaverry

São Paulo, cidade cosmopolita,
aqui se misturam todas as raças e credos...
Todos são paulistanos,
sejam ou não aqui nascidos,
mas que a cidade adotaram...
Para aqui vieram, e se apaixonaram,
imigrantes de todos os cantos do mundo,
e também migrantes lá do sertão,
todos, sem exceçção,
emprestando sua colaboração
para este crescimento profundo...
Paulistano é aquele que aqui veio para trabalhar,
sabendo que São Paulo não pode parar...
São Paulo não tem preconceito,
e quer de todos o respeito,
que queiram esta cidade amar,
e apenas pensem em trabalhar,
sem pensar em maldade,

apenas desejando viver em felicidade...
PARABÉNS SAMPA PELOS SEUS 465 ANINHOS...

O DIREITO FEMININO À FELICIDADE E À LIBERDADE

As mulheres não abrem mão de seu desejo de
"liberdade, igualdade, fraternidade" e muito respeito.
É seu mais lídimo direito...
Osculos e amplexos,
Marcial
TEXTO PUBLICADO EM 23/10/2011, e cada vez mais atual...
 
O DIREITO FEMININO À FELICIDADE E À LIBERDADE
Marcial Salaverry

Verdade seja dita, hoje as mulheres podem ir busca de sua felicidade, de sua liberdade,  mas até algum tempo atrás, elas sofriam uma castração violenta, pois não tinham direito de escolher seu caminho.
Estavam como que submetidas ao jugo masculino, e assim, deviam uma cega obediência, quando jovens, a seus pais, ou quando casadas, a seus maridos.  Não eram donas de escolher seu destino.  Os seus “donos” escolhiam por elas.  Pouquíssimas profissões estavam abertas às mulheres.  Professoras, enfermeiras, donas de casa, eventualmente operárias.  Nada além disso.  Foram séculos de submissão total e completa, até que o desejo de sair dessa situação começou a dominar a alma feminina.

Mas, as mulheres que tentavam alguma coisa, eram discriminadas, perseguidas, e até queimadas vivas, e essa situação parecia que não iria acabar jamais, mas com a evolução do tempo, as coisas foram mudando lentamente. Irritadas com a lentidão dessa evolução, foram à luta e conseguiram alguma melhoria.  E foram galgando certas posições eminentemente tidas como masculinas, num notável progresso, se formos considerar o que ocorria até a metade do século passado.  Até o fim dos anos 60, meados dos anos 70, quando a chamada “Revolução Feminina” conseguiu grandes vitórias.

Atualmente pode-se notar que as mulheres estão acordando, e já saíram completamente da letargia, e foram à luta, e conseguiram chegar bem perto da famosa igualdade de direitos e deveres, tão reivindicada nos anos 60 e 70.

Vamos destacar alguns aspectos do que vem a ser essa busca da felicidade.

Hoje, as mulheres descobriram que já podem se expressar, que já tem direito a opinar sobre tudo,  que já podem até mesmo decidir sobre seu Destino.

Sem dúvida alguma, as mulheres estão participando muito ativamente em todos os campos de atividade, sendo excelentes profissionais liberais, executivas, políticas, enfim em todos os segmentos nota-se a presença feminina cada vez mais atuante.  Sempre com inteira liberdade para escolher seu campo de ação.

Contudo, muitas mulheres ainda se dizem insatisfeitas nos seus relacionamentos, pois ficam presas a um casamento, dizendo depender do marido para se manter.

Essa era a situação geral das mulheres antigamente.  Hoje, contudo, só pode atribuir-se a um acomodamento de situação.  O não querer ir à luta, por ser conveniente permanecer sob o jugo do marido castrador.  É preciso “sacudir a poeira”, vencer os preconceitos, e acabar com essa situação. Penso que o ideal é procurar-se um diálogo para definir posições, para fazer valer sua opinião.  Claro está que para haver um diálogo o marido tem que participar e é importante que isso ocorra, para o bem do relacionamento, e nem sempre o lado masculino está de acordo com esse diálogo, pois iria perder muitas de suas prerrogativas.

Analisando bem a situação, é fácil inferir que as mulheres só tiveram ganhos com a emancipação, não devendo jamais se arrepender das coisas que fizeram com esse objetivo, arrepender-se, só do que ainda não foi feito. Na realidade, o homem também agradece à mulher que trabalha fora e o ajuda. É um ganho também para o masculino, ajudando decisivamente para o sustento da casa.

Sem dúvida que as mulheres tiveram ganhos com essas mudanças conseguidas, bastando citar a descoberta de suas reais possibilidades, de sua real capacidade.  Basta observar que as mulheres descobriram que podem viver sozinhas, que conseguem se manter sem precisar estar subjugada a situações que seu interior não aceitava. E o homem inteligente tem mesmo que agradecer essa nova situação, não apenas pela ajuda que o trabalho feminino representa para o orçamento, mas também por ter descoberto que é muito melhor ter uma companheira andando a seu lado, do que aquela antiga escrava doméstica correndo atrás e abanando o rabinho...

Antes a mulher sequer se olhava, e a emancipação só é verdadeira, se vier de dentro para fora. Se a mulher, ao  se olhar no espelho, ver que prefere se arrastar  penosamente pela vida, por não querer arregaçar as mangas e viver a vida por ela, nada valeu a pena. Nada pode ser por obrigação. Ela tem que se conscientizar de que realmente quer definir sua situação perante o mundo.

Claro. A pessoa, seja mulher ou homem, tem que, ao se olhar no espelho,  gostar daquilo que vê.

Tem que saber enxergar a luz interior brilhando, e indicando o caminho. Caso contrário, é melhor voltar para a cama e esperar a morte chegar. É importante encarar tudo com disposição e vontade. Tem que vir de dentro para fora.

Essa mulher moderna tem que saber se valorizar, e tem que dar o devido valor às suas conquistas, não podendo se acomodar a situações.

Claro é que essa nova mulher apesar da desejo de reverter a situação,  do que mais vem sentindo falta, é do famoso “amante à  moda antiga”, que abre as portas, dá precedência, cede lugar e, principalmente, que ainda manda, ou melhor, que leva em mãos flores para sua amada. E que romanticamente lhe beija a mão.

Em suma, apesar de tudo, o romantismo ainda é o grande sonho de todas mulheres.

Amigos... vamos atende-las? Com uma rosa nas mãos, vamos desejar UM LINDO DIA, que, sabendo usar compreensão e bom senso poderá ser repetido em todos os dias que estão por vir, possibilitando um mais feliz porvir...

“Numa relação as pessoas tem que entrar por inteiro, se não, você coloca o outro como seu complemento.  E se ele sai, você fica pela metade? Ninguém é  de ninguém nesse sentido”. L'Inconnue