FASCINANTE

25/05/2017

AO SENTIR-SE CANSADO DE TUDO

AO SENTIR-SE CANSADO DE TUDO
Marcial Salaverry
 
Ao sentir-se cansado,
de tudo desanimado,
antes de se entregar,
lembre-se de que
a melhor maneira de afugentar
cansaço e desanimo,
é arregaçar as mangas e ir à luta,
antes que aconteça o "descanso final"...
Algumas vezes exausto
da labuta costumeira,
quisera poder dormir
uma eternidade inteira...
Mas então, penso melhor,
esqueço luta e canseira...
Muito em breve farei isso,
quer eu queira, quer não queira...
Mas enquanto não chega a hora derradeira,
não penso nessa besteira,
e quero viver esta vida inteira...
Viver amando,
porque amo viver...
Fazendo poesias na vida,
e da vida uma poesia...
Poesia de amor, por amar poetar...
 



Marcial Salaverry

SER FELIZ OU NÃO SER FELIZ, EIS A QUESTÃO

SER FELIZ OU NÃO SER FELIZ, EIS A QUESTÃO
Marcial Salaverry 
 
Ser feliz, ou não ser, eis a questão
que pode abalar o coração...
Na espera pelo amor,
que à vida certamente dará nova cor,
pode-se apenas esperar,
sem contudo se desesperar...
Se a razão diz não para essa espera,
mas o coração não se desespera,
vale a pena ouvir a emoção,
mais doce que a fria razão...
Essa a diferença entre felicidade
que se espera ou a triste infelicidade
pelo amor que ficou no olvido,
porque o coração não foi ouvido...
 

Marcial Salaverry

COMO ENTENDER A LÓGICA DA VIDA

Tudo que acontece na vida tem sua lógica. Apenas precisamos saber
entender isso, e saber agir dentro dessa lógica, e isso me parece
perfeitamente lógico...
Osculos e amplexos,
Marcial

COMO ENTENDER A LÓGICA DA VIDA
Marcial Salaverry

A grande verdade que nem todos percebem, é que tudo na vida tem sua lógica, tem seu porquê, nós é que geralmente nos recusamos a entende-la, querendo que as coisas sejam como queremos que seja, e nem sempre aceitamos sua lógica, o que não parece ser muito lógico...

Algo de que muito nos queixamos, é da incompreensão dos outros, por acharmos que ninguém nos entende, embora sejamos sempre atentos, carinhosos, prestativos, mas não somos compreendidos, reclamando mesmo que a pessoa de quem gostamos não nos entende, por mais que tentemos manter um diálogo, mas apesar de nosso esforço, ela não consegue nos entender, mas antes de assim pensarmos, devemos nos fazer uma certa pergunta fatídica, ou seja, "será que é ela que não nos entende, ou nós é que não estamos conseguindo nos explicar convenientemente?"
Muitas vezes esperamos que as pessoas a quem nos dirigimos tenham a perfeita compreensão do que queremos dizer, mas por um motivo ou outro, não conseguimos nos fazer entender.  E nos magoamos pela “incompreensão” alheia, esquecendo-nos de que a falha de comunicação pode ser nossa, e assim, é preciso entender que o ponto mais importante da questão, é nos entendermos a nós mesmos.  Amarmo-nos.  Conhecermo-nos.  Entendermo-nos.  Assim, conseguiremos ser amados, conhecidos e entendidos, pois se sequer sabemos dizer o que queremos da vida, como podemos exigir que outrem o faça?

Vejam este pensamento genial de Richard Bach a esse respeito:
"Durante muitos anos esperamos encontrar alguém que nos compreenda, alguém que nos aceite como somos, capaz de nos oferecer felicidade apesar das duras provas.
Apenas ontem descobri que esse mágico alguém é o rosto que vemos no espelho."
Mais claro impossível. Nosso ilustre pensador certamente definiu bem a questão, não deixando margem a quaisquer dúvidas, com toda a certeza.
Como será possível sermos amados, queridos, compreendidos, se sequer nós mesmo conseguimos fazê-lo?

O exercício da auto estima  é uma das coisas mais importantes que existe, e um dos melhores desses exercícios, não é nada cansativo, nem exigirá grandes esforços, basta simplesmente olhar-se no espelho, e aprender a gostar da pessoa que está nos olhando do outro lado, ainda que possamos achar que o  rosto que temos à frente, não está exatamente dentro  do que se entende por beleza física.  Mas é o NOSSO rosto, é esse que temos, e que iremos aguentar o resto da vida (claro que sempre existe o recurso de uma plástica, mas isso é outro detalhe).  E se teremos que conviver com ele, que tal uma convivência pacífica? Ache-o lindo.  Frankestein achou-se. Por que também não poderemos nos achar lindos atraentes e sensuais?
O mesmo a respeito do corpo, ainda que se esteja provido de uma protuberancia abdominal ligeiramente acentuada, ou mesmo que não seja apenas ligeiramente, que seja bastante acentuada, deveremos nos sentir bem com essa fofura toda, mas, se não gostarmos, poderemos fazer um regime, ou alguns exercícios, ainda que sejam cansativos, apenas para satisfazer aquele ego que está reclamando do excesso de adiposidade.
Se o problema é porque nos achamos meio que esquálidos, e fica dificil definir o que é pele e o que é osso, poderemos comer mais um pouco se precisarmos ganhar mais alguma coisa...  Enfim, o importante é nos aceitarmos como somos, é nos gostarmos como somos, ainda que fazendo certas modificações, que poderão satisfazer ao nosso exigente ego...

Isso acontecendo, nos será mais fácil começar a entender e a amar as outras pessoas em nosso redor, e automaticamente, seremos mais facilmente compreendidos e amados.

Então, corroborando nosso amigo Richard Bach, a primeira pessoa que deve nos amar, que deve nos entender, é aquela simpática e linda pessoa que sempre estará diante de nós, quando nos mirarmos no espelho. Conseguindo isso, é meio caminho andado para que outras pessoas também sintam a mesma coisa a nosso respeito. Amor atrai amor. Compreensão atrai compreensão. Bons fluidos atraem bons fluidos. Energia positiva, atrai energia positiva.

Antes que alguém argumente dizendo que se ama, mas não encontra namorado (a), é tudo uma questão de oportunidade.  Você está no caminho certo. Só falta acontecer de cruzar com a fatídica outra metade, mas continue se amando, que as coisas poderão acontecer com mais facilidade.

Insista, nunca desista. Saiba usar sua energia interior, e sempre entendendo que o que realmente pode iniciar uma cadeia de bons acontecimentos, é começar o dia, sabendo que ele será UM LINDO DIA, e procurar proporcioná-lo a si mesmo e aos demais...

 

24/05/2017

RAIZES DE AMOR

RAIZES DE AMOR
Marcial Salaverry

E um amor assim bem nascido,
foi intensamente vivido,
e por raizes profundas ter criado,
foi desenvolvendo um sentir apaixonado...
Foi chegando insidioso,
deixando no coração um calor gostoso...
Veio trazido pelo vento,
um tão doce sentimento,
que não fôra pressentido,
e assim dominou todos os sentidos...
 

Marcial Salaverry

VIVER SEM PERDER A ALEGRIA DE VIVER

VIVER SEM PERDER A ALEGRIA DE VIVER
Marcial Salaverry

Para viver sem perder a sede de viver, é preciso entender que é preciso viver com alegria de viver, sempre lembrando que a vida é acoisa mais linda, é algo que nos faz bem, nos dá uma felicidade infinda manter essa sede de viver que certamente faz bem à alma e ao corpo também.
Da mesma maneira que nosso corpo precisa de água para viver e sobreviver, a vida é como um jardim, que devemos regar com a água do amor e do carinho, para que possamos enfim, ver florido nosso caminho...
 

Aplacando a sede de nosso interior,  entendemos que a alegria de viver está na alma, sempre trazendo uma sensação de felicidade que sempre nos acalma, e nos dá tranquilidade para seguir pela vida, sabendo sentir que a verdadeira felicidade pode ser sempre encontrada, não tem credo, cor, nem idade, e tampouco deve ser procurada. A felicidade está na nossa frente, em nosso interior, e certamente só depende, na verdade, de entendermos que saciando a sede de vida de nossa alma, realmente seja essa a nossa vontade, e que a real felicidade está no amor, está na paz, está na amizade, devemos sempre ter n'alma o calor do amor, e assim, a felicidade, que nós encontramos, ao sentir toda essa ternura, quando juntos estamos, vivendo esta ventura, regando nosso jardim com amor, para assim colhermos, a beleza da flor que por nosso amor merecermos...

COISA LINDA

COISA LINDA
Marcial Salaverry

Certamente, uma coisa linda,
que traz alegria infinda,
é saber viver a vida,
como ela deve ser vivida...
Saber viver em paz,
quem disso for capaz...
Saber viver com amor,
quem souber sentir seu calor...
E assim, o Nirvana atingir,
se souber naturalmente decidir
viver com Paz e Amor no coração,
e muito bem sabendo doar essa emoção
distribuindo-a com carinho e amizade...
E assim conhecer essa coisa linda que é a felicidade...

Marcial Salaverry

PARA REALMENTE DIZER ADEUS


PARA REALMENTE DIZER ADEUS
Marcial Salaverry

Para realmente dizer adeus,
é preciso ter certeza
de que tudo findou,
que realmente o encanto se quebrou,
e isto é uma verdade verdadeira...
Um adeus, é a confirmação do que houve...
Realmente, é preciso coragem para findar
algo que foi muito lindo de ser vivido...
É  preciso coragem para se chegar à conclusão
de que é melhor findar o que ainda está vivo,
para não permitir que se acabe...
É aí que está a verdadeira grandeza do amor,
saber quando se deve renunciar,
saber ver a hora exata de se sofrer,
com tempo pra se recuperar,
e a outro amor se dedicar...
Mágoas na alma, não permitir,
e para da tristeza fugir,
simplesmente esquecer
o que não se pode mais viver...
Se um amor acabou,
saber que a vida continuou,
e é preciso saber vive-la,
sabendo amar para bem mante-la...

 

A PAZ JÁ É UM ARTIGO EM EXTINÇÃO

PAZ, por muitos desejada, e por alguns vilipendiada...
PAZ E AMOR, BICHO...

P eço sempre por ela,
A mando aqueles que a amam,
Z elando pelo bem estar geral....
E ntão,
A mando uns aos outros,
M undo se faz melhor...
O rando para todos,
R ogando pelos necessitados
Osculos e amplexos,
Marcial
TEXTO PUBLICADO EM 22/03/2010, e estão quase conseguindo acabar com ela...

A PAZ JÁ É UM ARTIGO EM EXTINÇÃO
Marcial Salaverry

Por vezes não gosto de ler ou ouvir as notícias do País e do Mundo, pois o noticiário sempre me faz lembrar de que existem ocasiões em que me envergonho de ser gente, e de que razão mesmo tinha nosso saudoso Raul Seixas: "Eu só queria ser civilizado como os animais...".Animais não fazem essas coisas... Não cometem certos crimes inconcebíveis, como estes que usualmente assistimos estarrecidos.
Em sã consciência, não poderíamos sequer imaginar  como podem mentes doentias arquitetar planos tão maquiavélicos como este que aconteceu num certo dia 11/03 na Espanha, ou num certo dia 11/09 nos EUA, ou num certo dia de agosto, em Hiroshima e Nagasaki, ou numa certa Quaresma, no Monte Sinai, numa certa Olimpíada em Munique. E foram tantos outros, que demonstraram que o ser humano não consegue ser humano, ou pelo menos alguns deles, como por exemplo a sanha destruidora de criminosos que se ocultam sob a capa de "Manifestações Pacíficas", mas que o real objetivo é provocar caos e desordem, levando panico àqueles que desejam apenas viver em PAZ...

A única reação que pode causar é de uma perplexidade total e completa, e penso que a reação de qualquer pessoa normal, ou quase, só poderá ser  essa mesma:  perplexidade total e completa, ante certos fatos, e assim, quanto mais vejo certas notícias,  menos acredito nas coisas que acontecem.  Que espécie de insanidade  absurda é essa que leva algumas pessoas a colocar bombas em locais públicos, ferindo, matando, aleatoriamente pessoas cujo único crime era o de estarem vivas, passando pelo local errado, na hora errada? Ou entrar dentro de um avião, e atirá-lo contra um edifício? Ou amarrar bombas em volta do corpo e explodir com elas? Ou simplesmente atirar pedras em vidraças, depredar tudo o que encontra pela frente, apenas pelo prazer de destruir? Simplesmente, não dá pra entender...

O que nos resta fazer? Simplesmente uma prece,   para todas essa vidas desperdiçadas em nome de um ódio absurdo, contra sei lá o que, e o que é pior ainda, em nome da liberdade, em nome de Deus, ou em nome de algo indefinido. Portanto, terríveis crimes são cometidos, segundo esses monstros, em nome da liberdade, em nome de uma vida livre, e em nome do direito de ter uma religião... 

E isso certamente  é um contra-senso incrível, pois essa liberdade que esses terroristas monstruosos pregam, é a mesma que aqueles que morreram, ou que ficarão inválidos também desejam, que é a de viver em paz. Como então, praticar-se semelhante violência em nome da liberdade? Em nome do direito de expressão? Se tiraram o direito de vida de pessoas comuns, pois tais atentados ceifam a vida de pessoas comuns, que apenas estavam na hora errada, e no local errado, trabalhadores, donas de casa, cidadãos que nada tem a ver com a briga das lideranças políticas. Então,  como querem que seu direito seja respeitado? Apenas em nome de um ódio absurdo, que apenas é fruto da intolerância do bicho homem.

Portanto, "Eu só queria ser civilizado como os animais”.  Não tenho razão?  Portanto, amigos, pensando em fatos assim, o único que me resta fazer é uma prece para as vítimas dessas monstruosidades, e peço que vocês, meus amigos e amigas, que me acompanhem.
UM MINUTO DE SILÊNCIO, por todas essas vítimas da intolerância e da maldade humana.

E então, podemos pensar num LINDO DIA...
Quanto à punição contra os criminosos... Ainda acredito que se a justiça dos homens falhar, a Justiça Divina dará um jeito, punindo-os adequadamente.
Lembrando com saudade uma turminha de doidos que se saudavam com uma expressão muito simpática: PAZ E AMOR, BICHO...

23/05/2017

ENCONTRO DE ALMAS

ENCONTRO DE ALMAS
Marcial Salaverry

Almas poetais, parece que se buscam,
sempre por aí se encontram...
Por qualquer motivo, sai uma rima,
a alma do poeta parece que prima
por poetar...
Sem se cansar,
logo procura inspiração,
saindo da alma, do coração...
Quando lê uma poesia,
parece que algo o desafia,
para logo responder...
Recebendo uma poesia,
temos que responder com uma outra poesia...
Assim, sempre poetando,
por vezes duetando,
ou poesias entrelaçando,
nossa vida vamos levando,
ao mundo sempre encantando... 

Marcial Salaverry

ESSA TAL SAUDADE

ESSA TAL SAUDADE
Marcial Salaverry

Essa tal saudade pode ser doída,
e dói mais do que uma saudade doida,
que faz o coração mais bater,
sem contudo fazê-lo sofrer...
Saudade doida, traz lembrança de afagos,
daqueles doces carinhos gostosamente trocados...
Com certeza é uma saudade gostosa,
que deixa a alma melosa,
assim toda dengosa,
fazendo charminho,
chamando carinho...
Dá vontade de bem perto se achegar,
dá vontade de muito abraçar,
e de novo amorosamente beijar...
Lembra aquele bom momento,
e assim acaba com o tormento,
que a ausência traz,
de que ficou para trás...
E assim, renova a emoção,
trazendo alegria para o coração...
Pela presença fica-se esperando,
lembrando do quanto esteve amando...

Marcial Salaverry